7 thoughts on “José do Carmo Francisco blogger”

  1. parece uma missa do sétimo dia com a presença do presunto. nem um ramito de salsa da bécula, tristeza franciscana.

  2. Cretinatz, também conhecido por parvalhatz, o coliforme hiperactivo, tem vários hobbies:

    Hobby 1 – Ir para a porta dos lares da terceira idade e seguir os velhotes e velhotas quando saem à rua. De cada vez que um deles escorrega e cai, o que acontece com relativa frequência, o parvalhatz vai a correr para trás de uma moita e bate uma punheta. Se o velhote ou velhota parte o colo do fémur, o coliforme bate duas punhetas e bebe uma garrafa de água para evitar a desidratação.

    Hobby 2 – Rondar os pátios de recreio de infantários e escolas do ensino básico e abordar sub-repticiamente os putos mais gordos, a quem oferece 50 cêntimos para baterem nos mais magrinhos. Quando é bem-sucedido, vai a correr para trás de uma moita e bate uma punheta. Se um dos putos gordos se irrita com a proposta, sai do pátio de recreio e lhe dá dois estaladões no focinho, o parvalhatz corre na mesma para trás da moita, bate duas punhetas e bebe uma garrafa de água para evitar a desidratação.

    Hobby 3 – Esconder-se durante a noite nos viadutos das auto-estradas e atirar pedras aos carros que passam em baixo. De cada vez que acerta, vai a correr para trás de uma moita e bate uma punheta. Se o carro atingido se despista e do acidente resultam feridos graves ou mortos, o cretinatz bate duas punhetas e bebe uma garrafa de água para evitar a desidratação.

    Hobby 4 – Peidar-se nas caixas de comentários do Aspirina B. A cada dez peidos, o parvalhatz vai a correr para a casa de banho e bate uma punheta atrás de uma moita que instalou num vaso ao lado da cagadeira. Se alguém lhe dá conversa na caixa de comentários, bate duas punhetas atrás da moita e bebe uma garrafa de água para evitar a desidratação. Senhor de uma imaginação equivalente (Lusófona dixit) à da cagadeira onde passa a maior parte do tempo a alimentar-se, o cretinatz instalou um engenhoso dispositivo com uma guita atada às caixas de comentários. De cada vez que pinga um comento, a guita acciona uma bateria ligada aos seus (dele, parvalhatz) patéticos entrefolhos, provocando-lhe um choque eléctrico que o faz correr imediatamente à moita da cagadeira, onde bate mais duas punhetas e bebe uma garrafa de água para evitar a desidratação.

    Fontes:
    National Geographic Channel, Sheets Division
    “O Cretino Passeia por Aspirina B, a Magnífica, o Seu Fedor”, edição do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.