Pedro, livra-nos do mal

Passos Coelho beijou, tirou selfies, comprou rifas e deu autógrafos. O primeiro-ministro foi “o cabeça de cartaz” na inauguração da Feira de S. Mateus, em Viseu. Foi recebido em euforia, mas há um ano, no mesmo local, a visita tinha sido feita com mais “receio”.

Nas quatro horas que levou a visitar a Feira Franca de Viseu, um dos certames mais antigos do país, o primeiro-ministro foi recebido com entusiasmo pelas centenas de visitantes que compareceram na inauguração de mais uma edição – a 623 – desta festa que dura 38 dias.

Logo na entrada principal, o primeiro-ministro foi recebido com palmas e muitas mulheres acotevelaram-se para conseguir dar um “beijinho ao Passos” e tirar uma fotografia. Uma recepção que deixou o primeiro-ministro motivado para a caminhada pela avenida principal.

Primeiro-ministro recebido como um “famoso” na Feira de S. Mateus

__

O povo adora o Pedro. Porque ele é o nosso salvador. Salvou-nos da bancarrota. Salvou-nos dos socialistas. Salvou-nos da Troika. Salvou o Estado social. Salvou Abril. Até conseguiu salvar Portas de si próprio, o que talvez concorra para milagre caso chegue ao conhecimento da Santa Sé.

Em meados de Agosto, o Pedro irá, como todos os anos, para a Manta Rota. Que se lixem as eleições. Irá de calções e chinelos para a praia. Que se lixem as eleições. E suportará ser fotografado nesses preparos e intimidades só por uma razão: estar-se a lixar para as eleições. Não será a cobertura mediática ao minuto das cacholadas e das trincadelas nas sandes de atum que o vai desviar um milímetro desse profundo desprezo pelos actos eleitorais.

O Pedro, com a ajuda heróica da senhora da Cruz, meteu Sócrates no chilindró e está quase a declarar Portugal um país livre da corrupção, é só preciso esperar mais um bocadinho para encontrar os milhões do Vara e poderemos festejar rijamente. O tempo da impunidade acabou. Basta olhar para o juiz Carlos Alexandre e para o procurador Rosário Teixeira, a cara deles não engana. Aquela seriedade. A ladroagem que se cuide. Acabou. Vai tudo dentro a partir de agora. Esses Noronha e Monteiro andavam a proteger os facínoras mas a dupla já foi com os cães. O melhor para os xuxas será emigrar pois o seu modo de vida deixou de ser compatível com a cultura de respeito integral pela lei que o Pedro sempre cultivou muito antes de sonhar com estas andanças. Por cada socialista preso, há uma criança que sorri de alegria e de esperança num futuro com menos Estado e mais sociedade.

Estes 4 anos foram o que foram por culpa do PS. Se o PS não existisse, não teria sido necessário passar pelas chatices que passámos. Por exemplo, se o PS não existisse, nunca Portugal teria caído na bancarrota, nem teria feito auto-estradas onde só viajam moscas, nem teria construído o maldito TGV, o maldito aeroporto e os malditos Magalhães. O Pedro, um dias destes, sem pieguices, ainda terá de tratar desse problema.

26 thoughts on “Pedro, livra-nos do mal”

  1. “Numa das barracas parou para comprar rifas, mas quem acabou por pagar foi o secretário de Estado da Administração Local, Leitão Amaro, porque o primeiro-ministro tinha deixado a carteira no carro.”

    “As críticas e as queixas também se fizeram ouvir na noite de sexta-feira, como o caso de um homem que ao primeiro-ministro lamentou que a sua reforma tenha levado cortes sucessivos. “Isso já acabou”, prometeu Passos Coelho.”

    http://www.publico.pt/politica/noticia/primeiroministro-recebido-como-um-famoso-na-feira-de-s-mateus-1704475

  2. … com os custos de campanha suportados pelo orçamento de estado.

    “Assim terminou o dia do primeiro-ministro que durante a tarde inaugurou uma ponte no IP3, foi também recebido com palmas em Vouzela, descerrou a placa de um lar de terceira idade em Cambra e terminou em Viseu acompanhado pelos secretários de Estado oriundos do distrito de Viseu, José Cesário e Amaro Leitão.”

