5 thoughts on “Nem mais, um excelente artigo”

  1. Os sistemas termodinâmicos e os sistemas económicos têm, do ponto de vista do seu controlo, exactamente a mesma limitação: pretende-se coagir um sistema de grande número de entidades (moléculas, num caso, seres humanos, no outro) a partir de um número muito reduzido de variáveis (inputs).

    No caso da termodinâmica, essas limitações podem ser estudadas quantitativamente por aplicação da sua segunda lei:

    «num sistema isolado, a entropia aumenta sempre»

    A entropia é uma medida da desordem de um sistema. O «Merkevialismo» não entende isto: a máquina económica fechada que os alemães acham ser o supra-sumo da eficiência e da beleza consiste num sistema económico demasiado fechado. Consequentemente, nesse sistema a entropia (do sistema como um todo) só pode aumentar. Há vários exemplos de aumento de entropia em sociedades que haviam sido arquitectadas para serem perfeitas. Sem fazer nenhum juízo de valor ideológico (apenas faço um juízo de facto económico), indico duas: o modelo económico corporativo, de Salazar, e o modelo soviético de socialismo, de Estaline.

  2. Nao sei quem é o autor do texto, mas tem uma analise honesta.
    Falta o passo seguinte. Nao valera a pena em vez de um debate sobre a reforma do estado que como ja se viu sera mais um debate sobre a destruicao do estão social, propor antes um debate e um estudo serio sobre a saida do euro , suas vantagens e inconvenientes?

    Parece me que sim

  3. oh sebento! queres sair do euro e ter estado social? atão melhor é escolheres o modelo cuba ou coreia do norte, mas apressa-te que a coisa não dura muito mais.

  4. OH idiota o que é que o estado social tem a ver com o Euro?
    É por causa de néscios como tu que isto chegou até aqui.

    Vai dar um passeio à Noruega e outro à Grécia e vê a diferença, energúmeno

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.