Aspirinas Europeias

A surpreendente e pesada derrota do PS nas Europeias foi obra de Deus a escrever direito por linhas tortas. É sabido que Deus interfere em algumas eleições por razões misteriosas, as quais, em última instância, decorrem deste simples facto: porque Ele pode. Os seres humanos, desde que foram expulsos do Éden (também do Tivoli, Monumental, Império, Condes, o antigo S. Jorge, ainda o Roxy, mas não falemos disso agora), e foram obrigados a resolver alguns assuntos através de eleições, não fazem outra coisa senão imitar o divino. Neste caso, os números cumprem vários propósitos, um deles o de acordar os socialistas, militantes ou simpatizantes, para o seu papel no grande esquema das coisas. E chama a atenção para os transvases políticos entre diferentes eleições, com os resultados das Europeias a condicionarem a campanha eleitoral para as Legislativas. Porque as acções, e as inacções, têm consequências. A abstenção, mais os votos brancos e nulos, têm consequências. O que somos e fazemos, em cada um dos nossos papéis e rede social, tem decisivas consequências. E a política é isso: o que escolhemos em nome da comunidade.

Vários amigos, no rescaldo das eleições, partilharam aqui no blogue as suas ideias. O mesmo aconteceu em muitos outros lugares da blogosfera. Estamos num tempo, e num país, onde a opinião dos que não têm voz nos meios de comunicação social é cada vez mais importante. Neles está a força que realiza a democracia e a inteligência que dá sentido à liberdade. Continuemos a falar uns com os outros, aprender juntos.

Exemplos:

baladupovo

Carlos Santos

cidadão presente

Marco Alberto Alves

Z

MARIA GPM

assis

guida

tra.quinas

Caty Waves

Mário

veneno

Acácio Lima (enviado por email)

22 thoughts on “Aspirinas Europeias”

  1. Ohhhhh…. Estou desolado por não fazer parte deste grupo de amigos que aprendem juntos…. ehehehehheheheheheh. Mas há duas coisas que tenho de dizer a respeito deste post, que até «parece» que é para «outros» lerem nas entrelinhas (LOL).
    A primeira é que a equiparação que o Valupi faz do Pinto de Sousa a deus já era ridícula, mas agora atinge o máximo do absurdo ao fazer dele um novo JC: agora vê nele alguém que decidiu ser derrotado, sacrificar-se, morrer por nós, por forma a que nós vissemos e percebessemos as consequências das nossas acções e inacções. Porque o que o deus Pinto de Sousa quer é apenas salvar-nos! LOL
    A segunda coisa que eu queria dizer é que o Valupi inverteu a ordem das causas e consequências expostas. È que não foi a abstenção que conduziu ao péssimo resultado do Pinto de Sousa e sua equipa de aldrabões. Foram, sim, as péssimas politicas do Pinto de Sousa, divorciadas da esquerda e surdas aos protestos dos eleitores que conduziram a essa derrota e à abstenção de muitos. Porque, realmente, certas formas de governar pela aldrabice e pelo embuste têm, de facto, consequências. Por isso, valupi, não te iludas com o destino desse teu JC: o gajo está morto, e não há nenhum disfarce de última hora que consiga ressuscitá-lo. LOL
    Espero ter conseguido ensinar-te qualquer coisa e fico à espera que me incluas, agora, nessa tua lista de ilustres amigos! LOL

  2. ds, pensei que te estava a proteger e respeitar ao não te incluir numa lista com este tipo de gente. Afinal, também queres fazer parte do grupo que se preocupa com o destino do PS. Qualquer dia, votas no Sócrates. Toma lá cuidado contigo…

    (entretanto, essa da “equiparação” devia levar-te de urgência para um psicólogo ou para um explicador de português, não te conseguindo eu dizer neste momento qual deles deves consultar primeiro; mas continua a mandar postais, pode ser que se clarifique o diagnóstico)

  3. Há um Prémio na Blogosfera… agraciaram com ele o Nossa Candeia e delegaram-me, por essa razão, competências para aí agraciar outros… Pois… por exemplo… o Aspirina B… Abraço.

  4. Explicador de português?! Pois para mim o teu comentário confirma-me a tua incapacidade para perceberes o que é dito nas entrelinhas (LOL), para perceberes a ironia, para perceberes as tuas próprias posições a respeito do Pinto de Sousa. Mas é natural: os crentes fanáticos têm dificuldade em se aperceberem do seu fanatismo religioso.
    Nada estranho, também, é o facto de teres ignorado a parte principal do meu comentário, para te agarrarres ao que era secundário: já percebi há muito tempo que és um «especialista» em fugir às questões dos outros, mas que depois acha que os outros têm de responder às suas perguntas da treta que têm como único objectivo o desvio da conversa ou assunto.

  5. Portanto, a ver se percebo os socratianos (?)estão na lista , os que pensam pela sua própria cabeça não. OBRIGADO sinto-me são

  6. ds , não tenha pena , mais vale sozinho que mal acompanhado. os seus comentários são 5 estrelas e não precisam descate de marketing . ainda por cima nem quer vender nada , pois não? e não creio que se sentisse bem em rebanho , aliás. mais ainda com um pastor tosquia lã para onde votarem mais e não para onde é mais precisa.

