Aldeia dos macacos

Os macacos entraram em agitação frenética. Saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates! Depois saltam, guincham, trepam pelas paredes. FMI, FMI, FMI! Depois correm, tropeçam, arranham as paredes. Sócrates, Sócrates, Sócrates!

27 thoughts on “Aldeia dos macacos”

  1. Num bar de alterne da capital, Sócrates encontrou três lindas mulheres. Uma ruiva, uma loura e uma morena.

    Sentando-se ao lado da ruiva disse:
    – Eu sou o Primeiro-ministro de todos os portugueses, quanto me pede você para passar uma noite comigo?

    Ela respondeu:
    – Ao Srº. Primeiro-ministro faço um preço especial, somente 125 euros!

    Sócrates achou muito caro, levantou-se e foi sentar-se ao lado da loura e fez-lhe a mesma pergunta, ela respondeu:
    – Ao Srº. Primeiro-ministro faço um preço especialíssimo, somente 75 euros!

    Tentando arranjar algo mais barato, Sócrates foi-se sentar ao lado da morena e perguntou-lhe a mesma coisa, e ela respondeu da seguinte forma:
    – Srº. Primeiro Ministro, se você conseguir tirar para fora o seu coiso e fazê-lo crescer como faz os preços, mantendo-a dura como a vida e tesa como a carteira dos portugueses, se me levantar a saia como levanta os impostos, se descer as minhas cuecas como desce os salários e se me f**der com tanto jeitinho como f**de o povo português, então Sr. Primeiro-ministro para si é de borla!!

  2. e depois há uns outros macacos betas que estão às aranhas e que se arranham e gritam : coitadinho do socrates !!!!cheios de medo que apareça um alfa à maneira de maquiável que não os deixe reproduzir-se ( o passos não será , mas a via fica aberta , que medo !!)
    e na tenho paciência para replicar um texto tão repetitivo , mas conseguia com copy e paste e substituição. porque a caca é a mesma.

    ( faz-me imensa impressão a pouca reflexão sobre si próprios das pessoas : tens consciência , defensor do papa e crucifixos , que não passas dum instrumento do demo? deus escarrava em ti )

  3. No PS, a Mentira é um modo de vida. Estranha forma de vida.

    No PS, a Mentira é um modo de vida. Estranha forma de vida.

    No PS, a Mentira é um modo de vida. Estranha forma de vida.

    No PS, a Mentira é um modo de vida. Estranha forma de vida.

    No PS, a Mentira é um modo de vida. Estranha forma de vida.

    No PS, a Mentira é um modo de vida. Estranha forma de vida.

    No PS, a Mentira é um modo de vida. Estranha forma de vida.

  4. Irlanda: bateu os recordes de emigração de 1980.
    Quem perde o emprego, arranja outro por metade do preço mas com as mesmas funções.
    Novos pensionistas, menos 10% de pensão
    Funcionários públicos, 25 mil para a rua.
    Iva subiu 2 pontos
    Salários FP, levaram com a ripa.
    Idade e fórmula para a reforma, revistas, para pior.

    Grécia: a comunidade albanesa (que faz de tudo) já se vê aflita em arranjar trabalho.
    Funcionários públicos, salários de 2300 para 1300euros.
    Todos os subsídios anuais, cortados.
    Taxa de IVA a 11 passou para 23%
    Pensões de 400 euros, cortes de 20%.

    E muitas outras medidas de arrepiar !!

    O FMI é peitoral e recomenda-se. Habituem-se !!

  5. O ministro das Finanças fez «a sua melhor imitação» dos executivos de Wall Street caídos em desgraça Dick Fuld e Jimmy Cayne, ao culpar especuladores pela crise das finanças públicas, escreve o analista Colin Barr no blogue da revista Fortune.

    «Depois de insistir durante semanas que não seriam forçados a um resgate (.), os responsáveis portugueses cederem ao inevitável», pedindo ajuda à União Europeia, adianta Carr, jornalista e analista financeiro da Fortune.com.

    Ao «atirar a toalha», Teixeira dos Santos «fez a sua melhor imitação dos caídos executivos de Wall Street, Dick Fuld (Lehman Brothers) e Jimmy Cayne (Bear Sterns)», culpando «não as políticas do seu governo ou o mau desempenho económico, mas os maléficos especuladores que alegou terem entregue Portugal injustamente nos braços de credores externos que vão exigir termos duros».

    Carr sublinha que o país tem um défice orçamental há anos, que a economia tem estado anémica e que a dívida pública é elevada e com tendência para subir.

  6. Estou com o Valupi. Cabrões de merda! Este país está um verdadeiro nojo. Miserável, desgarçada Direita que não tens um pingo de vergonha na puta da cara! Miserável Comunicação Social que rastejas ignóbilmente, que lambes o chão dos que te pagam o salário da traição do teu povo! Cabrões de merda!

  7. Lembram-se do pedido de desculpas do Passos aos portugueses, no ano passado? Então agora, que tem mais do que razões para isso com a deterioração vertiginosa da situação financeira dos país, está à espera de quê?
    Ah, ok, tem medo que lhe atirem com facas, se ousar. Entendido.
    Ah, ok, “vamos deixar de lado a questão da culpa”. Entendido.

