O Presidente da República como chefe de facção

Como o nosso amigo F Soares aqui assinala, Marcelo excluiu da representação presidencial todos aqueles que abominam, detestam, não gramam ou meramente antipatizam com Passos Coelho: Foi assim:

«"Eu falei para dizer o seguinte, o país deve-lhe, porque deve mesmo, aquilo que fez durante a crise da troika e que é um ativo politico para o futuro. Tenho dito isto a muita gente, é a minha opinião como Presidente da República portuguesa, dizer em voz alta o que muitos portugueses pensam", afirmou hoje Marcelo Rebelo de Sousa, em Vila Nova de Gaia, Porto, à margem de um encontro de magistrados. "Em relação ao doutor Passos Coelho, como em relação a muitas outras pessoas da vida portuguesa, falei como Presidente da República, não falei como Marcelo Rebelo de Sousa", insistiu.»

O episódio não pode ser catalogado como uma marcelice típica, ou a continuação da diversão para escapar à vergonha da sua postura perante os abusos sexuais na Igreja Católica, ou como alguma jogada estratégica de longo alcance por causa de putativos candidatos presidenciais. Nada disso. Desta vez o homem voltou ao assunto porque Passos resolveu achincalhá-lo em público, coisa em que o Expresso alinhou. Vai daí, sentiu a necessidade de se defender, e para o fazer voltou a abusar do cargo que ocupa.

Desde quando é que um Presidente da República tem de “dizer em voz alta o que muitos portugueses pensam”? Que caralho de sofisma inane é este? Mas vamos admitir que sim. Então, como é que Marcelo fez o cálculo das opiniões dos portugueses acerca de Passos? Não fez, óbvio, mas se fizesse qual seria o resultado previsível? Diz o bom senso, ou o mero senso comum, que apenas uma mínima minoria subscreve o panegírico cuja primeira versão até deu para o delírio de convocar Merkel. E diz a História que, não fosse por exclusiva responsabilidade de Passos, a “crise da troika” teria sido evitada, que milhões de portugueses teriam sido poupados a esse período de destruição económica e de punição social com a aprovação no Parlamento do acordo feito em 2011 com a mesma Merkel agora usada para vender banha da cobra.

Este número inacreditável vai ser abafado por toda a gente. Porque o que revela, e estabelece, é a violação do juramento solene do Presidente da República Portuguesa.

27 thoughts on “O Presidente da República como chefe de facção”

  1. por acaso, um destes dias, eu senti alguma coisa a rabiar na minha cabeça. pensei, ao momento, que pudesse ser um caterpílar a escavar-me e a tentar eliminar jardins, rios e mares, queria ir ao fundo que é igual à superfície, não conseguiu, abortou, acabou-se o ruído e a pressão, aquilo deixou de rabiar. afinal era o Marcelo. !ai! que riso

  2. o mais chato é andarem sempre à volta com os mesmos. não se percebe.
    e o marcelo , se pensa que como presidente pode mandar bitaites sobre governantes , está muito enganado: poderá faze-lo quando sair do cargo e voltar a ser comentadeiro. até lá , pudor. é mesmo feio promover candidatos enquanto presidente.

  3. Depois de há dias contemplares os teus inúmeros admiradores e detractores deste abençoado cu da Internet (toi-même dixit), tão ilustres uns como outros (excepto a merda que também por aqui anda… ou rasteja), mas, dizia eu, depois de há dias contemplares os teus inúmeros admiradores e detractores com um inesperado ressabianço em relação à minha querida Estátua de Sal, verifico, comovido, que continuas a ir lá beber, como se percebe aqui:

    “Este episódio não pode ser catalogado como uma marcelice típica, ou a continuação da diversão para escapar à vergonha da sua postura perante os abusos sexuais na Igreja Católica”

    Nunca digas “deste cálice não beberei”, porque é doce e vitaminado o néctar proibido, como qualquer néctar “putinista”:

    https://estatuadesal.com/2022/10/15/volta-passos-que-estas-perdoado/

  4. Como poderemos nós prever a aproximação do fim do mundo, caros amigos, camaradas, companheiros, palhaços? É fácil. Saberemos que o apocalipse está próximo no dia em que o beijoqueiro-mor não arrotar uma posta de pescada qualquer. Se esse dia um dia ou uma noite chegar, caros amigos, camaradas, companheiros, palhaços, bem podeis despedir-vos de família, amigos, cães, gatos, cágados, periquitos e canários, porque está para breve o peido final do planeta e arredores.

    Joaquim Camachodamus (assinatura reconhecida)

  5. Joaquim Camacho, só mesmo uma cabeça como a sua para sugerir um pastiche. olhe que a diversão do Marcelo é um original pelos piores motivos e deixe-se de propaganda rasca a um blogue putinista e, por isso, reles.

  6. Joaquim Camacho

    Já se deu conta que as altas patentes militares da Federação Russa (e até o seu MNE) estão a contrariar os seus desejos (ou serão ambições?) ao entabularem conversações com os seu homólogos dos EUA?

  7. Da ocidental praia lusitana… e do ocidental encobrimento da vassalagem eurocrática (ou eurocriadagem, se preferirem):

    https://aviagemdosargonautas.net/2022/10/18/a-guerra-na-ucrania-suecia-rejeita-investigacao-conjunta-as-fugas-nos-gasodutos-nord-stream-por-abrilabril/ (Suécia rejeita investigação conjunta às fugas nos gasodutos Nord Stream. Por AbrilAbril, 18-10-22)

    https://www.berliner-zeitung.de/politik-gesellschaft/exklusiv-nord-stream-explosionen-ostsee-linke-politikerin-sahra-wagenknecht-bundesregierung-verweigert-informationen-zu-pipeline-anschlaegen-li.277250

    Os pecados do soberano são os pecados do soberano, caraças, e tudo isto não passará, porventura, de uma inofensiva variante do “Direito de Pernada”, nada de mais. Bora chamar-lhe “Direito de Canalização Rebentada”? Pois é, criadagem fina é outra coisa! Oh yeah!

