Os caminhos do Bernardino

É um conjunto de ministros que confirma a intenção deste ser um Governo apostado em aplicar uma política muito à direita, de submissão ao que está a tentar ser imposto pelo FMI e pela União Europeia, e que vai continuar a aumentar as desigualdades sociais, a impor uma recessão económica e o aumento do desemprego, abdicando de instrumentos fundamentais para o desenvolvimento do nosso país. E isso é um caminho muito negativo.

Bernardino Soares

__

Bernardino elenca as razões pelas quais o PCP se aliou aos partidos que pretendiam substituir um Governo socialista por outro apostado em aplicar uma política muito à direita. Para os comunistas portugueses todos os caminhos vão dar à defesa dos trabalhadores – e aqueles percorridos de braço dado com a direita, que fingem detestar, são os caminhos preferidos.

Marx não saberia o que dizer perante este paradoxo na luta de classes, mas Freud explica.

23 thoughts on “Os caminhos do Bernardino”

  1. Não sei se Freud dá para explicar esta coisa.
    Os comunistas, nos tempos que correm, são mais motivados pela preservação do tacho e ou sobrevivência do “grupo” do que pela satisfação prazerosa. Há muito que a “tesão” se foi e acomodaram-se à sua irremediável perda.
    Os “bernardinos” lutam mesmo pela sobrevivência e nâo olham a meios. Agora vão começar a fingir que a coisa doi, quando há muido tempo nem precisam de usar vaselina quando a direita os come até ao tutano.

  2. Freud faria assim: mandava-os deitarem-se num divã colectivo, num espaço igual, ao milimetro medido, para cada um, e depois começaria a testar as frustrações de cada um à luz do código do trabalho. concluiria, por fim, que afinal o comunismo se manifesta no inconsciente de cada um deles apenas porque baniram a masturbação em detrimento das orgias. a sugestão de melhoria passaria por um retiro masturbatório, e isolado, para reposição da consciência.:-)

  3. o Bernardino é animador cultural de profissão.Que vá animar o raio que o parta,a mim é que não me anima nada.

  4. A capela dos adoradores sócretinos no seu melhor.
    Políticos aqui?
    Só tachistas do piorio.
    A grande maioria nem militantes do PS são.
    Porque não fundam o partido sócretista.
    Esta gente é o que?
    Esquerda, direita?
    Tenham vergonha, vão para o desemprego e com muita fome porque é isso que sempre defenderam para os outros.

  5. Que é que esperam? Aquilo não é sequer um partido político. Alí já não mora sequer uma ideologia. Aquilo é uma igreja que tem um catecismo requentado e quase putrefacto. Pior é uma seita, daquelas que por tão irracionais se tornam caricatas, obtusas, primárias. Que é que se pode esperar. Infelizmente ainda há portugueses de mais a acreditar naquela religião.

  6. Ó Ratazana

    puseram-te veneno no isco, mesmo assim mordeste e comeste e, como ainda resistes, vens para aqui estrebuchar.
    Nâo sou PS nem isto é um blog PS. O que te lixa é haver gajos sem partido que viram quatro anos de excelente governação socrática. Bons e corajosos ministros na economia, na saúde, na educaçô e na segurança social. Por exemplo, porque podia ir muito mais além. Foi esta realidade da excelencia governativa de quatro socraticos anos que fez todas as ratazanas invejosas sair da toca, mal vislumbraram as nuvens da crise internacional. Esta vai ser a História, menino ratazana, e vocês sofrem, por antecipaçâo, o veredito inelutável.
    Toma lá que é socrático!

  7. O Estado Social já foi desmantelado pelo PS nestes 6 anos. Agora, o único que temos é o Estado Xuxial para os boys, uma dívida pública de 170 mil milhões de euros, e a crescer todos os dias, uma conta de 125 mil milhões para pagar ao FMI em 6 anos, 60 mil milhões de PPPs cuja conta ainda vai aparecer, 10 mil milhões de renegociação das SCUTs, e os esqueletos que ainda andam por aí escondidos. Se fosse a si, Sr. Mario Fanático, nem abria a boca. Evitava fazer figuras tristes.

