A importância da cabecinha

Isto é lindo. Esta mulher é linda. Os gatafunhos no quadro são lindos. O chinoca, não sendo lindo, tem um ar simpático. E dentro de uns anos estarão os dois a receber o Nobel de Física.

16 thoughts on “A importância da cabecinha”

  1. Acredito que sim, porque decerto não que concluirão a licenciatura a um domingo e numa qualquer universidade independente lá do sítio…

  2. Val, não sabia que eras físico. Tem alguma lógica, és mais lógico do que a maioria desses intelectuais que andam por ai.
    Não percebi nada do post mas acredito que seja uma grande coisa esta nova equação. Eu sou um leigo mas gostava de saber se esta equação poderá servir para descobrir materiais supercondutores. Não deve ter nada a ver, mas pronto, era fixe, a supercondução a temperaturas ambientes é que era fixe.

  3. A inteligência é exactamente isto: a capacidade de formular raciocínios que no imediato ou a seu tempo revelam utilidade para a comunidade em geral.

  4. Madeira: Timor contribui com ajuda financeira – 556 mil euros.
    Alberto João Jardim disse há anos atrás: “nem um tostão para Timor”

  5. É verdade! Leia-se:

    “Madeira: Timor-Leste envia 750 mil dólares para apoio

    O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou hoje um auxílio às vítimas da Madeira, no montante de 750 mil dólares (556 mil euros), em solidariedade com o arquipélago, anunciou fonte ministerial.

    «Na sequência das inundações que atingiram a Região Autónoma da Madeira, provocando dezenas de mortos e avultados prejuízos, o Conselho de Ministros, em acto de solidariedade e apoio para com o povo e autoridades daquele arquipélago português, aprovou a atribuição de ajuda financeira no valor de 750 mil dólares norte-americanos, para ajudar a colmatar os estragos e perdas sofridas com as fortes chuvadas que assolaram a região», refere, em comunicado, a Secretaria de Estado do Conselho de Ministros.”

    Grande bofetada no palhaço fascistão do Funchal!

  6. é giro! Bem, não acho ela linda mas acho simpática e com ar saudável, já chega.

    Essa de Timor é bonita sim, eu ainda lembro quando ouvi o liurai dizer: agora que nosso pai Portugal não nos abandone. Era 2002. Fiquei cor de rosa mais.

  7. Moral da história:

    1. jovens portugueses estudem, estudem, estudem

    2. depois com o canudo, emigrem, emigrem, emigrem
    (ver os números próximos dos valores dos anos 60…)

    Porque em portugal não há futuro para quem tem cabecinha e vontade de vencer.

    Agora porque será? Um grande mistério para resolver naqui este blog…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.