    Sobre o ‘Direito de Pernada’:

    https://nationalgeographic.pt/historia/grandes-reportagens/2956-o-direito-de-pernada-lenda-negra-do-feudalismo

  8. o corno negro e o cãozinho amestrado que o acompanha passarm de se queixar profusamente dos comentários dos “putinistas de extrema direita” para instigar mais comentários com perguntas aos “puinistas de extrema direita”.
    se isso não deixa bem claro a pieguice e a falta de seriedade das suas queixas anteriores…

  9. Os “desejos” (traduza-se por “narrativa”) da canzoada e da passarada e a realidade:

    UK ‘ready to assist’ in resolving Ukraine conflict – defense secretary”
    “According to the Russian Defense Ministry, Shoigu warned Wallace of a potential false-flag attack by Ukraine that could involve a “dirty bomb.” A so-called dirty bomb uses a conventional explosive combined with radioactive material. While it could not rival a nuclear warhead in terms of power, such a device could cause radioactive contamination within several kilometers of the explosion. (…) Earlier on Sunday, Shoigu expressed similar concerns in a phone call with the French defense chief, Sebastien Lecornu. A Sunday report by RIA news agency also claimed that Ukrainian President Vladimir Zelensky’s administration was reportedly holding behind-the-scenes talks with British officials in a bid to secure the transfer of nuclear arms components to Kiev.”

    Aqui:
    https://swentr.site/news/565202-uk-assist-conflict-ukraine-resolution/

    E aqui:
    https://twitter.com/DmytroKuleba/status/1584201364259115008?s=20&t=2b-JMl2Z61f5kFgrxcD5kw

    “Russia warns France about Ukrainian ‘dirty bomb’ risk”
    “Earlier on Sunday, RIA Novosti cited “sources in different countries including Ukraine” as saying that Kiev is preparing to detonate “a dirty bomb or a low-yield nuclear weapon” on its own territory. According to the Russian news agency, the goal would be to accuse Moscow of using weapons of mass destruction in a ploy to “launch a powerful anti-Russia campaign”. The report claimed that two Ukrainian institutions have already been tasked with manufacturing a “dirty bomb,” with the work now at “the final stages.” Meanwhile, Ukrainian President Vladimir Zelensky’s administration is reportedly engaged in behind-the-scenes talks with British officials in a bid to secure the transfer of nuclear arms components to Kiev.”

    Aqui:
    https://swentr.site/news/565190-moscow-france-dirty-bomb-warning/

  10. Fala o herói:

    “Ukrainian President Volodimir Zelensky has denied Moscow’s allegations that Kiev was preparing a false-flag attack with the use of a “dirty bomb,” and has pointed the finger at Russia instead. Zelensky was commenting on what he called “a phone carousel” by the Russian Defense Minister: on Sunday, Sergey Shoigu shared with his French, Turkish and British colleagues his concern over “possible provocations by Ukraine using a ‘dirty bomb.’” Russian state news agency RIA Novosti earlier reported that the goal of such a provocation would be to accuse Moscow of using weapons of mass destruction in a ploy to “launch a powerful anti-Russia campaign”. In a video address on social media, Zelensky claimed that “wherever Russia has brought death and degradation,” Ukraine is “returning a normal life.” “And there’s only one subject who can use nuclear weapons in our part of Europe, and this subject is the one who ordered comrade Shoigu to call somewhere,” the Ukrainian leader said.”

    “Comrade Shoigu”, diz ele. Rabo escondido com o gato todinho de fora, digo eu. Vê lá não faças como os de Monchique, tapam a cabeça e o cu que se trompique!

    Aqui:
    https://swentr.site/russia/565204-kiev-denies-dirty-bomb/

  11. Aposto (mais uma vez) o colhão esquerdo e metade do direito em como, se este filho da puta for parar à pildra, como merece, ou se alguém lhe partir a tromba, como merece ainda mais, o democrático Ocidente (Oxidente?), num fósforo, promove-o a “dissidente”, “herói antiputinista” ou coisa que o valha, como acontece a qualquer russo que vá parar ao chilindró.

    https://swentr.site/news/565236-rt-host-krasovsky-investigated/

  12. Joaquim Camacho

    “The head of Russia’s Investigative Committee (RIC), Alexander Bastrykin, has ordered an investigation into recent statements made by suspended RT host Anton Krasovsky, who suggested drowning and burning Ukrainian children…..”

    Fumaça e poeira para os olhos do “Oxidente” democrático.
    O botas e a PIDE por cá também faziam isto. Quando a coisa era demasiado escandalosa, os do regime, que abusavam na defesa do mesmo, também iam dentro. Há sempre um bode expiatório preparado para o sacrifício.

  13. Um idiota é um idiota é um idiota.
    Um idiota faccioso é um idiota faccioso é um idiota faccioso.
    Um idiota sectário é um idiota sectário é um idiota sectário.
    Um idiota cegueta é um idiota cegueta é um idiota cegueta.
    Um borrego é um borrego é um borrego.
    Q.E.D.

  14. Teste rectal e cachucho (les chiens de garde dressé) os pides pop (FSB e SVR) com o “olho bem aberto”…

    Os seguidores do imbecil são tão ou mais imbecis que ele, no sentido da burrice e da falta de cultura, por isso, um labrego pesporrente será sempre um labrego pesporrente!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *