15 thoughts on “Suspeita do dia”

  1. qual programa? aquilo é uma base, como nas pizas (com cedilha). eles próprios disseram que se forem governo, depois juntam os condimentos.
    não brinques com isto valupi. o pingo doce faz muito melhor há muito tempo. e com os custos das receitas logo descriminado.

  2. nik, sinceramente! o homem tinha um espaço esconso e aproveitou-o. não tem nada de ilegal. como estava próximo da instalação sanitária, guardava lá o papel higiénico e outras coisas. depois esqueceu-se.

    mas o senhor presidente só demonstrou, sempre, confiança na palavra do seu conselheiro de estado. nunca na sua memória. devem ser cá uma corja…
    sim, os conselheiros. se calhar estavam a pensar que eu estava a falar de nenúfares

  3. Ao ouvir hoje as declarações do PR, a um canal televisivo, fiquei apreensivo com o que foi dito. E sugeria que a partir das próximas eleições presidenciais, todos os candidatos, sejam obrigados a fazer um exame às suas faculdades mentais. Fiquei perplexo com o que foi dito e com a forma. É de lamentar que o órgão máximo da Nação tenha tais afirmações. Há dias escrevi que ele tem dificuldade em despir a camisola partidária. Cavaco faz-me lembrar uma criança a quem se dá uma camisola e ela nunca mais a quer despir, mesmo quando vai dormir. Que sede de vingança demonstrou ter ao governo, não é com atitudes destas que salva as suspeitas, que temos quanto ao caso BPN. Depois toma posições como no caso do Novo Código de Execuções das Penas. No tempo em que era 1º. Ministro, era assim que se procedia e agora vem afrontar o Governo. Devia pedir desculpas a todos os intervenientes dos Conselhos Técnicos de todos os Estabelecimentos Prisionais do País, assim como ao Director Geral dos Serviços Prisionais, pela sua desconfiança. Todos deviam de pôr o lugar à disposição de Cavaco, para criar uma crise, em todo o sistema prisional e assim derrubá-lo. Enquanto não o devolvermos à procedência, vamos ser sempre afrontados com este tipo de atitudes. Triste sina de um País que tem que levar com isto. Devia de estar sempre a comer bolo-rei, que enquanto o comia não dizia disparates, como devia de fazer um aperfeiçoamento da fala.
    Não sirvas a quem serviu e não peças a quem pediu.
    É de lamentar.

  4. votamos para o governo. votamos para os deputados. votamos para o poder autárquico. até para presidente da república. nisso tudo estamos descansados.
    mas, não há português que se preze, que espirre sem pensar num conselheiro de estado. para quê? perguntamos depois de tudo o que se tem passado.

  5. JCF
    “Outros votaram devem estar arrependidos.”
    Nunca votei, nem votarei em pessoas deste quilate. Não tenho o dom de adivinhação, tenho o da compreensão. Quando foi 1º. Ministro, demonstrou ao que ia e, de tudo o que era capaz. Desde o 25 de Abril, tivemos três Presidentes da República, com ele quatro, veja qual o pior. Cavaco nem para assessor de qualquer um deles. Sei que temos de viver com aquilo que temos. Mas sairmos a terminação é, azar a mais.

  6. Amigo Z, há uns anos procurando o jovem Moura no Centro de Trabalho de Alcântara, responderam-me que o Camarada não estava. Eles também se enganam. Penso que continua a não estar lá mas poderei talvez dizer aonde é possível encontrar a personagem.

  7. amigo Afonso olha que ele era só na sede central, e veio do Porto,

    que paranóia, isto é uma gripe como todas as outras, excepto que foi optimizada como um negócio tamiflu máscaras outros,

    as time goes by

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.