Gaia Ciência

Luís Filipe Menezes fez um ataque violento ao anterior governo, pelo “descalabro” da governação socialista. O antigo líder do PSD quis mesmo atingir José Sócrates, um dos nomes que ainda não tinha sido proferido no congresso laranja.

Menezes fez um paralelo entre o percurso de vários políticos para dar uma estocada no antecessor de Pedro Passos Coelho: “O primeiro-ministro Cavaco Silva hoje é Presidente da República; António Guterres, que falhou, é presidente de uma instituição das Nações Unidas, Durão Barroso cumpriu o seu dever é presidente da Comissão Europeia; o engº Sócrates é aluno estudante em Paris…” E acrescentou: “Pelo menos em Sorbone não se fazem exames ao domingo”…

Fonte

__

A governação socialista foi um descalabro, Menezes tem 300% de razão, em especial a partir daquela altura em que Sócrates levou o Lehman Brothers à falência e deu ordens a Teixeira dos Santos para rebentar com a AIG na primeira oportunidade, coisa que o ex-futuro administrador não executivo da PT fez em poucos dias. O resto é História, e a Grécia que o diga que está cheia dela, tendo esta dupla continuado a afundar a economia mundial e a Eurolândia até Junho de 2011, quando finalmente foram corridos pela gente séria.

Menezes atinge os 1000% de razão quando compara o percurso de alguns líderes políticos com o de Sócrates. E até podia ter ido um bocadinho mais longe. Por exemplo, Cavaco não se limita a ser o Presidente da República, é também o patrono da “Inventona das Escutas”, entre outras habilidades nunca antes vistas em Belém. Por exemplo, Durão Barroso não se limita a ser o presidente da Comissão Europeia, é também aquele tipo que disse consistir a sua maior ambição na vida chegar a primeiro-ministro, e que depois de lá se apanhar fez algo que igualmente nunca tínhamos visto em S. Bento: fugiu a meio do mandato para ir ganhar mais e deixou o seu partido e o País entregue ao Santana Lopes. Por exemplo, Santana, que Menezes não referiu apenas por falta de tempo, não se limita a ser uma figura que liderou o PSD e o Governo, é também aquele político que alimentou um boato acerca da suposta homossexualidade do seu maior adversário eleitoral, algo que, novamente, marca uma estreia no panorama político nacional e que mais do que justifica o prémio de usar a Santa Casa da Misericórdia para andar por aí a ser misericordioso. Por exemplo, Marques Mendes, que Menezes igualmente teve de omitir por falta de tempo, não se limitou a ser um zeloso operacional do Cavaquistão, é também na actualidade um dos mais fervorosos adeptos das escutas ilegais a políticos seleccionados e sua divulgação em pasquins do laranjal. Por exemplo, Menezes foi de uma modéstia exemplar ao não se incluir neste comparativo, pois ao contar 9 meses como presidente do PSD estaremos perante o recorde da liderança partidária mais curta em Portugal, um feito que poderá ser inscrito no Guiness Book sem espinhas.

Que fez Sócrates quando o impediram de conseguir destruir o Universo inteiro? Foi estudar. Isto é algo que leva um gajo do PSD a mijar-se a rir. Pois cabe lá na cabeça de alguém ir estudar aos 50 anos e depois de ter passado tanto tempo na mama do poder, a falar com este, beber copos com aquele, almoçar com a outra, jantar com os bacanos e tal e coiso e coiso e tal? É surreal. O que Sócrates deveria ter feito, e os direitolas estavam mortinhos para que isso acontecesse, era ter ido para um daqueles empregos em que se anda muito de avião entre hotéis de luxo. Esse é o ideal máximo para qualquer social-democrata que não queira passar por totó junto dos seus amigos. Obviamente, se Sócrates tivesse aceitado algum convite para uma coisa dessas, passaria imediatamente a traidor da Pátria e a gente séria não mais se calaria na denúncia desse criminoso que tinha usado o Governo só para se promover. Assim, como voltou à escola, e pese o choque e a desorientação inicial, a elite do PSD usa o Correio da Manhã e o Expresso para o espiarem e devassarem, sempre alimentando a esperança de que venha a ser preso por gastar dinheiro em Paris.

Ver Menezes a tentar achincalhar, para gáudio de centenas de companheiros de partido reunidos em assembleia, uma pessoa livre que escolhe ser aluno entre alunos tendo tantos outros caminhos à sua disposição depois de um percurso político que a prestigiou internacionalmente é como ver o Sol a nascer e os rios a correrem da nascente para a foz. É constatar que a natureza tem muita força. E que nunca se engana nem nos engana.

17 thoughts on “Gaia Ciência”

  1. até agora ainda ninguém confirmou junto do t. santos o interesse em aceitar o lugar na pt ou a suposta intenção do gaspar de o nomear, portanto nada me garante que não seja mais uma manobra não oficial do governo do governo diz-que-não-disse para distrair atenções ou criar condições para resolver um problema interno chamado nogueira leite que não está contente com o ordenado da cgd para um lugar que não se percebe se já assumiu e quanto à magnalena menezes puta que a pariu, só gosto dela quando chora.

