Sócrates Fan Club

Acabo de ver o Ângelo na porqueira. Tinha a raiva dos perdedores. Anunciou a abstenção do PSD no Orçamento, com o argumento de que o mercado assim o exige, e disse uma parvoíce maravilhosa: que a oposição não chegava para Sócrates, tinha de ser Sócrates a cair sozinho.

Estes infelizes ainda acabam a levantar-lhe estátuas, tal o furor com que o idolatram.

14 thoughts on “Sócrates Fan Club”

  1. Este Orçamento é importante para Diminuir o Défice.
    Foi Sócrates que conseguiu por o Défice em 2,6%, em 2007, o valor mais baixo de sempre!
    Em meados de 2008 estourou uma Crise Financeira Mundial nos EUA, que se transformou em Crise Económica Mundial e alastrou a practicamente todo o mundo.
    Diser que a culpa é de Sócrates tem sido desde então a Estratégia das Oposições, uma estratégia FANÁTICA a que só adere quem for FANÁTICO, porque ninguém saiu ileso deste tsunami internacional, ninguém adivinhou a crise (não, a Ferreira Leite não adivinhou, até disse que era uma crisesinha!) e a verdade é que ainda hoje assistimos a países como a França, a Itália, o Reino Unido, a Alemanha, a Espanha, a União Europeia, etc, etc, etc, etc,,,,,,a continuar a tomar medidas complementares porque ninguém acerta previsões neste turbilhão inconstante.

    Dizer que a culpa é de Sócrates é claramente um abuso, uma má fé, uma estratégia fanática, pois então nos outros países também está lá o Sócrates?

    EM 2007 TIVEMOS O DÉFICE MAIS BAIXO DA NOSSA HISTÓRIA….2,6%……….FOI UMA LUTA QUE VENCEMOS CONTRA O PSD E O CDS QUE DEIXARAM UM DÉFICE MONSTRUOSO SEM QUALQUER CRISE INTERNACIONAL QUE DESCULPASSE OU ATENUASSE

    HOJE, A HORA É DE MAIS UMA VES OS PORTUGUESES AJUDAREM PORTUGAL A RESOLVER UMA CRISE QUE VEIO DO ESTRANGEIRO, QUE FOI PROVOCADA PELAS POLÍTICAS DE DIREITA, DO PSD AMERICANO DE GEORGE BUSH.

    VAMOS LÁ PORTUGUESES, FAÇAMOS ESTE ÚLTIMO SACRIFÍCIO EM NOME DA ESTABILIDADE DO NOSSO PORTUGAL.

    !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! VIVA PORTUGAL !!!!!!!!!!!!!!!

  2. Isto resolvemo-lo todos juntos. Quem diria!!!
    “Quando a nau da pátria se acha combatida por ventos embravecidos; quando, pelo furor das ondas, ela ora se sobe às nuvens, ora se submerge nos abismos; quando, levada do furor dos euripos, feita o ludíbrio dos mares,ela ameaça naufrágio e morte, todo cidadão é marinheiro(…)” Frei Caneca. 25 de dezembro de 1823.

  3. Manual de estratégia politica. Volume 1. Capítulo 1.

    1) Dizer mal do Sócrates não constitui, por si só, uma estratégia politica.

    Quando absorver esta ideia, avance para o ponto 2). Não se demore. Os exames são de 4 em 4 anos, não contando com os exames surpresa.

  4. De há uns lideres para cá, este PSD tem-se vindo a tornar cada vez mais masoquista: não só não aprendem com as humilhações a que se sujeitam como parece sentirem prazer dada a frequência com que propiciam condições para que isso aconteça. Veja-se Barroso, a sucessão e o descalabro Santana. Ou a tragédia Menezes: até bombeiros dispostos a intervir apareceram no partido. A Manuela foi o óbvio, cumpriu, disse ela. O Passos, tão verdinho! Quem faz política a tactear sujeita-se a decidir de acordo com os empurrões que leva. Até faz dó. Sempre tenho que dar razão ao Ângelo, oposição desta derruba-se a ela própria. Se não fosse a implantação autárquica, a expressão eleitoral do PSD devia estar em metade. Neste cenário só lhes resta desdenhar do Sócrates na esperança de um dia o conseguirem comprar.

  5. 1º Este Orçamento é importante para Diminuir o Défice.
    Não se pode tirar os boys dos subsídios, regalias, rtp’s e outras coisas com r
    como ren refer rave raio que os parta

    Foi Sócrates que conseguiu pôr o Défice em , sempre!
    Em meados de 2008 estourou uma , que se transformou em Crise Económica Mundial e alastrou a practicamente todo o mundo.
    se fosse Mundial devia ter alastrado a todo o mundo
    mas enfim

    Diser? (DIZER?) que a culpa é de Sócrates tem sido desde…..já uma boa opção

    a RTP vai ser dotada com mais 400 milhões
    o estado social não pode abandonar 100 mil boys do PS PSD E CDU
    que os boys não têm cor
    dos 20 mil aos 100 mil por ano
    digamos 40mil de média são 4 mil milhões indispensáveis à sobrevivência
    destes potenciais desempregados de longo termo

  6. Este Ângelo é um tipo sinistro, até eu enguliria um sapo e votaria no Socras só para ajudar a manter a figura afastada do arco do governo.

  7. A estratégia do PSD pós-Manuela foi tão, mas TÃO pobrezinha: eleger um líder “bem parecido” tipo Sócrates. Fazer a diferença avançando com a cartilha liberal. Depois, para colmatar a lacuna de falta de “brains” e de sentido político do modelo, pô-lo em palco, mas não sempre, só depois de devidamente instruído pelos fabricantes Ângelo, Nogueira Leite, Marco António (?), Teixeira Pinto (?). Agora não sabem o que hão-de fazer com o boneco e isso nota-se no que vai dizendo por estes dias. Proponho um de dois destinos: manequim para os desfiles da Moda Lisboa depois de aperfeiçoado o tratamento capilar ou integração no elenco da ópera do São Carlos (e isto seria uma promoção!).

  8. O Coelho é um Boy do Terrível Angelo.
    Diria mais, um Lacaio, um “pau-mandado” do terrível Angelo, quem manda, quem é…

    O Terrivel Angelo, e isso a prazo vai ser o fim do(s) Passos (do) Coelho.

  9. E não era motivo para estar danado? Então a sua “estratégia” pateticamente executada pelo passos perdidos dá beco sem saída e ainda é ele que tem que vir dizer a coisa em primeira mão, para não deixar o outro ficar mal (coisa irrealizável, ainda por cima). A todo o momento aguardava-se um pequeno lapso e que o correia dissesse—“decidi a abstenção quanto ao orçamento, devido às pressões internas do partido, que dizem que a continuar assim, o tiro não era só no pé do coelho perdido dos passos “…

  10. Ó Hebreu, então se em 2008 estoirou a crise mundial, porque raio é que o Governo, em 2009, aumentou os FP em 2,9%? Foram as eleições, ou a crise parou momentaneamente nessa altura?

  11. Um pormenor, o aumento dos 2,9% já havia sido anunciado pelo governo meses largos antes da crise. Promessa feita, dada a contenção forçada dois anos seguidos dos vencimentos da FP e face ao crescente aumento da economia que já ia nos 1,9%, depois da recessão(sem crise e com toda a Europa a crescer) do santanismo-portismo.
    O facto desse aumento, ao contrário da mentira corrente, só prova o cumprimento de palavra e honra de compromissos do governo, e não o que nos querem fazer crer os trafulhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.