Os normopatas andam por aí!

Claro que toda a gente percebeu onde fui eu buscar inspiração para a minha pequena adivinha de há pouco. Mas não é só por estes exercícios de exploração cultural da Joana Amaral Dias que o Bicho Carpinteiro merece visita delongada.
A prosa panegírica de Medeiros Ferreira, por si só, é um deleite para a alma e uma sessão de cócegas para a disposição mais sisuda. Ora tomem lá isto: “a apresentação do livro «Mário Soares, o que falta dizer», feita por Carlos Amaral Dias foi um momento de grande qualidade cultural, como raramente as épocas eleitorais proporcionam. Recorrendo à mitologia e à sua formação, o Professor comparou Mário Soares a Orion, e chamou-lhe o caçador do futuro.E descreveu os normopatas como irremediavelmente falhos de perspectivas.”
Orion e normopatas. Imagino a “qualidade cultural” da função.
Então se teve algo a ver com a ode que o distinto professor compôs há uns tempos para exaltar um livro de Clara Pinto Correia, estamos conversados. Recordo de seguida alguns excertos, então pacientemente inventariados pelo nosso Zé Mário:
“Há pessoas que, num determinado tempo, representam, contradizem, infirmam e confirmam esse tempo. Fazem-no tão só porque pensam e porque pensar não é uma actividade homóloga de si própria, mas heteróloga porque pensativante.”; “transmigrando a sua subjectividade sobre pequenos/grandes acontecimentos que vão de Entre-os-Rios a entre as falas e as suas disjunções.”; “como os besuntos de cimento armado que se fazem, lá onde se catrapiscou uma lontra sob a luz indízivel da juventude.”; “relação inelutável entre personalidade e máscara, que no étimo grego reenvia ao mesmo.”; “Sabe-se, ainda, que os que usam a personalidade como máscara e a máscara como atributo da personalidade se auto-condenam à observância pública da perscrutação mais ou menos paranóide do sujeito mascarado.”

Calculo o esforço de Mário Soares para não adormecer.

2 thoughts on “Os normopatas andam por aí!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.