14 thoughts on “Vamos lá a saber”

  1. … a comentar merda em horário laboral numa empresa que não valoriza os colaboradores.
    bota mazé nudes do kamacho em hip pop apaneleirado.

    * desodorizante íntimo

  2. Abuso de poder?
    Multar um velho por comer uma sandes na rua é abuso de poder?
    Eu não acho. Eu acho que até é uma preocupação genuína por parte da força de segurança pela dieta do velhinho.

  3. O que aconteceu ou terá acontecido verdadeiramente não sei, mas ocorrências de xenofobia, racismo e abuso de poder são sempre graves, muito graves, ocorram onde ocorrerem, seja onde for, principalmente nas ou pelas forças de segurança. Dito o que disse, é a altura de desejar boas festas ao Valupi e restantes taumaturgos do Aspirina B, com um Natal e uma passagem de ano muito e bem gozados.

  4. e Maria José Morgado , não ?
    mulheres ao poder !!!!!!! é urgente limpar a casa , deitar a tralha fora , e organizar as prateleiras doutra maneira , de forma a não haver cantos escuros e sítios onde se acumule o pó. ah , e tudo terá de ter formas simples , por causa das vielas e isso.

  5. Abuso de poder?
    Se calhar o ucranianos quando foram para Odemira deviam pensar que era tudo da marijuana. Desenganem-se, ou contribuem com algum para repôr a ordem ou levam no focinho.

  6. ó pá , então ? com certeza que a gravidade variará entre o “para quieto , preto” e a morte de um cidadão ucraniano. do banal ao fatal .
    e sim, chamar de preto , cigano ou gordo , careca , caixa de óculos , maricas , é tudo o mesmo : racismo ? nenhum.

  7. Num país pobre, injusto e desigual, cujos cidadãos emigram para trabalhar muito e ser mal pagos, dando lugar a imigrantes que vêem trabalhar como semi-escravos, miserávelmente pagos, achas que a polícia serve para quê? Achas que temos mais polícias do que militares, porquê? Achas que pagam tanto (comparativamente) a polícias com tão pouca formação académica e profissional porquê? És ingénuo Valupi?

  8. Pensem no seguinte, em todas as “classes” salariais de Portugal todas (excepto uma) ficam aquém da média do que se paga em países desenvolvidos. O salario mínimo é mais baixo cá, o médio também é mais baixo cá, e dos ricos Portugal está “na media”. Um político português, deputado ou outro qql, recebe tanto como um deputado alemão. Um administrador público recebe tanto como um do privado dos países ricos. Todos os salários são muito baixos, o único que está “em linha” são os salários dos ricos

  9. a miss bidé lança aqui um feitiço
    que todos os dias renasça o natal
    morrendo
    doravante
    o das coisas
    dos doces
    das prendas
    e do que é postiço. abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.