2 thoughts on “Exactissimamente”

  1. Val

    Tens de dizer ao maduro que escreveu isto para ler os meus post. Escusas de mencionar os que eu escrevi ao Ignatz. Estou-me a referir aos outros. Talvez o rapaz aprenda alguma coisa e deixe de escrever baboseiras. Se o rapaz não compreende porque é que teve de haver austeridade, talvez lendo esta notícia, comece a perceber o porquê.

    http://www.jornaldenegocios.pt/economia/conjuntura/detalhe/portugal_com_saldo_externo_positivo_pela_primeira_vez_em_18_anos.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.