Cavaco atribui à corrupção a necessidade do resgate

Portugal não pode regredir para uma situação semelhante àquela a que chegou em princípios de 2011, em que foi obrigado a recorrer a auxílio externo de emergência.

Só o rigor e a transparência na condução da política nacional permitirão a melhoria continuada das condições de vida das pessoas.

O combate à corrupção é uma obrigação de todos.

Mensagem de Ano Novo do Presidente da República

23 thoughts on “Cavaco atribui à corrupção a necessidade do resgate”

  1. O Cavaco sentiu foi necessidade de lavar a consciência com o que mandou fazer para calar quem tanto lhe degradou a imagem pública. Porque se fosse para falar de corrupção tinha de começar por falar no BPN e no seu conselheiro de estado preferido.

  2. vamos pegar nas palavras deles e dar-lhes o sentido que merecem para o calar: bem visto, o resgate terá sido a mais alta forma de corrupção do país, um país que se vendeu por miseráveis a troco de miséria.

  3. E querem ver que ao fim de tantos anos a falar-se em combater a corrupção, agora se tornou um tema tabu.
    Até dá a sensação que é a primeira vez que se apela à transparência na política e ao combate à corrupção.

  4. Nem vou perder tempo a comentar a miserável mensagem cavacoide. Vou antes dar nota da reacçào do Paulo Portas ao arquivamento dos submarinos. Segundo o impoluto Portas, tudo não passou de um ataque ao CDS-PP. Assim mesmo, diz o gajo. Estes homens da direita não têm papas na língua e se alguém aperta com “um dos seus” é tudo ataque politico ao partido. E estes sâo os mesmos que afirmam e obrigam todos os o meios de comunicaçâo social a repetir até à náusea que os ataques aos homens do PS nunca sâo ataques ao PS e nunca é misturar política com justiça. O que é de pasmar ou talvez não seja, é que os pasmões dos xuxas não só encaixam a narrativa como são os primeiros a afirmar tratar-se, rigorosamente, de casos de justiça e de polícia. Foi assim na pedofilia, no freeport, na face oculta e agora nisto.Neste momento, e porque se atingiu o inimaginável em perseguiçâo política, lá vão aparecendo algumas excepções. Muito timidamente, alguns começam a admitir que no caso da prisão de Sócrates existem contornos políticos. Soares entrou mesmo a matar mas vai perdendo o fôlego, só lhe faltando pedir respeitosamente desculpa aos homens do CM e do SOL. Portas nem chegou a ser beliscado pela justiça e aí está o homem a pôr os pontinhos todos nos ii: foi tudo perseguição ao CDS. Ora foda-se, senhores do PS! Por vezes chego a pensar que a justiça faz do PS gato-sapato porque sabe que está a lidar com uma ninhada de ratinhos, isto é, gente que nem se respeita nem se dá ao respeito. Gente que não defende a honra e, por isso, muito fácil de fazer passar pela pior escumalha. Gente que vê um dos seus mais carismáticos militantes ser tratado como um reles e cadastrado corrupto, do pior que a política já produziu, e fica-se pela vénia ao sistema judicial caído nas mãos de mafiosos e ao seu serviço. Pergunto: como vão os portugueses confiar o seu voto a gente que produziu um PM corrupto até à medula e que, muito justamente, apodrece nos calabouços? Se, mesmo assim, o PS ganhar as eleições, das duas, uma: ou o povo não acredita na justiça tão reverenciada pela gente do PS ou já se convenceu da corrupçâo generalizada de todos os políticos e muda de governo por mudar, sabendo que vai ficar tudo na mesma, porque “eles” , os políticos, são todos iguais. A passividade do PS face ao ataque sem precedentes a um ex-PM que é arrastado na lama e tratado abaixo da lei vai ditar, a curto prazo, o descrédito total dos socialistas portugueses. Nem poderá ser de outra forma. Costa, querendo escapar entre os pingos da chuva, vai destruir o PS. E aposto que ninguém vai ter saudades desta gente que permite o linchamento atroz de um dos seus melhores. E eles sabem, Costa sabe, que Sócrates não é corrupto, nunca foi. Sabem muito melhor que eu. Costa só será PM se Sócrates for totalmente ilibado. Se o espectáculo do linchamento durar até às eleições, o povo poder’a não arriscar entregar o governo nas mãos dos cadastrados do PS.: Vara, Penedos, Maria de Lurdes, Sócrates. E os mais que aparecerão. Preparem-se, que as condenações serão todas confirmadas neste ano de 2015, que bem poderá ser o “annus horribilis” do PS. Toda a podridão da direita vai parecer uma nodoazinha comparada com o lamaçal PS.

