Uma encenação

Sem margem política para imporem os cortes que sempre pretenderam fazer na Educação, Segurança Social e Saúde, usam agora o TC como desculpa. O ar grave com que o PM declara esta “emergência” é o cúmulo do descaramento. Nojo.

10 thoughts on “Uma encenação”

  1. irresponsável e burro, o gajo acha que o piople engole a cena do tc dar cabo do pugrama que estava a correr tão bem e para vingança pera lá que levam mais uns cortes nos serviços públicos.

  2. Com que então não havia estrategia ???? Claro que havia. Senão vejamos:
    1- O corte dos 4KM€ estava previsto há muito.
    2- o Orcamento de estado para 2013 foi feito para SER rejeitado
    3 – Com a rejeição, volta o corte de 4KM€ e a desculpa para o aplicar baseada na REJEICÃo do tribunal constitucional.
    4 – A dramatização avança , Cavaco apoia e afinal tudo lhes corre bem
    5- O objectivo foi definido, a estrategia desenhada , o plano funcionou e agora é só aplicar
    Foi tudo perfeito e contiinuámos a olhar para o lado….

  3. F Pessoa: Penso o mesmo. E mais, o pedido de fiscalização sucessiva pelo PR em vez de preventiva já se enquadrava no esquema. Encenação dupla, portanto.

  4. cavaco & passos não dão para encenar de tão burros e falta de jeito, tudo o que encaixa é mero acaso e sobreavaliação de fenómenos paranaturais.

  5. Exactissimamente! O boliteados e o penticoiso já fizeram a marcação prá segunda dose, domingo pela mesma hora…21.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.