  8. Interessante …tão depressa não nos vamos ver livres das desgraças anteriores e já há quem diga mal de um governo que ainda nem foi empossado…! – Já era um grande azar se fosse mais incompetente do que o governo do Sócrates…!! – É mesmo o espírito portugesinho…começar a dizer mal mesmo antes de ver resultados…!!!

  9. ó da incompetência! que resultados esperas tu da loira na justiça e do relvax em mediador do parlamento, só se for abafanço da roubalheira e venda de condomínio fechado. espera só pelos que vão mandar, que os anunciados são marketung.

  10. O Estado social foi desamantelado? Engoliste a cassete, ou melhor, parece que engoliste duas: a do PCP com o tal desmantelamento e a da direita com esses numeros que foste buscar ao Medina Carreira. Já alguma vez pensaste que governar não é só baixar o défice? Mesmo assim, o governo socratico baixou o défice a um nivel como nunca a democarcia tinha conseguido, 2,9, até ao “abalozinho” da crise internacional. Afinal, ó ratazana camuflada, as contas públicas de praticamente todos os países europeus se afundaram por causa dos socráticos? E os EUA estão com a corda na gargante por causa dos socráticos?
    Levanta os olhos do chão. Tanta miopia! Cegueira mesmo. Vais ver, ratazana, que daqui em diante a culpa vai ser toda da crise internacional. Oxalá que ela abrande e o governo possa dizer que está a governar bem e os portugueses sintam isso na carteira e na pele. Porque é nos portugueses que estou a pensar. E gostei da governaçâo socrática pelo muito que fez pelos portugueses. Até pelas contas publicas, antes do tsunami que veio de fora. Fez os estragos suficientes para as ratazanas sairem da toca e se porem a chiar como umas estéricas.

  11. A Herança Socialista –

    “E gostei da governaçâo socrática pelo muito que fez pelos portugueses”

    Ainda deves andar de caganeira de tanta satisfação, Mario estérico socrático … só visto.

    Àqueles que nos sucederem não deixamos dinheiro. Só dívida, impostos e os cortes mais violentos de que há memória.
    Deixamos mais de 2 milhões de pobres e 600.000 desempregados. Um em cada quatro jovens não tem emprego!
    Deixamos um País onde os mais novos não conseguem ficar. Há 40 anos que não se viam tantos obrigados a partir e a deixar a sua terra, casa, família e amigos.
    Deixamos um País envelhecido onde as crianças não nascem.
    Um País que não produz, não cresce e que se afunda num fosso longe da Europa. Sem indústria nem agricultura. Desordenado e abandonado, cada vez mais desigual.
    Deixamos uma despesa sem controlo que devora todo o vosso esforço de trabalho. Que exige mais e mais e mais impostos.
    Em cinco anos aumentámos a dívida externa para o nível mais alto dos últimos 160 anos. Cada português, homem, mulher ou criança herda uma dívida do Estado de 15.000 Euros.
    Esbanjámos o vosso dinheiro, vendemos a vossa independência.
    Com mais tempo, podemos fazer mais.
    Não temos desculpa. Nem remorsos. Nem vergonha. E saímos de coração cheio e consciência tranquila.
    Esta é a herança que vos deixamos.

  12. Ó rata onde é que é o país em que nascem crianças?
    Já te disse para não vires aqui sem tomar os comprimidos.

  13. Bernardino Soares é pastor de uma seita. Os seus apoiantes acreditam em dogmas políticos, pelo que nada disto pode ser entendido à luz da racionalidade.

  14. JRCC e tú?
    Fazes parte da seita que o pastor Val, por aqui vai apascentando.
    Felizmente sem dogmas, muito menos políticos, mais místicos.

  15. Ó rata deves ser tão democrata como o 5Dias a prégar a democracia verdadeira.
    Os outros é que são fachos, e amordaçam a liberdade, mas lá no blog se fores do contra não te públicam os comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.