Violência alastra à Irlanda

Esta foto de Sinead O’Connor mostra a intensidade da violência que começou em Tottenham, Inglaterra, no sábado à noite e acaba de atingir Bray, uma outrora simpática e pacata cidade na Irlanda.

19 thoughts on “Violência alastra à Irlanda”

  1. Agora esta de os pobres atacarem os ingleses em Londres (e no Algarve) é que vai dar que falar.
    Isto é preocupante!

  2. ai que riso me deu e tive de vir dizer isto: a minha sátira nada tem que ver com o corpo dela, que (me) interessa isso, mas sim com a montagem que fiz do umbigo de fora com a cruz (essa sim gorda) que traz ao pescoço por ser uma católica-praticante – anti -religião-católica activa. está explicado. :-)

  3. Explicará, mas nao explica porque em 3 anos se transformou naquilo que aqui mostras. Os antidepresssvos não trazem autoestima, se não houver uma pequena réstea para recuperar.

  4. Por outro lado, sobreviver a isto merece admiração:

    “You’re carrying so much pain that you couldn’t know where to put it”.

    Já aquele génio da Amy seguiu outra via, a do James Dean: “live fast, dye young, have a nice looking corpse”

    (oops…entretanto retiraram do youtube o video que eutina linkdo da sinead…
    Mas deixaram este da menina que seguiu a via rápida…
    http://www.youtube.com/watch?v=Ll7UFxqI2pM

  5. edie, já agora, a frase Live fast, die young, leave a good looking corpse pertence ao argumentista John Cherry Monks, Jr., que morreu pacatamente aos 94 anos.
    Maus conselhos. ;)

  6. A escolha é de cada um, ou o o impulso, ou a pressa de cada alma em despachar-se daqui o mais depressa possível. God only knows…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.