Aspirina bué marada

Ficámos bué da tempo sem poder resolver alguns, senão todos, dos maiores problemas da Humanidade. Há cientistas que atribuem o problema a umas chatices no servidor onde o blogue está alojado, mas inteligências ainda mais esclarecidas relacionam o crash com a ida do Álvaro a Madrid, onde explicou que o TGV vai mesmo avançar, claro, até porque eles no Governo não são malucos, mas a coisa tem de entrar muito devarinho e devidamente vaselinada. Será uma tese bué alucinada? Talvez, mas não mais do que aquela que atribuía à construção do TGV para Madrid a responsabilidade pelo défice, pelo desemprego, pela pobreza, pelas doenças, pela demora na restituição de Olivença e pela incapacidade dos clubes de Lisboa para jogarem no mesmo campeonato do Futebol Clube do Porto.

31 thoughts on “Aspirina bué marada”

  1. A ver se percebo:o Alvarito foi a Madrid levar um puxão de orelhas – tipo “ou nos pagas o que deves ou estás f* – e para fazer crer que ele é que decide tudo, adiou a decisão para Setembro…é daqui a 10 dias, não é? (que vergonha)

  2. Fiquei preocupado com a ausência.
    Contudo, mais inquieto fico com o “grand final”: (…)”para jogarem no mesmo campeonato do Futebol Clube do Porto.”
    Eu bem me parecia, que o FCPorto, do senhor Jorge Nuno (da fruta, do café com leite e etc), jogavam mesmo erta noutro campeonato!
    Mas, aquilo que importa, a mim me importa, é que o Aspirina B sobreviveu e está, continua a estar, de boa e santa saúde.

  3. Qual era o governo que achava que a RTP estava muito governamentalizada e que devia ser privatizada? Será o mesmo governo que agora quer nomear para correspondente em Washington, passando por cima dos órgão competentes da casa, um amigalhaço político que está na concorrente SIC? E esse tal amigalhaço político, que já se declarou muito honrado com a perspectiva (embora negue ter sido sondado pelo inefável Relvas), não se queixava de ter sido exilado em Nova Iorque pela RTP do tempo de Guterres? Vá lá a gente entender alguma coisa….

  4. edie, é isso que nos consola: Setembro está mesmo aí a chegar.
    __

    josé albergaria, agradeço o cuidado e a estima, que é mútua. Quanto ao Jorge Nuno, estamos perante um colosso.

  5. Mas o Alvarucho disse que ia fazer o TGV? Não percebi nada disso. O que me pareceu que ele disse, foi: Pois o TGV, a gente quer é uma linha de mercadorias, que faz muita falta para as exportações, quanto ao TGV, volto a repetir que uma linha de bitola europeia é o que nós para já já precisamos. Quanto ao TGV a mim parece-me que para já as mercadorias estão à frente do TGV que, em nosso entender, não sabemos ainda o que decidir, embora andemos há dez anos neste faz não faz, mas com mais meia-dúzia de prós e contras grande programa de decisões nacionais talvez venhamos a tomar uma decisão mas isso só lá para Setembro. Até lá ainda vai correr muita água sob as pontes, o Crespo vai para os EUA representar o Relvas, dormir umas sonecas e que se f* a SIC.

  6. mais uma comissão para brincar aos combóios, mais umas comissões a receber nas respectivas adjudicações e o argumento é… os outros deixaram isto de tal maneira que não temos outra alternativa ou como diria a pintelheira postiça do cadroga, o moerdas, conosco não há crise.

  7. Pois, o Álvaro não disse que queria o TGV, mas o facto é que há obras feitas, obras contratadas e dinheiro europeu alocado. Se juntarmos a isto a pressão dos espanhóis, é provável que ainda se veja o PSD a engolir as carruagens de penalty.

  8. Há outra razão que leva os dirigentes da RTP a estarem danados com esta ultrapassagem, que é um pagamento ao Crespo: este teve um processo de despedimento com justa causa na RTP, que acabou por se transformar num acordo para ele sair e não mais voltar. Era na altura, precisamente, correspondente em Washington.