  3. tanto à vontade e descontracção devem ter custado bués em segurança e coiratos para os figurantes. nem um gajo ao longe a mandá-lo trabalhar, sem sócras o pcp já não é o que era, o nogueira já não faz esperas e a catrina foi a banhos.

  4. ai que riso! achas que o Pedro come pão com atum? eu vou mais para as postas de atum fresco com uma uma ou duas tostinhas. e depois, a feira de s. mateus seria um excelente banco de imagens para as intrujices. não consigo perceber estas baldrocas com os rostos – tanto destes como dos outros. há assim tanta falta de gente que queira dar a cara pelas suas convicções? olha que paradoxo de campanha eleitoral que dá que pensar. ah! mais valia, por uma questão de honestidade badalhoca, meter um cartaz da primeira dama epiladinha a molhar os tornozelos com o dizer: para o melhor e para o pior, com o Pedro estamos a salvo. :-)

  5. E a SOLUÇÃO É?

    Alguém me diz, «ça faXavore», qual é a solução?

    Venha lá um NÃO PALHAÇO com uma SOLUÇÃO, «ça faXavore». Acham que Mário Soares conhece alguém? Ele conhece tanta gente. Por exemplo, ele conhece o Ricardo Salgado, o gajo que consegue derrubar a doutrina cristã, segundo a qual ninguém pode adorar a Deus e ao dinheiro.

  6. O Sócrash já vendeu um imóvel para segundo a PIMBA JASMERDIM pagar ao amigo. Sugiro que os seus idólatras lhe aconselhem a fazer selfies para com a sua venda angariar mais um dinheirinho. P.e. selfies ao pequeno almoço, selfies a correr, selfies a estrebuchar contra os jornalistas, etc e tal.

    ( Já agora, pode dizer nos autos que só agora conseguiu vender o imóvel – é a crise, tá tudo parado e o Passos Fedelho é que é o responsável. Etce e tal).

  7. Bem, há sempre a hipótese de os eufóricos terem sido comprados ou ter havido um mal – entendido na análise da calorosa receção. Se assim for, sempre se poderá pedir desculpa e depois fica tudo bem. Afinal, ainda faltam uns meses para a eleição e apesar de se viver novamente a época em que os animais falam, há alguns que não pensam e acham que é agora que devem analisar o …país.
    Percebem, o que quero dizer? Isto é assim a modos que arrumar o carro numa viela onde não cabem dois carros, mas conseguem passar três e arrumar quatro….tá beie?

  8. Obviamente se não estivesse preso estaria a trabalhar e poderia pagar as suas dívidas com os rendimentos do seu trabalho, sem necessitar de alienar património, tanto mais que o amigo não lhe tinha posto prazo fixo de devolução do dinheiro (ou teria ….que sabemos nós disso e o que é que essa bisbilhotice interessa ?).
    Ou venderia a casa na mesma por já estar farto dela (mais uma vez que sabemos nós e o que é que isso nos interessa ?).
    Só quem nunca pôs uma casa deste valor à venda é que acha que meia dúzia de meses é muito para vender uma casa.
    Mas deixa rolar.
    E ISTO VAI VOTAR! Isto também vota!

  9. Fodaçe ó valupi vai censurar comentários pá coreia do norte! És o PIDE dos IPs? Ainda um dia nos irás explicar porque tanto protejes estes labregos que aqui passam a vida a insultar toda a gente a torto e a direito.

  10. Eu prefiro votar no actual 1º ministro do que no Costa. Sejamos francos, Costa alguma vez será alternativa para alguém?
    E não acredito nas sondagens.

  11. Ao numbejonada e ao basico: francamente, não tem mais nada que fazer? não há bloques da vossa cor onde possam passar o dia?? que nojo! cada vez venho aqui menos só para não ter que levar convosco. Só podem mesmo ser pagos para andar por aqui a destilar ódio…tristeza…nem um comentário decente, nada…só mais do mesmo que nos é servido todas as manhãs pelo correio da manha: demagogia e mentiras….e pensam os senhores representar alguma coisa? algum tipo de pensamento?? porque para mim representam apenas a direita decadente e desonesta que nos governa…só são competentes mesmo é a mentir e a inventar…sugestão:porque não se dedicam um e outro a analisar as mentiras e trafulhices de passos, quem sabe mesmo o seu passado de violência domestica, as amizades com o ricciardi e com o relvas, o seu papel no bes, o duarte lima e o grande marco antonio costa, braço direito do pm e criatura asquerosa deste nosso portugal ?? penso que teriam pano para mangas e mais dentro da vossa onda…decadência e pobreza de espirito…claro que à bom cobarde, é sempre mais fácil bater nos que estão “no chão”…