  5. Há coisas que agora fazem sentido:

    Sócrates rejeita proposta do PSD sobre enriquecimento ilícito, Rangel diz que PS não quer combater corrupção

    O primeiro-ministro rejeitou hoje a proposta do PSD que criminaliza o enriquecimento ilícito por considerar que inverte o ónus da prova e o líder parlamentar social-democrata concluiu que o PS não quer combater a corrupção.
    Durante o debate quinzenal com o primeiro-ministro, no Parlamento, o líder parlamentar do PSD, Paulo Rangel, perguntou se “tem o Governo, tem o PS a coragem de ajudar no combate à corrupção apoiando a proposta do PSD sobre o crime de enriquecimento ilícito”.
    O diploma do PSD apresentado em 2006 e chumbado na altura pelo PS estabelece que quem no exercício de funções públicas ou nos três anos posteriores “adquirir um património ou um modo de vida que sejam manifestamente desproporcionais ao seu rendimento e que não resultem de outro meio de aquisição lícito” constitui crime “punível com pena de prisão até cinco anos”.
    A justificação referida no projecto de lei do PSD é que existe “perigo de aquele património ou modo de vida provir de vantagens obtidas pela prática de crimes cometidos no exercício de funções públicas”.
    “Nós estamos disponíveis para punir severamente todas as ilicitudes e o enriquecimento que seja ilícito também. Se é ilícito deve ser penalizado. Não estamos é de acordo com a inversão do ónus da prova quando se pretende punir um crime, atribuir culpa”, respondeu o primeiro-ministro, rejeitando a proposta do PSD, que qualificou de “oportunista”.
    O primeiro-ministro afirmou-se “disponível para todas as normas que não ponham em causa nem a Constituição” e não invertam o ónus da prova, aceitando contudo essa inversão “quando alguém já está condenado, por exemplo, por tráfico de droga, e tenha de dar explicações sobre o seu património”.
    “Todo o enriquecimento ilícito deve ser punível. Desde que se prove aquilo que é ilícito eu estou completamente de acordo”, sublinhou Sócrates.
    Paulo Rangel contestou que o diploma do PSD inverta o ónus da prova e disse que a posição de José Sócrates “entra em contradição com várias pessoas do PS, com Ana Gomes, com João Cravinho, mas também, curiosamente, com Vital Moreira”, cabeça-de-lista do PS às eleições europeias.
    “Vital Moreira, no dia 30 de Março, escreveu no seu blogue a respeito do crime de enriquecimento ilícito e até defendendo a inversão do ónus da prova, que é uma coisa que a nossa proposta não está”, invocou Rangel, citando o constitucionalista: “Pessoalmente, penso que em caso de enriquecimento injustificado de titulares de cargos políticos deveria encarar-se tal possibilidade”.
    O líder parlamentar do PSD alegou ainda que “a jurisprudência do Tribunal Constitucional diz que não há inversão do ónus da prova neste tipo de crimes, que são os crimes de perigo abstracto“.
    “O PS que não quer travar o combate à corrupção”, concluiu Paulo Rangel. “Não está de alma e coração com o combate à corrupção, não está interessado no combate à corrupção” (…)”

    Diário de Notícias de 08/04/2009

    http://www.dn.pt/revistas/ns/interior.aspx?content_id=1195348

  6. um pinto armado em pavão ou parvalhão, tanto faz. tabu é a marca do perfume oficial do actual presidôncio da república, transparência foi a inventona de belém e combate à corrupção chama-se bpn + bes. se tiveres dúvidas bota aí esclarecimentos para: acções bpn, permuta + obras ilegais + siza de barraco na oura por coelheira deluxe, prémios que uma farmaceútica atribuía todos os anos à filha, financiamento farmácia campolide, financiamento campanhas à presidência e acertos de contas impostos pelo tribunal de contas, negociata terrenos alcochete depois de inviabilizar a ota, financiamento barracão atlântico e investimentos do genro com capital do bes e em parceria com o angolano responsável pela falência do besa.

  7. poizé oh pinto, com a inversão do bónus da prova é kéra uma razia, prendiam e confiscavam 51% dos portugueses, acabavam com a oposição e resolviam o problema financeiro para os próximos 10 anos, depois voltavam a repetir a dose e assim sucessivamente até alguém nascer 2 vezes e voltarmos à casa inicial.

  8. Precisamos de um presidente para cada um de nós portugueses.
    De um 1º ministro idem e o mesmo com o presidente da junta de freguesia.

  9. “Portugal não pode regredir para uma situação semelhante àquela a que chegou em princípios de 2011…”

    pois, de 2011 pra cá tem sido só pugresso e desendividamento. é conservar em formol e embrulhar em renova folha dupla para a arqueologia neo-cavacoise estudar.

  10. O Pilatos de Belém há muito que não diz coisa com
    coisa! O que foi dito ontem não foi a pensar nos por-
    tugueses, trata-se da entrada do próximo roteiro
    que mandará escrever … só para pode demonstrar
    que já havia dito o que disse, sem consequências!?
    Fala em não querer regredir a 2011, tomara ele que
    o País estivesse como em 2011 antes da chegada dos
    vândalos, hoje é um dado adquirido que o ajustamento
    feito pelo governo do Pilatos fez regredir o País para
    os tempos pré constitucionais! Nem a Justiça funciona!
    Outra coisa que deve ser levada em conta, NÃO HÁ
    CORRUPÇÃO em Portugal … só ataques ao CDS/PP!!!