  8. De facto, é assim ou pior ainda. Na blogosfera de direita estão eufóricos com as imagens que as televisões passaram “sem querer” de Sócrates enquanto se preparava para fazer a comunicação.
    É óbvio que no PSD ninguém se preocupa com a questão da imagem de Passos Coelho. Ontem, por exemplo, apareceu de óculos. Longe de mim pensar que o fez a pensar na imagem ou duvidar da sua falta de vista, pelo contrário. Mas uma vez que só os usa de vez em quando, alguém devia avisá-lo que, para fazer um discurso como o de ontem, os óculos lhe acentuam e de que maneira o ar de totó.

  9. Passos Coelho deu o encontrão final que escaqueirou o velho jarrão, relíquia da Família, mas agora prontifica-se a ajudar na apanha dos cacos. Prescindo, obrigadinho. E o que ele vai saltitar quando tiver de correr à frente da vassoura, ainda me vai provocar um grande sorriso amarelo. Riso mesmo, só quando o camião do lixo passar e levar o contentor cheio com a merda toda, de ALTO a baixo.

  10. A seguir, Espanha. Depois Itália e Bélgica. Possivelmente França.

    A UE como a conhecemos acabou ontem. A partir daqui, é sempre a descer. Arrisco uma previsão: 10-15 anos, e temos dois blocos separados – países do centro, sul e mediterrâneo, liderados por França, e países nórdicos, liderados pela Alemanha.

    Os Ingleses continuam sozinhos.

  11. Estou com o, e faço minhas as palavras do ANIPER. Desgraçado país, que tal direita tem. Podia sê-lo – direita – mas é um pote cheio de trampa da mais mal cheirosa… e mais não digo. Perder tempo com esses ladrões/criminosos de casaca, com um chefe à sua altura?

  12. Pois, nos ultimos 15 anos fomos governados pela dita esquerda moderna, urbana, rosa, e o resultado é este, miserável. Faz-me lembrar alguns teinadores de futebol, a culpa é dos árbitros, da chuva, do sol, da relva, da bola, mas nunca, nunca culpa da sua incompetência.

    E quando vejo estas virgens ofenderem-se por uma tv passar a imagem do PM a compor-se para as camaras, não os vi a ofenderem-se da mesma maneira quando Cavaco passou milhares de vezes nas tv’s com as migalhas na boca do bolo rei, aí já era divertido …

  13. Adolfo Dias, eu achei divertido! Aliás, não vi nada que não pudesse acontecer a qualquer um de nós! O que querem as pessoas que se diga quando se anda a ver se está tudo em ordem para aparecer na TV?
    Só tenho um reparo: ficava, o nosso primeiro, muito mais bonito em mangas de camisa…

  14. Exactamente, não me incomodou nada, absolutamente normal, fazem todos a mesma coisa. E o gozo aconteceria a qualquer um, não queiram fazer disto mais uma campanha negra!

  15. (por acaso, Penélope, també reparei. Acho que este lado desprevenido dele acabou por lhe angariar mais uns votos do eleitorado feminino. Ah ah!)

  16. Penélope e edie, não digam uma coisa dessas. Então o vídeo está em tudo o que é blogue de direita e jornais online. Ainda fazem com que essa malta toda vá a correr retirá-lo…

  17. Adolfo Dias, o Cavaco vingou-se bem. Agora praticamente só comunica através do Facebook, pode comer de boca aberta sempre que lhe der na gana que ninguém vê.

  18. Guida e Edie, não acham que o Cavaco, nestes casos, será mais «Ó Maria, vê lá aqui se a gravata está direita!”. «Ai, Aníbal, sempre com migalhas na lapela, que vergonha, homem. Olha as câmaras!»

  19. Ahahha, o Sócrates é mais, “oh luisinho passa-me ai o creme para as rugas, o Silva Pereira disse-me que pareço mais velho com estas rugas, não fica nada bem a um PM”

  20. E o Passos? Já estou a ouvir o Relvas a dizer: “Eh pá, ó Ângelo, dizem que o homem tem ar de Jota, e tem, não é melhor pôr-lhe uns óculos para ficar com ar mais sério?”
    “Eh pá, grande ideia!” “Pedro, pá, experimenta aqui estes óculos. Sim, estes mesmo, sem aros. Deixam ver os olhos. Ah, bom, muito melhor. Agora não te esqueças, não sorrias. Ar sério, grave, responsável!”. Take three, acção, Pedro.

  21. O nojo já começou.

    Então enquanto o homem prepara a entrada nos jornais, vão colcar as imagens em directo??? Mas o que é isto ?!?! E depois querem dar a entender que foi sem querer…

    Mas está tudo doido neste país.

    Os jornalistas andaram todos a tirar curso de ética por correspondência ???

    O caso é tão ou mais grave que hoje, um ranhoso dum jornalista faz no DN uma alusão à suposta vaidade do PM que pergunta ao assessor se os sapatos estão bem. O palhação do jornalista em questão, porque é ignorante, não sabe comentar nenhum dos aspectos que envolve o momento actual, mas como está ao serviço da oposição manhosa que tenta destruir Socrates, não pelo argumento politico, mas pela cultura fungica da “verdade que está só comigo”, dão-se ao trabalho de apresentar a vaidade do PM como ponto fraco (e politico da maior importância, pois está claro!).

    E, ou eu me engano, ou a estratégia dos ranhosos é exactamente essa. Expor o PM a uma espécie de sumptuosidade e luxuria, em contraste com os pobrezinhos deste país.

    Veremos !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.