7 thoughts on “Tudo bem, mas vai levar mais noutro clube qualquer”

  1. Porra, Val, quando escreves sobre o Sporting dás-me instintos psicopatas.

    Deixa lá o homem em paz! Quem é que tínhamos que fizesse melhor com este plantel que lhe enfiaram, e com a triste saga de 32 (trinta e duas, caraças!) bolas aos ferros? Só na Liga, se todos os “ferros” tivessem entrados tínhamos mais 12 pontos do que temos agora. É galo, carago!

    Indecentemente gamado ao fórum SCP:

    P. Ferreira 1-0 Sporting (+1)
    Hélder Postiga 24’

    Sporting 0-0 Olhanense (+2)
    Liédson 21’

    Sporting 1-1 Nacional (+2)
    Diogo Salomão 54’

    Beira-Mar 1-1 Sporting (+2)
    Hélder Postiga 16’

    Sporting 2-3 V. Guimarães (+3)
    Simon Vukcevic 31′
    Evaldo 31′

    Sporting 1-1 Porto (+2)
    Pedro Mendes 24′

    Fala lá mal dos outros todos à vontade, do presidente, dos directores desportivos e do diabo a sete, mas deixa o desgraçado do Paulo Sérgio sossegado.

  2. O que me custa é em Agosto ter escrito aqui no Blog que podiam colocar uma fotocópia a cores do «armani» no meu lugar – sector A19 fila 31 lugar11. E tive razão – em Agosto.

  3. Ontem ao ver desde crianças a idosos a chorar no estádio senti que as lágrimas não eram apenas pelo Liedson, eram lágrimas de espanto e revolta de pessoas que finalmente sentiram o que estão a fazer ao Sporting. Se repararem, nos últimos anos parece que expulsam cirurgicamente quem representa a alma do Clube, arranjando desculpas mais ou menos esfarrapadas. Desta vez foram longe demais.
    No entanto há ja muito tempo que não me sentia Sportinguista como me senti ontem e de certa maneira até senti alguma esperança. Estão a acontecer muitas revoluções no mundo, talvez a nossa chegue em breve e talvez a saída do Liedson resolva o nosso (dos adeptos) adormecimento

  4. Marco, trazes o argumento supremo: aquele gajo dá azar. E mesmo que ele fizesse do Sporting um clube vencedor da Champions, ainda assim continuaria a merecer todas as perseguições e sevícias ao alcance do adepto que ame o seu clube, tal como a mdsol explica.

  5. Uma pessoa escreve crónicas (sem renumeração) para o jornal desde 1988 a 2006 e integra a redacção de 1997 a 2006 (a ganhar 70 contos mês) para ser «afastada» por gente que nunca fez isso nem nada parecido. Isso é que dói, não são as derrotas porque há sempre três resultados possíveis num jogo. Há quem queira chamar antigos capitães de equipa ao Clube mas todos têm processos em Tribunal contra os dirigentes do Clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.