  11. Diz-se em ciência que a explicação mais simples é, até prova em contrário, a que deve prevalecer. Não me interpretem mal, não estou referir-me à presunção de culpa em causa, mas sim à postura deste PS. Qual será então a explicação mais simples para o PS figurar neste momento como o maior corno manso da história da política portuguesa?

  12. “Qual será então a explicação mais simples para o PS figurar neste momento como o maior corno manso da história da política portuguesa?”

    a explicação já foi dada quando o costa foi eleito, vivemos num país de cornos mansos e em democracia são precisos votos para ser eleito, e muitos se ambicionar a maioria absoluta. só os nabos bravos não vêm isso e insistem em marrar nas tábuas.

  13. ♪ e o pintinho piu…
    ♪ e o pintinho piu…
    ♪ e o pintinho piu…

    Lá em casa havia um pintinho… ♪ ♪

  14. o inrraquicimento ilicitu é tramadu, a ministra da justissa já o tinha ditu, é claru ca inberssãoe du ónuse irria atrapalharre o maralhal inbolbidu, claru, purissu é cu 44 nue o quize, o caracamanu tinha de prubare ca nue inrrracaceue ilissitamente. fogu, prubare factus nagatibus, pá, é tramadu. Beie, eue só praguntu é cumé cu 44 baie a fazere agorra, é ca çu tipu ça limitarre a cuntastarre cum «não» a acusassãoe do Ruzario, ele tá faito. baie a terre de prubarrre cu inrraquessimentu dele num é ilagítimu, hum, benha ele dizerre ca num teie da prubare nada. Tô prabere.

    PINTU, meue, os gajus num tintendem pázinhu, oube, us gajus até querrem uma acuzaçaõe ao fim de quarrente e ôto horras, meue, tás abere.

  15. Ignatz,
    bota aí esclarecimentos

    Eu? Quem pode dar esclarecimentos é você que pelos vistos sabe mais que os tribunais.
    Eu não escrevi um único comentário quando as suspeitas de Sócrates se limitavam a notícias de jornal. Hoje as suspeitas são oficiais de um órgão de soberania.

    Enche a boquinha com a presunção de inocência (um ignorante a falar do que não sabe) e depois espirra acusações como um tolinho. É um lacaio de um partido político. Um sabujo, lambe-botas do PS.

  16. óh pinto,o tribunal constitucional,declarou inconstitucional a lei do enriquecimento ilicito.a posiçao do ps e socrates,baseou-se na legalidade,e não na tua manhosa teoria!

  17. ó fifas, pázinha, u trvunale cunstitussionale támeie mudoue o sentidu ao prucessu penale, quandu içu deue jeitinhu À lionore pá, e até aí o otelu sarraiva de carvalhu, pá, biue o prazu da priscrissaoe serre cuntadu de manera diferrente, pá. quale legalidade quale carrapuça.

  18. oh pinto, já percebemos que do bpn ao bes não aconteceu nada e da mariani aos submarinos é só má língua, cavaco, loureiro, oliveira costa, rendeiro, jardim gonçalves, marques mendes, coimba, relvas, passos, portas e mais uns quantos, são todos vítimas de boatos que a procuradoria nem sequer investiga por serem infâmes perseguições políticas movidas pelos socialistas com o fim de assaltarem o poder. só o duarte lima é que foi preso para escapar à fúria da polícia brasileira. se não fosse a loira da cruz acabar com a impunidade o sócras continuava a torrar milhões no décimo sexto, o sucateiro a oferecer bics crystal e caixas de robalos, a lurdes rodrigues a encomendar regabofe escolar e estudos a gajos conhecidos, o paulo campos a obrigar a marilú a assinar ppp(s), o vieira da silva a ser conduzido pelo perna, o despedimento da moura guedes e muitas outras cenas que rosário há-de descobrir e o alex irá provar com leis que ainda não foram aprovadas, mas que fazem parte do pugrama do regime abençoado pelo presidôncio.

  19. Ó Alcoólico Anónimo, ó pazinhu, debe sere do fim do anu, debes estar com uma ressidiba de binhaca da má, mas oube, num pressizas de ter ebidencias pra ter um gaju em prisaoe prebentiva, tas a bere,? hum? oube, ebidencias só pressizas na alturra do jolgamentu, tás abere, ó ispertu? hum? pur agorrra só caresses de suspaitas ao avrigu dum inquerrritu, hum, tás abere?

  20. O camelo, nem consigo ler o que escreves de tão carroceiro que és, mas noto que falo com o papagaio e respondes tu, donde se pode dizer que há indícios do que já se suspeitava.

  21. Ó alcuólicu anonimu, deixa a binhaca meue, quissu fazte male, oube, o pintu é um gaju ca save o ca dize, meue, o gaju tem praparassãoe académica, pá, e debe nesta alturra istarre a ravolarçe de gargalhadase. ó pazinhu, ça tu foçes juíze neste paíse, tabamus todus faitus, a tua conbissãoe istá biciada, istu é, istá biciada de errrum cauzada pelu binhu, mandabas todus pra xilindró. tás a berre a diferenssa entre tue e o juíze carlus alaxandre, hum? tás a berre? oube barga o binhu, vebe sumu de tumate, é anteossidante e tirra-te a selulite da cavaça, tás a berre?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.