4 thoughts on “Exactissimamente”

  1. Apresento queixa: o tapete não voa. Comprei um ao armazenista Coelho,patrão do comissionista Rangel e, instado o tapete para voar este esforça-se por mais se enterrar. Coelhos,Rangedores e águias não convivem!

  2. tenho que reconhecer que é obra! pôr muitos milhares de portugueses a niveis só possiveis no antes de abril de 74, repito é efectivamente obra.não foi necessario tanques nem soldados armados.a senha para o golpe, não foi o” depois do adeus “mas as mentiras de passos coelho . como isso, só por si não chegava para o sucesso, recorreram ao braço armado designados por pcp e bloco, sempre disponiveis para lutar contra o ps .o pcp não propoe o dia do assalto ao poder pela direita porque tem vergonha. desde esse dia de 2011, andam felizes da vida.é nos tempos dificeis que se vêm quem saõ os defensores dos trabalhadores!.subiram nas autarquias e vaõ subir nas europeias e nas legislativas. se isto não é a consagraçao do “quanto pior melhor” então digam-me o que é!

  3. Tem toda a razão, nuno cm. Também eu estou estupefacto com a enorme facilidade com que se levou a cabo este autêntico golpe de estado. Mas, não menos perplexo com a geral apatia que isso produziu na generalidade dos portugueses. Agora se compreende como não terá sido assim tão dificil ao Salazar criar e impôr uma ditadura durante 40 anos. O Povo é o mesmo, e, possívelmente, os cúmplices também. Temos o que merecemos. Digo isto com uma imensa raiva; e eu até não me considero integrado no grupo dos que estão piores, longe disso, felizmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.