  12. perdão minha senhora, que no chão está o escarro.
    E nesse, nem com a sola do sapato se toca, que suja, é uma porcaria.
    Eu cá basicamente não gosto de ver bater no ceguinho.
    Sou muito calmo, um sujeito pacífico. Um verdadeiro humanista.
    parágrafo único : com excepção do Inácio. Abaixo o Inácio, morte ao Inácio, abaixo o pascácio.

  13. não concordo que Pedro nos tenha salvo da mantarrota.
    Ela aconteceu e foi visivel e patente e verificavel, pelo menos na carteira de alguns.
    Uma bancarrota selectiva e parcial.
    Mas depois, quem manda, pode.
    Pode pagar as próprias (dele) dívidas como quer e lhe apetece, que em nome da transparência tudo se sabe, e por via do sigilo, nada se diz.
    Portanto ficamos todos devida e perfeitamente esclarecidos.
    Tudo às clarinhas : tanto de contribuições, tanto de jurinhos.
    Mas alguém ficou com dúvidas ???
    No tocante à recuperação económica, é o que se vê. Já está a arrancar a segunda fase da crise da restauração, e, no micro universo que enxergo, mais quatro lojas na rua encerraram as portas.
    O macro, esse, de tão grande, que é, só as estatísticas lhe põem o olho em cima.
    E estas, como é sabido, não mentem. Nunca.
    Podem não traduzir com exactidão a verdadeira realidade mas que mais não é esta que o reflexo da inexacta percepção.

  14. Cara Isabel (peço perdão por lhe responder assim directamente, mas desconheço outra forma..), acho estranho falar de Numbejonada e Basico, quando o problema esta no Ignoratz que para além de ter uma escrita … ordinária ofende quem por cá passa. (e com cada vez mais nomes… ).
    Quanto ás ideias, incomoda-lhe quem pense diferente do aqui corrente? Pois quanto a mim venho a este blog de cor diferente da minha, e gosto da pluralidade de ideias.

  15. verdadeira anónima, obrigado por ter constatado facto de eu tornar isto um pouco mais difícil para si e restantes pulhas que mencionou. fico satisfeito que se sinta ofendida porque é isso que pretendo e não gosto que a clientela se sinta desfraldada, malgré l’été, como dizeria o pimpampolho em hermeneútica clássic-ò-desportiva.

  16. A Dona Isabel vem de onde? Eu numalembro de bocê! De qualquer modo, obrigadinhos por me ter mencionado. taméie me Lê, é? é.
    A Dona Isabele deve ser mais um dos ignaralhos, que se inventou agora com esse niqueneime, pra bir aqui criticar. Bocê debe ser sópeira, tá beie? Debe ser daquelas que tem um marido que fuma e escarra da baranda para baicho, enquanto bocê laba a loiça e lhe laba as meias. E debe tar habituada aos palabrões do gajo, por isso é que acha que o palabrão é normal. Mas o básico foi expulso, porque fala nele? hã?

    E já agora, ó sua jasmerdim da treta, num confunda preposição com o verbo, tá beie? Inbejóza.

  17. Senhor Castro Nunes, por amor de Deus, compô-nha-se homem !
    Não deia para esse peditório !
    Mas não vê ?
    O cegueta é o outro ?
    Parece que é também vossemecê .
    Que coisa .
    Cegueta, que dantes era um termo certo e exacto para indicar determinado colaborador, agora transformou-se, por sua infeliz iniciativa, em coisa vaga e indistinta, que serve para insultar qualquer um .
    Mas vossemecê não enxerga ?
    Então só pode ser … Cegueta .

  18. Vicente qualquer coiso.
    Outro a falar por charadas.
    Então o senhor, mesmo sendo anónimo, tem que falar por charadas?
    Já reparou em que eu nem estava aqui?
    O senhor vicente qualquer coiso será o senhor Valupi?
    Traduza lá isso por miúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.