2 thoughts on “Revolution through evolution”

  1. tanta coisa para combater a desigualdade social , tanto mudar a àgua ao aquário , e depois confirma-se que o circulo vicioso da pobreza é genético :)

  2. dizer que o pai natal existe é tão terrível como acreditarem que vão para o céu. moral da história: deixem de procriar só para se satisfazerem socialmente e não estarem sós, caramba, usem o iphone e assumam-se sexistas. :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.