Calma aí, senhores juízes, quem decide dessas coisas é o órgão oficial do laranjal

Os três arguidos do caso Cova da Beira foram nesta sexta-feira absolvidos dos crimes de corrupção e branqueamento de capitais, no processo relacionado com a construção da central de compostagem daquela região do distrito de Castelo Branco.

O colectivo de juízes do Tribunal Criminal de Lisboa decidiu absolver o engenheiro António José Morais, a arquitecta Ana Simões e o empresário Horácio Carvalho, por considerar que não ficou provada a tese da acusação.

A juíza que leu a sentença, ao início da tarde, disse também que a central de compostagem “continua a funcionar bem” na actualidade e “resolveu o problema da região” ao nível do destino a dar aos resíduos.

Fonte

8 thoughts on “Calma aí, senhores juízes, quem decide dessas coisas é o órgão oficial do laranjal”

  1. quem decidiu foi a manela bocas nos tempos áureos da tvi. ela e a outra perua, ana leal, nas suas deambulações (cuja origem é sexual, sem dúvida) sobre o socras.

  2. Um a um vão caindo, nem que seja por amadurecimento.

    Este é apenas mais um dos muitos processos em que Sócrates foi visado por tudo e por todos, mesmo depois do MP ter concluído que nada na investigação o envolvia no processo, mas o jornalismo do lixo, com Moura Guedes, Cerejo & Cª continuavam na campanha de suspeições.

    Agora, pelos vistos, já ninguém se lembra, ou melhor, ninguém se quer lembrar.

  3. Podiamos exportar corruptos como exportamos futebolistas.

    O sucesso era garantido.

    O Berlusconi comparado com A. J. Jardim é um aprendiz.

    O genro do Rei Espanhol podia ter umas luzes com Isaltino de Oeiras.

    Pinto da Costa e Valentim Loureiro ensinavam Jesus Gil.

    E assim por diante!

  4. mais uma vitória póstuma da democracia para encaixilhares no hall de entrada do estado de direito que defendes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.