11 thoughts on “A pergunta do momento”

  1. hum, a marcassãoe du jolgamentu do 44, ço gaju num fore parbu e num padire a avertura da instrussãoe criminale, tás a bere?

  2. escutas revelam que o ministério público está altamente politizado, tentando (novamente) influenciar a escolha dos cidadãos nas eleições de 2015.
    as escutas mostram ainda que o o correio da manhã tem acesso a processos em segredo de justiça corrompendo agentes da justiça.

  3. Os chinocas compram a RTP porque o DN é insuficiente para explicar aos portugueses a razão de a energia eletrica aumentar num ano em que o petróleo bruto desceu quase para metade, as barragens estão cheias de água, e o vento não para de soprar…

  4. 1) Sócrates vai ser condicionalmente posto em prisão domiciliária sob proibição de prestar declarações «para não perturbar o processo» (que vai ser remetido para as calendas gregas).

    2) Adolescentes mascarados, às cavalitas de super-juízes super-estúpidos e pseudo-psiquiatras pedofilófobos, vão de novo lançar alegações de epidemias galopantes de violação e tortura de crianças no seio do partido socialista.

    3) As ruas vão ficar mais verdes (de porcaria) devido ao declínio do uso de sacos para dividir e embalar o lixo (uma contribuição que as grandes superfícies faziam para a saúde pública e finanças dos munícipios que vai cessar de forma abrupta e radical por via do novo imposto).

  5. O cds mini partido cuja representatividade eleitoral é inversamente proporcional aos cargos governamentais que ocupa vai promover um peditório nas dondocas e betos militantes para a aquisição de uma ignição electrónica a fim de poupar a coluna do irrevogável aos esticões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.