O presidente de todos os aldrabões

O Presidente da República apelou hoje a uma campanha eleitoral de “verdade e de rigor”, sublinhando que não é tempo de “vender ilusões ou falsas utopias”, porque prometer o impossível ou esconder o inadiável é enganar os portugueses.

“A campanha eleitoral deve ser uma campanha de verdade e de rigor. Ninguém deve prometer aquilo que não poderá ser cumprido. Este não é o tempo de vender ilusões ou falsas utopias”, afirmou o chefe de Estado, numa declaração ao país, onde anunciou a realização de eleições legislativas antecipadas para 05 de junho.

Considerando que “prometer o impossível ou esconder o inadiável” seria “tentar enganar os portugueses e explorar o seu descontentamento”, Cavaco Silva sublinhou, contudo, que confia na “maturidade cívica” do povo.

Fonte

2 thoughts on “O presidente de todos os aldrabões”

  1. Pois… sabemos bem que a memória nunca foi o seu forte.

    E, claro que acha que se está a fazer o que deve ser feito e o facto do psd ter passado a campanha das últimas legislativas a mentir aos eleitores não lhe interessa nada. É mais um dos seus contributos para a dignificação da política, actividade que ele, aliás, está manifestamente farto de considerar deplorável.

    Ele até pode confiar na “maturidade cívica” dos portugueses, o inverso é que é falso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.