Judite entrevista uma vítima de Sócrates

Sumário executivo da entrevista de Judite de Sousa a Teixeira dos Santos:

J – Se Sócrates tivesse pedido o resgate uma semana ou até um dia mais cedo, Portugal não estaria agora muito melhor?

T – Bom, não creio que…

J – Então, e umas horas mais cedo? É que o pedido só foi feito às 20.30 de quarta-feira! O que é que Sócrates andou a fazer o dia todo?

T – Bom, não…

J – Desculpe, temos pouco tempo e eu quero mesmo é saber o seguinte: o que disse a José Sócrates quando descobriu que ele era o responsável pela peste bubónica e pela Gripe Espanhola?

T – Bom.

12 thoughts on “Judite entrevista uma vítima de Sócrates”

  1. o problema da judite de sousa, foi não ter tido pai presente e decente! agora para compensar …tem como segundo marido, o maior tótó da nossa praça! não podemos fazer nada por ela!

  2. Aos poucos, a verdadeira história vem ao de cima e, com ela, a dimensão do descalabro da classe jornalistica, que era suposto ser um factor da denuncia da mentira e defensor da verdade dos factos. Judite de Sousa é o exemplar acabado da trafulhice jornalistica a que chegamos.

  3. Foi quase dramático ver o esforço de Judite de Sousa para levar Teixeira dos Santos a culpabilizar Sócrates pelo descalabro da economia! Esperava-se mais de uma jornalista experiente como ela, mas é o risco que se corre quando se quer fazer o frete ao partido.

  4. VIVEMOS NUM PAÍS E NUM TEMPO DE JUDITES E AFINS.A JAVARDICE COMPORTAMENTAL ANDA Á SOLTA.A INCOMPETÊNCIA COMANDA E MANDA.O JARDINEIRO DORME À SOMBRA QUE O VERÃO VAI QUENTE.PARTAMOS SERAFINS,VILIPENDIADA GENTE!!!

    À MUITOS ANOS,UM HOMEM GRANDE DAS LETRAS PORTUGUESAS,ESCREVEU:”Há Mar E Mar,Há Ir E Voltar”.

  5. Pela peste bubónica ou pela Gripe Espanhola não sei, mas pelo mau tempo que se tem feito sentir na economia é quase de certeza, felizmente o Gaspar já conseguiu pôr o termómetro nos 40º. Espero que agora a Cristas não comece a rezar para pedir chuva senão a virgem Maria não consegue enviar um sinal ao outro quando for a oitava avaliação.

  6. Foi de facto tocante e até comovedor presenciar o denodado esforço da Judite para não falhar uma só das recomendações do partido nesta entrevista.Uma vez mais,o “jornaleirismo”abjecto e politicamente engajado no seu melhor!

  7. Sim foi de facto uma “tristeza” o esforço feito pela Judite para acusar socrates….
    Estes entrvistadores tem tanta falde de nivel, isenção…de tanta coisa para ser um bom profissional!
    Deu com um Senhor, alem de professor, Temos pena, para ela, claro

  8. Carlos Sousa,

    resumes muito bem- a chuva, a reza e a ajuda da senhora de fátima – em que outro país do mundo mais ou menos civilizado um governo e um presidente utilizariam desculpas, “soluções” ou justificações deste género? E dizem ser os recuperadores da credibilidade do país no estrangeiro. Pois, credibilidade como anedotário internacional.

  9. O Inácio Ramonet chamou-lhe “A Tirania da Comunicação”! No nosso caso e neste em particular, eu chamar-lhe-ia “a anedota da comunicação”. É que a dona judite, mais uma vez revelou, que até para “tirana” lhe falta pedalada!

  10. esta vaquinha faz parte daquela comunicação social que julga que governa que condena e quemse atrever a enfrentá-los tá feito ao bife mas são mais responsáveis pelo estado deste país que Sócrates no fundo são gente que não presta e enquanto os portugueses não se livrarem deles não sairemos do buraco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.