5 thoughts on “Gapingvoidmania”

  1. Valupi,
    Sempre o desenho esperto.

    Abraço,
    Nuno

    Continuas a dever um jantar: baldanços, com menos de uma hora de aviso, não prescrevem.

  2. Camarada Nuno, terei supino prazer, e não menor honra, se esse jantar acontecer.

    Mas sempre te confidencio, aqui só entre nós, que o meu baldanço levou a uma inesquecível e deliciosa viagem a Évora. “Deus escreve direito por linhas tortas”, permite-me este aceno teocrático sem proselitismo.

    Fernando, temos mais é que ser demoníacos; mas em versão grega, if you catch my etymology.

    Cara Luísa, pela poesia é que vamos! Mesmo que não se saiba para onde (ou até por isso), será bela e nossa a jornada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.