Bute escolher a bacorada do ano

Este ano agora findo foi vintage para a recolha de bacoradas. Após um esforço titânico, consegui reduzir o lote a 25. Significa que menos de 250 não faria sequer justiça à produção registada, e que à volta de 2 500 citações seria a quantidade mínima para termos uma perspectiva aproximada do conjunto. Eis o que a elite política pensa da nossa inteligência.


22 thoughts on “Bute escolher a bacorada do ano”

  1. É mesmo caso para dizer que venha o diabo e escolha. Tanta mentira, tanto embuste.

    BOM ANO de 2012 – (Quando escrevemos estes votos até parece que sentimos um nó na garganta)

  2. enfim. o pin que melhor define o estado da nação é o porco mealheiro. e era perfeito na lapela destes manhosos governantes.
    vara de incompetentes…..

  3. bacoradas são asneiras. o que listas são mentiras, aldrabices e conversa da treta pensadas para produzir efeito e encher xóriços.

  4. o termo “bacorada” define a visão estratégica dos Ministros Relvas e Gaspar: ver em cada português um porco mealheiro. ao longe, é o pin que me parece ver na lapela dos cavalheiros.

  5. difícil escolha, votei o ” tum-tum”, à olhos fechados. Todas são meritorias de voto.

    Dende a Galiza, Bom ano novo para todo os portugueses e às boas gentes do Aspirina B.

  6. Acho que esta vai ser a primeira vitória do Seguro desde que chegou à política…

    Bater Cavacos, Passos, Relvas, Diogos Leites Pintos, Louçãs, Jerónimos, Catrogas – é obra!

  7. O bimbalhão chama-se Diogo Leite Campos, peço desculpa.

    Em quatro anos estaremos a crescer acima de 1,5 % ao ano, diz o finfas.
    Sobretudo se nos primeiros três anos descermos por junto uns 10%.
    Ora aí está uma promessa fácil de cumprir.

    Menos fácil seria o finfas dar um contributo pessoal para a ultrapassagem da crise, como abdicar de uma reforma pública das que tem. Segundo a wikipédia, acumula uma reforma de professor da U. de Coimbra de 3240,93€ com outra do Banco de Portugal de perto de 5000€, além dos lucros de uma sociedade de advogados. Ocupa hoje no PSD o lugar que Duarte Lima ocupou no tempo do Cavaco, vice-presidente da comissão política nacional. E tem a mesma cara de vendedor de banha da cobra que o seu antecessor.

  8. “Está para nascer alguém mais honesto que eu!”. De antologia. Escapou ao Valupi.Ao nível do “nunca me engano”.

  9. O vosso querido líder não teve direito a nenhuma nomeação?? Até nas bacoradas caiu em desgraça, nem aí já merece credibilidade!!

  10. Para ti, Josélito.
    O nosso querido líder já teve todas as nomeações e mais algumas, feitas pelos vossos spin doctors e outros merdas ao longo de 6 anos.
    Agora, deixa-o estar sossegadinho e preocupa-te com os teus amiguinhos, que são os que te estão a papar a regueifa neste momento, pode ser?

  11. José meu grande cromo, se te incomoda não estar ai nenhuma do Sócrates, faz um blog, que meta inveja aqui ao aspirina, e mete lá tu as bacoradas que quiseres, porreiro pá…

    APROVEITO PARA DESEJAR UM BOM ANO DE 2012 AO PESSOAL DO ASPIRINA

  12. porque é que os ‘brilhantes’ resultados do grande leader Seguro desapareceram? quando votei ia à frente! como bem diz o Sapo Cocas é uma proeza ganhar a tantos ‘bacorentos’. se calhar até será o seu único momento de ganhador.

  13. LG, os resultados do Seguro não desapareceram, eu é que alterei o modo como os resultados são apresentados, estando agora ordenados por votos. À cabeça, continua o abstencionista violento.

  14. Retiro duas conclusões:
    1º as pessoas concordam que enquanto não apanharmos um cagaço (não sei se maior ainda do que estamos a viver) , não aprendemos, e aí concordam com o Professor.

    2º Na opinião dos eleitores, a esquerda é que diz bacoradas, não a direita.

    Conclusão: estamos bem, o que é mau, porque sem o sobressalto não
    vamos lá.

  15. A minha convicção vai de facto para as bacoradas da esquerda.São novidade!
    Porque? Porque a direita em Portugal é toda ela uma gigantesca bacorada desde que resurgiu pós 25 de abril. Ora se a esquerda está a ir pelo mesmo caminho então estamos mesmo mal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.