  7. Ó ds, não te chateis, pá. Como é que queres que a gente te perceba se as linhas escritas são só para baralhar, porque aquilo mesmo que queres dizer está invisivel nas entrelinhas? Ajuda lá a malta, pá! Sem ofensa, pá, mas pareces alguém a rosnar entre dentes, exprimindo-te, assim, entre linhas…

  8. eu percebo , mário. sabe ? para bom entendedor meia palavra basta. agora … para ceguinhos há-de ser em braille e aqui no pc não dá.
    e , fazendo discurso à psicólogo como o V : não percebe , Mário ? então porque? diga lá. Expremiindo-se assim , assim , o ds , entre linhas?

    Ps) não tem nada que saber. basta repetir a última coisa que foi dita.

  9. K, ah, eras tu? De facto, reparei que arrastaram alguém para fora da sala, mas não dei muita atenção porque sempre fui um fanático do cinema sueco dos anos 70.
    __

    M da Mata, pois, se ele o diz…

  10. incrível!, não é que eu não concorde com algumas coisas, no que aliás parece que discordo do Valupi, como seja os elementos estratégicos da economia, REN, CGD, e outros, serem públicos e não privados, mas não é que ele tem a ilusão de crescer até ser Governo? E primeiro-ministro, claro.

    E entretanto fará por deitar o PS abaixo e dar lugar ao PSD já que o objectivo é crescer a todo o custo, pois é a melhor táctica.

    Ainda bem que saí do Bloco já fez três anos, que vergonha. A política mete nojo, mas cá temos de andar.

  11. e já agora alguém sabe quando é que são as eleições? não me apetece nada desatar a arder com três meses de antecedência, deve ser mais ou menos,

  12. Caríssimo Valupi, estamos perante o que considero ser o teu mais equilibrado comentário, análise, que me foi dado ler. Sentido, direi mesmo pungente, quase fúnebre e nunca tétrico. Embora os defuntos abundem, em princípio descarnados, logo não têm dor, alma já não direi. Mas é sempre bom revisitar o que aprendemos com S. Tomás de Aquino, a lei de Deus nem é escrita e este não escreve nem para ti. As três leis seguintes veremos a que encaixa nos teus propósitos. A lei divina é a que ilumina quem quer chegar a Deus, não é caso dos votantes e muito menos dos socialistas. A lei dos Homens serve para estes se regularem sem se meterem em cavalarias altas. Só resta a lei da natureza, creio ser esta que se adequa aos teus votos. Do que trata esta lei? O primeiro princípio, “que cada um deve tratar os outros como gostaria de ser tratado”. Pode tomar formas diversas, como “não faças aos outros o que não queres que te façam a ti”. Esta lei é uma boa lei porque está bem acima da lei positiva, a dos Estados (do poder).
    Concluindo, não te deves martirizar com os malvados 3.000.000 de votos errantes, os bons filhos à casa tornam, o nº da porta é que pode ser outro.
    Que gozes na paz que te acompanha o dia bendito por ser o maior da natureza.

    Do amigo Veneno,

  13. repto aos comentadores que não aparecem na lista:
    digam ao que vêm, não se refugiem apenas no criticismo doentio ao sócrates mas digam quem é acham que nos deve conduzir nos próximos tempos. se é a velha manela que, qual manoel de oliveira, atinge o auge aos 70 anos, ou se é o xico louçã com a sua promessa (é sempre oportuno não divulgá-la) de uma nova albânia ou ainda se é aquele que era o partido dos operários e passou agora a liderar o sector terciário público. digam-nos então, para que nós possamos trocar argumentos e deixem-se de bocas de bancada, porque insistir nisso será para vós tarefa fácil mas revela pouca inteligência.

  14. O que eu acho é que o «criticismo doentio» ao Pinto de Sousa é apenas uma resposta encontrada pelos descrentes em deus para responder à adoração doentia ou fundamentalista dos crentes em deus. É por isso que eu proponho que na próxima campanha eleitoral se responda ao slogan religioso «Sócrates2009» com um slogan a colocar nos autocarros que diga o seguinte: «Sócrates2009 não existe. Deixe de se preocupar com fantasmas e vote em políticas». É preciso abandonar a teodoceia Pinto de Sousista segundo a qual um Portugal governado por ele é o melhor dos Portugais possiveis, e que os sacrificios e males presentes não o são quando enquadrados num horizonte temporal mais amplo, porque essa é a estratégia usada pelos impostores para castigar os mesmos inocentes de sempre, e os condenar à resignação, ou submissão, a deus. Por outras palavras, é preciso abandonar a teoria religiosa Valupiana segundo a qual «deus escreve direito por linhas tortas», por uma outra mais fiel à verdade e que é a de que «deus escreve à direita com linhas de esquerda (moderna)», porque os inocentes costumam fixar-se nas linhas e esquecem as entrelinhas (LOL).
    Esperemos, portanto, que o terramoto político e eleitoral continue e que seja capaz de separar as águas ideológicas que andam demasiado misturadas, e cujo efeito mais visivel é levar os inocentes a ponderar o seu voto em função do número de rugas ou do número de fatos Armani.

  15. Sempre que possível passarei por cá, para partilharmos ideias, boas ideias :)
    “Entro sempre em qualquer casa onde for bem recebido”
    ..e este blog há muito que faz parte da minha pasta de favoritos.

  16. é preciso votar em políticas e na confiança de que as pessoas cumpram a palavra, em condições normais digamos,

    mas eu vinha aqui era desejar bom Solstício de Verão e já me ia esquecendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.