Mastigações

Líder do PSD diz que “não vai perder mais tempo” a responsabilizar Sócrates pela actual situação.

Falando depois a militantes e apoiantes num almoço em Amares (distrito de Braga), ensaiou aquilo que apresentou como um novo discurso para a recta final da campanha. “Não vou perder mais tempo a chamar a atenção para as responsabilidades que o Governo tem nesta situação. Agora o que nós precisamos é de dar uma nova esperança ao país.”

Almoço

No comício, Pedro Passos Coelho dramatizou o resultado das eleições de 5 de Junho e advertiu que, “se tudo continuar como está” e o PS de José Sócrates continuar a Governar, Portugal pode seguir o exemplo da Grécia no prazo de seis meses.

“Se continuarmos como estamos hoje, em meio ano estaremos como a Grécia que está hoje”, afirmou o líder do PSD no jantar em que deixou vários elogios à sua ex-adversária na corrida à liderança.

Jantar

2 thoughts on “Mastigações”

  1. Falando de contradições, que tal um postezinho sobre a posição de JSócrates sobre a TSU. Tem as maiores dúvidas, ou avança mais cedo do que estava previsto na primeira versão do Memorando. E uma descida significativa são quê? Para aí 0,1, não? Pantomineiros.

  2. Olhem o medo com que ele anda! Cagaço, cu apertado! E para disfarçar vai apontando o dedo a Socrates, acusando de estara semear o medo!
    Menino de coro! aldrabão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.