Não estamos na época do tomate?

Este homem arrisca-se a engolir a “intensificação do debate democrático” da pior maneira.

Primeiro abre um buraco orçamental gigantesco, por sua própria responsabilidade, quando era suposto começar pelo menos a equilibrar as contas, depois responde a uma tríade de olhos esbugalhados, que, com o ar do tempo, mostra maior razoabilidade, que não precisa de mais dinheiro, apenas de meio ponto percentual de flexibilização da meta do défice (enquanto esconde do pagode o valor real do mesmo), de seguida, em vez de aliviar, agrava as medidas de austeridade de um modo jamais visto, a mais importante das quais, a descida da TSU, uma autêntica provocação a quem trabalha e vê o seu salário reduzido, e, ainda não satisfeito, responsabiliza agora os que se lhe opõem pelos “riscos catastróficos” da instabilidade política causada pelo não acatamento dos seus alucinados ditames. É obra.

“Aqueles que tornarem cumprimento do programa mais difícil estão a trabalhar para que estes mecanismo [ajuda que pode ser dada pelo BCE e apoio parceiros europeus] não protejam a economia e sociedade de risco potencialmente catastrófico”.

E continou: “quebras na unidade estão a enfraquecer a posição Portugal e aumentar probabilidade dos riscos catastróficos. Concluímos o quinto exame e o debate democrático itensificou-se”.

5 thoughts on “Não estamos na época do tomate?”

  1. Essa conversa faz lembrar as eleições presidenciais. Nessa altura o reformado dizia que uma segunda volta era catastrófico para o país, mas depois, quando ganhou, não se importou nada de dissolver a assembleia e convocar eleições, quando podia ter feito um governo de iniciativa presidencial.

  2. Ponham aqui os olhos, isto que o Galamba disse e a maneira como o fez, confirma o que disse ontem, Pedro Silva Pereira ou Joao Galamba, mas, estou a inclinar.me muito para este último, muito mais incisivo numka altura como esta, em que têm que se chamar os bois pelos nomes, isto é que é um Secretário Geral do PS, nao o merdas do seguro, oucam, por favor, até me arrepio só de ouvir, que vontade tinha eu de estar no lugar dele a dizer isto àquele criminoso do gaspar.

    http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=586537&tm=9&layout=122&visual=61

  3. O baboso! Agora até implora aos Comunistas que “ajudem a forçar as Empresas a baixar os preços”, a besta cúbica!

    Um facínora, um psicopata, um SOCIOPATA da pior colheita, é o que este menino é. O MAIOR PERIGO PARA A SOBREVIVÊNCIA DE PORTUGAL DESDE AS INCONSCIÊNCIAS DO VASCO GONÇALVES E DO O’TOLO!

    Em síntese, um verdadeiro LACRAU, que urge esmagar completa e urgentemente, com uma bota bem pesada e rija. Sabuja até, se necessário…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.