  2. Uma palhaçada mas eles não dão para mais – só por acaso não disse quem acabou com as pescas e a agricultura, só por acaso não disse quem engordou o monstro com tantos inspectores no Ministério da Agricultura que não havia secretárias para todos… Safa!

  3. Não deixa de ser estranho que no meio de tanta calúnia o visado, o cidadão José Sócrates, não arregace as mangas e comece a distribuir processos, até podia ser no tribunal de Aveiro. Já sei que os que iriam julgar os ditos processos, iriam fazer tudo para que não houvesse um julgamento justo. Também sei que no passado algumas tentativas de recorrer aos tribunais não foram, digamos, muito favoráveis. Mas, porra, já a minha avó dizia: quem não se sente não é filho de boa gente. É uma luta titânica ? Pode perder ? Claro que sim. Mas não me parece que a estratégia de ignorar esta bosta diária seja a melhor, como não o foi no passado.

  4. Desta, os sulistas são o anterior governo, mas onde o homem esteve bem, foi naquela do presidente da comissão europeia. Branquear um gajo que se comportou como um pedreiro a quem ofereceram mais vinte paus para mudar de patrão, é de facto Luís Filipe ás Vezes.

  5. “… comece a distribuir processos…”
    pra quê? só se for para alimentar a pulhice que se retorse com dores de estar a falar sózinha. vão levando de vez em quando com um comunicadozito do proença e já estão com muita sorte, a minha avó dizia para não responder a provocações e não falar com filhos da puta.

  6. uma coisa é certa , Sócrates conseguiu destruir um blog inteirinho. no que o aspirinab se tornou , fonix , um cemitério com um padreca a celebrar constantes missas de corpo presente , uns acólitos (as) no coro para encher o vazio e umas carpideiras no choradinho. devia ser proibido fazer isto a um blog que era um espectáculo. vergonhoso.

  7. Não foram carpideiras nem acólitos, ó direitolo das 14:07. O que este blogue conseguiu foi atrair cães raivosos como tu que ainda não conseguiste ver como os cães dos teus chefes estão a enterrar esta merda toda. Com mentira atrás de mentira, como teu chefe que, quando queria enfiar as patorras no pote, dizia que Portugal não podia ter um PM mentiroso. Ai não, que não podia… Está a ver-se que afinal pode.

    Só é pena que a merda que eles fazem não te atinja só a ti.

  8. Cheira a medo, muito medo, esta tentativa de manter o fantasma de Socrates vivo.
    Vêm ai m**** da grossa e não vai ser bonito para os estarolas…

  9. O triste do médico falhado, que só sabe fazer obra endividando a Câmara de uma forma que irá dar brado quando outro presidente para lá vá – se não vamos esperar… é um falhado a nível do seu partido… e já deixou semente…
    O tempo encarregar-se-á de o desmascarar e corrigirá, estou certo, o ódio que nutrem pelo AUSENTE MAIS PRESENTE que se conhece!

  10. Para quê falar desses calhordas!
    Toda a gente os conhece. Esse fdp nem para dirigir o partido dele serviu e vem agora com mentiras, com merdas mal cheirosas como é o seu apanágio. Esse cabrão diz mal de tudo e de todos. Lembram-se quando num congresso do PPD ele entre dentes dizer o pior do Santana? Gente desta não merece ser ouvido e eu felizmente não ouvi uma única palavra dita nesse dito pseudo congresso. Vão roubar para outro lado grandes filhos da puta. Já estou como os palestinianos: isto só à bomba!

  11. Então meus senhores, um pouco mais de cuidado com os vossos comentários. Olhem que se o “às vezes” os lê, ainda se desfaz em choro.

  12. m.martins, 100% de acordo.

    “Ser dirigente de um partido, deputado, assessor, pressupõe estudo e trabalho de investigação permanentes, bases de dados com informação actualizada, preparação de documentos, acompanhamento da situação nacional e internacional, formação de equipas para resposta pronta e fundamentada às questões da actualidade…”

    O que significa que alguém não está a fazer o trabalho para o qual é pago e legitimado pelo voto ou existem traidores lá pelo meio, e isso não devia ser permitido. Há também quem não goste de trabalhar com traidores e esse seu acto de sabotagem não deixa também de ser legitimo, embora se arrisquem a despejar a criança junto com o banho.

  13. Fica, uma vez mais, feita a demonstração da validade de uma hipótese de que, de há muito, suspeitávamos: a degradação ética, conduz fatalmente à destruição acelerada, extensiva e irreversível de neurónios!

    Nota: a constatação supra aplica-se, não apenas a muitos dos oradores deste último congresso do PSD – autarcas, ministros, deputados, etc, – mas também a um ou outro comentador que, coitado, já fortemente afectado pela moléstia, se introduz, insolitamente no Aspirina B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.