Bailinho da Madeira

Eu venho de lá tão longe
Eu venho de lá tão longe
Venho sempre à beira-mar
Venho sempre à beira-mar

Trago aqui estas couvinhas.
Trago aqui estas couvinhas.
Pr’á manhã o seu jantar.
Pr’á manhã o seu jantar.

Deixa passar esta linda brincadeira
Qu’a gente vamos bailar
Pr’á gentinha da Madeira.

Deixa passar esta linda brincadeira
Qu’a gente vamos bailar
Pr’á gentinha da Madeira

E a Madeira é um jardim.
E a Madeira é um jardim.
No mundo não há igual.
No mundo não há igual.

Seu encanto não tem fim.
Seu encanto não tem fim.
É filha de portugal.
É filha de portugal.

Deixa passar esta linda brincadeira
Qu’a gente vamos bailar
Pr’á gentinha da Madeira.

Deixa passar esta linda brincadeira
Qu’a gente vamos bailar
Pr’á gentinha da Madeira

6 thoughts on “Bailinho da Madeira”

  1. Isto foi escrito pelo AFONSO DIAS, ou é mesmo a letra do folclore? Que grande porcaria! Aqui está a cultura portuguesa… e há quem defenda este atraso mental todo… e há quem ache isto bonito e tradicional e o caraças… Mas por que motivo alguém colocou aqui esta m***a?

  2. Eu venho de lá do buraco
    Eu venho de lá do buraco
    Venho sempre a roubar
    Venho sempre a roubar

    Trago aqui estas despesas.
    Trago aqui estas despesas.
    Pr’á manhã o país pagar.
    Pr’á manhã o país pagar.

    Deixa passar esta linda mamadeira
    Qu’a gente vamos votar
    No capataz da Madeira.

    Deixa passar esta linda mamadeira
    Qu’a gente vamos votar
    No capataz da Madeira.

    E a Madeira é do Jardim.
    E a Madeira é do Jardim.
    No mundo não há igual.
    No mundo não há igual.

    A corrupção não tem fim.
    A corrupção não tem fim.
    Ela é filha do funchal.
    Ela é filha do funchal.

    Deixa passar esta linda mamadeira
    Qu’a gente vamos votar
    No capataz da Madeira.

    Deixa passar esta linda mamadeira
    Qu’a gente vamos votar
    No capataz da Madeira.

  3. Eu poria a questão nestes termos:
    Se nas próximas eleições o Jardim voltar a ganhar as eleições, com maioria absoluta ou sem ela, o governo e a oposição deveriam desde já decidir que OS BURACOS ENCONTRADOS NAS CONTAS DA MADEIRA DEVERÃO SER PAGOS EXCLUSIVAMENTE PELOS MADEIRENSES.
    Quem anda a brincar com o fogo tem forçosamente que se queimar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.