Após ter papado o 10 de Junho, fortíssimo candidato ao Prémio Pessoa

«“Oh, não, lá vem ele outra vez”, suspiram os leitores mais enfadados sempre que recordo as ligações dos actuais membros do governo, ou do presidente da Assembleia da República, ou de vários eurodeputados, aos tristíssimos tempos em que José Sócrates envenenava o país.

Tenho uma profunda falta de respeito intelectual e político por todos aqueles que andaram de braço dado com José Sócrates durante anos a fio e nunca conseguiram perceber quem ele era. Ou eram corruptos, ou eram burros, ou eram cegos, e mesmo que escolhamos a mais bondosa das opções – a cegueira –, ela só se pode explicar por tribalismo, partidarite, espírito de claque e cultura apparatchik. Será com este tipo de gente que se vai salvar o SNS em Portugal?»

Caluniador profissional pago pelo Público

13 thoughts on “Após ter papado o 10 de Junho, fortíssimo candidato ao Prémio Pessoa”

  1. tinha de vir agora um aqui arreliar-me com perguntas enquanto estou a escrever o comentário. o que vale é que já vou sair e apanhar ar.
    esse cabrão às tantas está com inveja de quem come muesli ao pequeno almoço e arrota bem alto, com a razão dos factos, para cima dos verdadeiros apparatchikados no seu pior: os que vivem, como este cabrão, no ninho de escárnio e maldizentice. e sempre a ser valorizado. badalhoco. badalhocos lobistas.

  2. “Ou eram corruptos, ou eram burros, ou eram cegos, e mesmo que escolhamos a mais bondosa das opções – a cegueira –! digam lá ao cronista que não foi por nada disso , foi apenas pelos tachos. josé sócrates ao conseguir a maioria absolura distribuiu mais tachos que sei lá o quê e à sua vontade ( acho que até calhou um à olinda , pelo que às vezes diz) , pelo que havia todo o interesse em assobiar para o lado.
    ganância e desespero dos precários empregados da política , que , tadinhos , dependem de eleições para continuarem no “emprego” , explicam o fingirem não ver nada.

  3. muesli não é para qualquer um, yo, é só para bocas boas e sem tachos. ouça lá, eu nunca tive tachos de alguém e muito menos do José Sócrates que mais não fez do que desbravar oportunidades de prosperidade económica apoiando projectos que aliavam a I&D com o mercado de trabalho. tenho muito orgulho em ter trabalhado nesses projectos ao longo de uma década, circa, e também muito lamento terem terminado com a queda do seu governo – que foi também a minha queda. !viva! Sócrates; !viva! a inteligência de prosperidade

  4. desbravar oportunidades de prosperidade económica ??????? daaaa , o homem fabricou uma bancarrota , facto indesmentível. vocês têm os fusíveis avariados : bancarrota é exactamente o contrário de prosperidade económicas ..sabe isso , não sabe , olinda? escusado responder , já sei que vai dizer que a bancarrota é imaginação nossa e que o zezito foi um santo.

    e sempre teve um tacho : os projetos de caracaca para dar dinheiro a amigos e conhecidos.
    ( trabalhei em alguns no tempo do guterres , daquelas cenas de fundos comunitários – a mega fraude dos ricos- um santo para mim , o guterres , claro , nunca ganhei tanto dinheiro)

  5. Acabam por cair todos … até o “padrinho” que o promoveu a orador no dia da “raça”
    já iniciou a sua queda, com o empurrão que o bolsonaro lhe deu no comício do bicen-
    tário do Brasil! A insustentável leveza de inteligência de muitos “comentadeiros”
    que na falta de argumentos invocam o “maléfico” melhor P. Ministro que, governou
    este pobre país, tão rico em piegas e preguiçosos como dizia o verdadeiro responsá-
    vel pela tal bancarrota provocada pela troika que deu para tudo “vendar”!!!

  6. yo, vá-se encher de moscas e aliviar essa azia e essa mentira. nem o Sócrates fabricou alguma coisa além de prosperidade e nem eu alguma vez na vida tive um tacho. azeiteira.

  7. Dos últimos 10 anos, 7 foram PS.. Dos últimos 30 anos, 23 foram PS.

    encontrei agora esta informação interessante.liga bem com este artigo

    https://www.publico.pt/2022/09/15/sociedade/noticia/22-populacao-portuguesa-risco-pobreza-exclusao-social-acima-media-uniao-europeia-2020666

    e supunha que não tenho de argumentar mais nada relativamente a promoção da riqueza pelos socialistas.
    larguem lá o passos de bode expiatório , desculpem-se com o clima , está na moda. ou a guerra , qualquer coisa esotérica.
    é como a cena do ventura , se calhar o pasos tb criou o gajo da suécia , não é a má governação da democracia partidária , o abuso exercido sobre o povo pelos chulos que promove estas excessos , nem pensar…

  8. ó fabricante e chula de mentiras, yo, eu não gosto do Sócrates por ele ser PS: quero lá saber dos partidos. eu gosto do Sócrates pelas suas ideias, pelo seu carácter, pela sua forma de lutar na Cidade.

    vá-se encher com mais moscas, vejo que ainda há espaço

  9. olinda , por amor da santa , o zezito é que é um mitómano descarado , eu só minto piedosamente para animar o people que está em baixo.

  10. que giro ,os alemães andam-se a preparar para mais uma vez tentarem conquistar toda a europa. e vão usar a tática do cavalo troia , com o plus de serem os futuros conquistados a comprar as armas para a sua própria invasão. quem nos manda confiar nos alemães , fonix.
    não estou a ver para que se querem armar até aos dentes , a não ser a continuação dos seus históricos sonhos húmidos imperialistas
    https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/scholz-quer-tornar-alemanha-na-maior-forca-armada-da-europa?ref=HP_CMaoMinuto

  11. « Ou eram corruptos, ou eram burros, ou eram cegos, e mesmo que escolhamos a mais bondosa das opções – a cegueira –, ela só se pode explicar por tribalismo, partidarite, espírito de claque e cultura apparatchik. Será com este tipo de gente que se vai salvar o SNS em Portugal?»

    Precisamente os atributos aplicáveis, que nem uma luva, ao Passos Coelho e no entanto este caluniador público profissional foi seu apoiante de espírito apparatchik tribalista.
    Os fedorentos apparatchikes da Sic, tal como os dos outros partidos que chumbaram o PEC IV e alinharam na farsa instituída pelo Cavaco, o Passos e Durão Barroso, continuam acidamente nervosos só de pensarem que o povo e a História um dia despertem para a verdadeira realidade da obra de Sócrates e da cilada montada pelos farsantes afim de poderem ir ao pote lambuzar-se alegremente.
    Assim, precisam de martelar continuamente na mesma tecla do Sócrates “bandido” e o caluniador-mor do reino por maioria de razão de medo, aproveita toda a oportunidade; o Pacheco já não fala ou esqueceu a “nódoa” que cada apoiante de Sócrates trás consigo como pecado original, contudo este crápula do mal-dizer e dizer-mal e da ruindade intelectual, quer que a nódoa não só se não apague mas que brilhe por gerações para satisfazer sua vontade de vingança e segurança de seu terror futuro pessoal face à descoberta da verdade dos factos.
    Será com gente de tal carácter mesquinho-vingativo-cavaquista que se vai salvar Portugal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.