E enquanto o teletransporte não passa de desejo

Esta ideia de substituir o asfalto por painéis solares, embora não concretizável em dois dias, parece-me genial.

The idea is as simple as it is ingenious. Wherever roads are laid, solar panels could go instead. They would generate electricity, which would in turn be fed into the grid. Thus, oil is conserved twice: Electric cars could be charged with the energy produced by the panels, and the panels would replace the use of asphalt, the production of which requires petroleum.

(ler mais na Der Spiegel)

Despesismo, por favor, regressa. Estávamos tão certos!

3 thoughts on “E enquanto o teletransporte não passa de desejo”

  1. penélope,

    essa economia de recursos naturais foi chumbada em portugal: o Sócrates estava rodeado de milhões de olindas, tás a ver?È melhor pagarmos o petroil, poluirmos o planeta e sermos energeticamente dependentes e bem pagantes.

    Mas como sou uma dreamer e pelos vistos not the only one, apoio: despesismo, regressa.

  2. ó edie, andas sempre – nessa tua visão afunilada acerca dos assuntos, perspectivas meramente sectárias – com a Olinda na boca. não queres pegar no mito das pilas pretas e grandes e proceder à substituição? e tens a vantagem de poderes variar e as meteres também no cu e na conincha.

    pensando ainda melhor, Penélope, também não gosto muito por serem escaldantes. já viste, seriam as verdadeiras autoestradas para o inferno.:-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.