    A justa causa era tão forte que o Crespo se tornou persona non grata na casa. E agora terem de levar com ele no mesmo cargo do qual foi expulso…

  9. Bom retorno Aspirina. Ontem assustei-me deveras. Pensei que um torpedo do Relvas tivesse caido no servidor. Felizmente tudo está bem. Continuem Val, Vega 9000, Penélope, Isabel, etc.. Faz-me muito bem vir aqui diariamente conviver com as vossas opiniões e saberes. Obrigado pela vossa perseverança.

  10. Ontem tentei entrar neste TGV, mas não consegui. Estava interdito. Alguem anda a tentar rapinar as aspirinas desta farmácia de levante. Espero bem que não consigam arrombar as portas. Quanto ao Álvaro, vai ter mesmo que construir o TGV, porque o AVE está “in progress”, até ao Caia. São Pedro [Passos Coelho] vai ter que dar o dito pelo não dito.

  11. Também pensei que tivesse havido um descarrilamento do TGV e os passageiros desta carruagem tivessem sido atingidos pelos destroços. Felizmente,estão todos bem, embora sofrendo de contusão provocada pela notícia do assesor do Kaulza ir gozar com a nossa cara para os States. Que bom é ter-vos como escape para exprimir a raiva que nos vai na alma : most grateful!

  12. …esta treta já lá não vai nem com aspirinas…pensei eu ontem… afinal havia outra…ainda bem…gosto de vossemecê porra….

  13. Será agora que se vai realizar a ideia genial do Campos e Cunha Lda. de se fazer, em alternativa ao TGV, umas linhas de média velocidade com desvios para os combóios de mercadorias serem ultrapassados?

    Serás que o Campos e Cunha Lda. vai também ver realizada a sua ideia, não menos genial, de colocar no hemiciclo de S. Bento umas cadeiras vazias para representar os votos em branco?

  14. E que emprego irá dar o governo ao Campos e Cunha? É que não há cabrão que não abife um tacho do Coelho.

  15. dois dias sem aspirina dá umas saudadezinhas, hein? Só se dá o valor quando não se tem. Eu cá por mim , dou mesmo tendo ;)

  16. Voto pelas chatices na servideira. Uma lástima. Que a todos nos privou do fix diário de ácido acetilsalisilico. Fez-se o que se pode, mas o hardware tem razões que a inteligência desconhece. Nem os assessores do “governo” foram capazes de ajudar.

  17. … e aí eu pensei, “querem ver que estes cabrões, além do 13º. mês ainda nos lixaram o Aspirina?”
    Afinal não, Deo gratias, que podemos continuar com o nosso comprimidozinho diário.
    JCFrancisco, eu acho que o Santana vai para a Misericórdia mais como «provador» de que como «provedor».

  18. Esta tem a ver com o Crespo, os economezes que lá iam botar faladura, assim como os pepeidocas e as pepeidocas que também sabiam muito disto, especialmente economia, como Frasquilho e outros filhos da… Alguns nem sabem governar a própria casa.
    Então, não disse o Jacques Delors que a Europa até hoje ainda não tomou qualquer medida para debelar a crise e por isso o euro está à beira do abismo!!!
    Afinal, segundo os Crespos, os economezes de serviço e os/ as pepeidocas da nossa praça que afirmavam que o Sócrates tinha começado tarde a tomar medidas contra a crise. Afinal, ainda começou muito cedo pois a UE ainda nem começou a tomá-las porquanto, segundo o Delors, são só respostas vagas e insuficientes. Mais uma vez caiem pela base os argumentos desses trafulhas, dessa pandilha dos crepos, economezes e pepeidocas (algumas boas comó milho, as peidas, claro)

  19. jose albergaria, a inveja é um bicho muito feio! será a “fruta, café com leite e etc” que faz com que radamel falcao chegue ao FC Porto por 5,5 milhões de euros e 2 anos mais tarde saia por 40 milhões?

  20. …mas a culpa é do Álvaro, esse maganão, que não sabe com que linhas se deve demarcar na comunicação com nuestros hermanos. Depois é isto, servidores e serviçais com as linhas avariadas.
    Bem que podias fechar a loja por uns dias e passar por cá, por Montparnasse…

  21. E eu que pensei que fecharam porque os “taumaturgos” foram vêr o Papa com a juventude para Madrid, em jornadas de reflexão e profunda espiritualidade?.
    Fico tranquilo, tal suspeita deixou-me zangado, tenho que reconhecê-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.