Gaspar é surdo?

Claro que temos que reagir aos desenvolvimentos económicos, algo que fazemos na Alemanha”, afirmou Schaeuble. “Não somos burocráticos, não somos estúpidos”.
“Se a economia se deteriorar, não se reforça a tendência negativa através de mais cortes”, acrescentou
.

Não sei se o Gaspar ouviu isto e, se ouviu, o que pensa fazer no(s) próximo(s) Conselho(s) de Ministros. Extraordinário(s) e dedicado(s) aos cortes. Também não sei se Schäuble se referia à economia espanhola, alemã ou europeia em geral. Nada é claro nesta Europa às aranhas com preconceitos, fantasmas, heranças genéticas de grandeza e uma crise bancária.

Se se refere à economia espanhola, não se percebe por que razão não é Portugal contemplado por um programa bilateral semelhante, urgente, que não espere pela Comissão, pois se há economia deteriorada é a nossa. Também não se percebe a razão de mais cortes.

Se se refere à economia alemã, ah, ah, os ratos entraram nos aposentos reais e o rei teve que saltar da cama.

Seja como for, há motivos de sobra para suspender o Conselho de Ministros.

4 thoughts on “Gaspar é surdo?”

  1. Penélope, não sei por quê a sua estranheza. O alemão fala de um “club” que não é o nosso e que tem regras próprias, razoáveis, pois claro. Portugal pertence a outro “mundo” e neste outro mundo vale tudo. Até a estupidez (na economia) pode e deve ser exaltada como o “bom caminho”.

  2. Quem nasceu para lacaio nunca perceberá o seu estatuto inferior.
    Tal como a formiga no carreiro, é demasiado pequeno para perceber que há vida para além de si próprio.
    Gaspar está concentrado na sua ascendencia dentro da hierarquia do BCE.Vê-se a percorrer o caminho com exito, mas ignora que debaixo do seu camião tir estão os portugueses a ser passados a ferro, e que acima do seu camião tir estão os cordelinhos do ministro das finanças alemão.
    Assim que Gaspar cumprir o papel que convêm ao ministro alemão os cordelinhos serão cortados e Gaspar finalmente irá perceber que conduz um camião desgovernado a escassos metros da parede.
    Que se estatele depressa, para que os portugueses que sobrarem possam finalmente apanhar os cacos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.