PSD faz queixa à Comissão Nacional de Conspirações

Foi hoje entregue por Aguiar-Branco, ex-ministro da Justiça no Governo de Santana Lopes, uma queixa na CNC contra incertos. Os factos dizem respeito ao que se passou nesta quinta-feira, onde uma conspiração lançada pelo PSD foi abafada por outra lançada na TVI. Aguiar-Branco afirmou que este não é o tempo para se andar a desperdiçar teorias da conspiração, pois estamos em pleno período eleitoral, já para não falar da crise. Quanto à conspiração afectada, que envolvia Alexandre Relvas, o social-democrata explicou que esta conspiração vinha a ser preparada com todo o cuidado, desde o Outono passado, com produção dispendiosa, posto que implicou uma complexa coreografia onde pessoas próximas do Gabinete de Sócrates terão estado em contacto com pessoas próximas do dr. Alexandre. Só em ensaios, terá sido gasto 75% do orçamento.

Aguiar-Branco exigiu garantias de viabilidade mediática para as próximas conspirações, sob pena do PSD não ter nada para comunicar ao eleitorado. A este respeito, e visivelmente indignado, perguntou se ainda valerá a pena divulgar que um carro cuja matrícula continha as letras PS o perseguiu durante 20 minutos entre Ranha de Baixo e Cabeça Gorda, logo após a tomada de posse do Governo socialista em 2005.

5 thoughts on “PSD faz queixa à Comissão Nacional de Conspirações”

  1. Não será de bom tom reeditar o «telejornal da TVI» de novo aqui no Blog para os leitores apreciarem devidamente os talentos doa actores e o conjunto??? Podia ajudar um bocado a perceber o envolvimento…

  2. Gosto muito do blogue, mas acho que lhe falta a bandeira do PS. Saudações a toda a gente, incluindo heterossexuais.

  3. são tão hipócritas estes gajos do psd, mesmo ratazanas. Amanhã aplico-me na zarabatanada, hoje tenho ali dois travesseiros de gila e fios de ovos e sou gamado, confesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.