Sigamos a realidade

[…] E eu quando, porventura, mudo de opinião, porque a realidade muda e nós devemos seguir a realidade, e não procurar pintá-la de outra maneira, assumo as minhas diferenças de opinião. […]

Passos, segundos antes de acusar o seu interlocutor de ter mudado de opinião quando a realidade mudou.

3 thoughts on “Sigamos a realidade”

  1. Pois é…para ums este tipo de atitude levam-no a ser considerado mentiroso por toda a gente, um aldrabão da pior especie. Para outros…são “diferenças de opinião”.

  2. Sem por em causa os vossos dotes hermenêuticos, a chave da frase é a expressão “e não procurar pintá-la de outra maneira”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.