Faz hoje 1 ano que

Faz hoje um ano que o grande líder da esquerda grande considerou ser melhor para os interesses dos explorados, dos miseráveis, dos pobres, dos trabalhadores, dos professores alérgicos à avaliação e da direita que o Governo fosse derrubado sem alternativa outra que não fosse irmos para eleições. Louçã não o conseguiu à primeira com a moção de censura mas, após acertar uns pormenores com os aliados PSD, CDS e PCP, lá atingiu o desiderato poucos dias depois.

Faz hoje também um ano que Passos foi a S. Bento pela calada da noite falar com Sócrates a respeito do PEC IV. Saiu de lá com a decisão de viabilizar as medidas na defesa do interesse nacional, mas foi obrigado a mudar de opinião logo de seguida com a ameaça de ser a sua cabeça a rolar. O cocktail de “política de verdade” com “transparência com sabor a laranja” meteu Relvas a espalhar que Sócrates tinha apenas feito um lacónico telefonema para Passos e que nada tinha sido apresentado ao PSD e muito menos discutido previamente ao anúncio das medidas que se iam levar a Bruxelas para recolher aprovação europeia. Só em meados de Abril, depois do Governo ter caído e a maior operação de engano do eleitorado em Portugal estar em curso, é que Passos admitiu que o encontro aconteceu. De Sócrates, nunca se ouviu uma palavra sobre o episódio até hoje.

7 thoughts on “Faz hoje 1 ano que”

  1. Não foi só o relvas que espalhou a noticia o próprio PC disse que não tinha falado com o PM acerca do assunto.
    Pergunto eu, o que teria acontecido no debate entre o JS e PC se o primeiro o tivesse confrontado com a mentira?

    É de facto notável, até para mim que nunca morri de amores pelo JS, a discrição que ele tem mantido. 5 *****.

  2. A minha opinião pessoal acerca do silêncio de Sócrates, na altura, foi deliberado. Atirou a toalha ao chão a ver-se vítima da pulhice inqualificável deste nojo que é Passos Coelho. Deve ter percebido que não estava a lidar com gente mas com um gangue da pior espécie, que agora tem as rédeas do poder todo e faz aquilo que todos vemos fazer, sob a batuta de um presidente indigno do cargo. Aqueles pulhas, ao verem o silêncio de Sócrates deram-no como morto e levaram a pulhice, em bloco, até ao fim. Nâo é Passos Coelho que, isoladamente, tem um comportamento de verdadeiro sacana poltico mas todo o PSD, sabedor do que se tinha passado. Aqueles deputados todos, em bloco, mais alguns que se lhe juntaram, são coniventes com a pulhice. A república está a pagar a pulhas descarados. É a desmoralizaçâo da sociedade a começar de cima. Portugal está a ser governado por um gangue, mas o inimputavel da Madeira diz que gangue é o do PS.
    Não sei onde isto vi parar.

  3. hum.. faz hoje 38 anos e uns dias que montes de pessoas , sem serem estroinas , apenas ( a penas :))) governadas por ps e psd , iniciaram um processo de empobrecimento sustentado que nem sei que te diga. esses aniversários que celebras são peanuts comparado com isto. que é da tua visão holistica , pá ? partidarizou-se? não dá para analisar nada , assim partida , moço.

  4. Valupi,
    A recém-parida “cavacagadela” produzida pelo presidente (ou lima?) contra Sócrates só vem confirmar que ninguém daquelas bandas é confiável e honesto quanto mais capaz de qualquer tipo de leaaldade.
    O erro de Sócrates foi pensar que podia fazer política com política propriamente dita enquanto o adversário conspirava com todos os meios por todos os lados. A grande mentira de ppc, relvas, o boneco de Gaia e outros ansiosos de ir ao pote, não é nada e só foi possível logo após do “palácio sob escuta” do lima que controla o desconfiado, e por tal completamente manobrável e manobrado, ser enviado urgente aos media que o “presidente não teve conhecimento do PECIV”, o que foi logo ampliado e tomado pelos vendidos ao pote como crime de lesa-majestade.
    Claro que também esta apressada actitude do cavacagadestão é uma mentira propositada para levar-obrigar ppc a tomar actitude semelhante e dar a machadada final em Sócrates. Os media vendidos ao pote fariam o trabalho de amplificar a mentira como coisa criminosa perante a opinião pública papa-tudo.
    Não foi com a conspiração das “escutas”. Não foi com o rancoroso discurso de victória. Não foi com o apelo à rua do discurso da tomada de posse. Não tinha sido com tantas tentativas que era preciso aproveitar tudo ao máximo independentemente de qualquer honestidade quanto mais lealdade.
    Cavaco é o homem-horribilis deste país, por sí como pessoa desconfiada, mesquinha, poucochinha, sebentoso e ainda mais pela escola de malfeitores que promoveu a governantes de Portugal desde há trinta anos.
    O mal de Portugal chama-se cavaco silva.

  5. ENFIM, O SOBRESSALTO CÍVICO?

    Está na hora de vir para a rua reclamar e de mostrar, finalmente, verdadeira indignação:

    TODOS AO PALÁCIO DE BELÉM NO DIA 23 DE MARÇO, PELAS 17H 30M, EM SILÊNCIO E DE LUTO CARREGADO, SEM CARTAZES NEM PALAVRAS DE ORDEM!

    VAMOS ESPANTAR O MUNDO, CRIANDO UM NOVO MOVIMENTO DE INDIGNAÇÃO, DECENTE, PACÍFICO, SILENCIOSO, MAS FIRME E INAMOVÍVEL, SEM EXIBICIONISMOS E ESTEREÓTIPOS, PORÉM FIRME, DETERMINADO E IMBATÍVEL, QUE SÓ TERMINE QUANDO TIVER ATINGIDO OS SEUS OBJETIVOS: A RENÚNCIA DE CAVACO SILVA E O DESMASCARAR PÚBLICO DA PULHICE QUE CONDUZIU AO DERRUBE DO ANTERIOR GOVERNO E À QUEDA DE PORTUGAL NO ABISMO ONDE SE ENCONTRA.

    PS: Seguramente que não serão bem-vindos dirigentes políticos atuais, de nenhum Partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.