Da Galiza

Estou a seguir um bocadinho a campanha para as eleçoes portuguesas, vi algun debates, e conhezendo os candidatos e ajudado pelos vosos relatorios e opinioes na aspirina, procurando informação ao respeito. Uma coisa que eu destaco, comparando com Espanha e que em Portugal há mais debates, moitos mais, e variados, e que dentro da cultura democrática do pais o debater é normalidade. Em Espanha não é assim, a direita não gosta moito do debate, mas bem pouco, e só quando as coisas vão mal, arrisca no debate. Tambem os líderes portugueses semelham moito mais sereos e educados que os espanhois, realmente deijando as ideias aparte gosto de vê-los, e aproveito para dizer que o que mais me gosta debatindo e o Sócrates, acho que é um político moi presentavel. Será tambem porque é o que me fai mais facil a escoita do Porugués, notase que é do norte do país.

Na Galiza o dos debates para as eleçoes últimas ja foi vergonha, ja que o lider da direita negouse a debater contra os outros dous que se apresentabam, e ganhou. Não há moita costume , e antes de facê-lo, danlhe umas quantas voltinhas nos jornais, mas parece que foram a guerra que a falar.

__

Oferta do nosso amigo reis

3 thoughts on “Da Galiza”

  1. «Da Galiza», certamente, a visão de um simpatizante do BNG. Não sei se na Galiza, ou no resto de Espanha, existe realmente menos tradição de debate, o que sem dúvida sei é que em Portugal os «debates espectáculo» estão ao nível dos múltiplos «programas do coração» espanhóis…

  2. obrigado VAL pela pubicaçao da minha nota.
    Z: uma aperta, um abraço galego.
    SF: desculpe não coloque cartaz a minha opinião, não sou de nenhum grupo , pode o BNG concordar com a minha visão, nom sei, mas e a visão honesta dum observador da realidade e com boa fé. Você, não tem ideia, do que di, insulta e despreza os políticos portugueses quando está a dizer que ao nível dos programas do corção espanhois, acho que o senhor não tem visto moitos programas desa caste, senão não opinaria assim. não acredito que se poda fazer tal comparaçao. caro amigo sou um galego e que gosto de Portugal e quero saber o que se passa no pais que para min não é indiferente por moitas razoes.
    viva a crítica o debate e a liberdade de expresão sem ter que dar contas a inquisiçom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.