Português de lei


Pinto Monteiro (1942-2022)

No reino da pulharia, este homem foi odiado por ter resistido ao golpismo da judicialização da política – ou seja, por ter defendido a Lei, o Estado de direito, a sua consciência e a nossa liberdade. Agora, na hora da sua morte, os cobardolas festejam em silêncio:

«A TSF tem tentado obter reações à morte do antigo procurador-geral da República, mas as personalidades contactadas recusam pronunciar-se ou não atendem os telefonemas.»

A cínica declaração de Marcelo, onde alude à “fase complexa da vida nacional” em que Pinto Monteiro foi procurador-geral da República, e onde silencia o assassinato de carácter de que foi vítima por mão da direita (dos broncos e cães de fila aos tenentes e generais) desde 2009, é mais um selo na cumplicidade do regime com o pior que pode acontecer numa democracia: ter a Justiça infiltrada por criminosos que se sentem, e de facto são, impuníveis.

__

As escutas estão ao serviço dos jornalistas, diz quem não pode ser ignorado

Adenda à entrevista de Pinto Monteiro

8 thoughts on “Português de lei”

  1. Após este comunicado, quanto tempo até o Valupi declarar guerra à República Portuguesa?
    Será que vai invadir o Ticão até ao fim da semana?

  2. Está tudo no post. Admirável, sr. Valupi. O teste nunca vai direto ao assunto. Hás de ser fresco.

  3. Mais “Portugueses de Lei”: Cândida Almeida, Noronha do Nascimento, Ivo Rosa, Rui Rangel, Marinho (e) Pinto, o duo de causídicos de que só resta um, o Vice-Presidente do Parlamento Europeu, a FC, o careca da Má-Língua (o mais alto), o “escritor fantasma”, o Carlos Santos Silva e o amigo dele Para lá dos donos deste blogue, claro. Tudo o resto: ao serviço da Grande Conspiração da Direita (ou, pior ainda, velhacos ingratos).

  4. fernando,

    o meu lema é enterrar os mortos e cuidar dos vivos.
    um beijinho cheio de frescura pra si

  5. “Após este comunicado, quanto tempo até o Valupi declarar guerra à República Portuguesa?
    Será que vai invadir o Ticão até ao fim da semana?”

    E assim temos a anedota dum conivente com o invasor putin, dando nota da angústia que lhe causa a invasão da República Portuguesa.
    São estes escrúpulos tardios dum imbecil que já meteu os papéis para ser miguel de vasconcelos, que mostram como lhe falta a confiança de ter o colo de putin a ampará-lo, quando for despejado pela janela, juntamente com as sujidades da véspera.

  6. :-(
    o Marcelo e os outros, tantos, até aqui comentadores, merecem ser tratados com tolerância zero pois são terroristas, desprezando a racionalidade e o bem comum.

  7. a fase complexa da vida do marcelo foi namorar 30 anos com uma administradora do bes, ser íntimo do ricardo salgado com quem passavam férias no brasil ou eram vistos juntos em socialidades e com a falência do banco acabar a amizade pública e o namoro privado.

    será que a vodka laranjo não faz um directo para esclarecer isto ou ainda não recuperou do mau hálito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.