Marques Mentes

“Ele [Sócrates] não vai ser comentador, isso é meramente um instrumento para um objectivo”, considerou o antigo presidente do PSD Marques Mendes no seu espaço de comentário político da SIC.

Luís Marques Mendes – que é um autêntico comentador político desinteressado, isento e objectivo, daqueles que não deixam dúvidas, a quem nunca passou pela cabeça vir a candidatar-se a porra nenhuma, nem no passado, nem no presente, nem no futuro – não duvida que este regresso do anterior primeiro-ministro esteja ligado a uma candidatura a Belém dentro de dois anos. De resto, quem de boa-fé poderia duvidar disso?

Que fique bem claro que o puro comentador político desinteressado Marques Mendes não quer candidatar-se a Belém nem dentro de dois anos nem nunca, como também jamais quis ser primeiro-ministro, conselheiro de Estado ou sequer presidente do PSD, cargo este que só aceitou em 2005-2007 para ajudar patrioticamente o governo de Sócrates na sua política de consolidação orçamental.

Diga-se que enquanto Marques Mendes assumiu a espinhosa missão de chefiar a oposição a Sócrates, a contenção do défice das contas públicas foi uma realidade, pelo que só a conhecida ingratidão dos socialistas explica que nunca tenha sido feita justiça à decisiva acção do notável político laranja.

Há por aí quem fale de uma pseudo-crise financeira internacional, mas a prosaica verdade é que assim que Marques Mendes deixou o leme da oposição, as contas públicas portuguesas entraram em descalabro. Nada acontece por acaso.

14 thoughts on “Marques Mentes”

  1. Julio

    O Marques Mendes não tem tamanho para se candidatar a Presidente da Republica, por isso não chateies o rapaz.

  2. já era altura, não é piada, para o minimendes explicar quanto é que ganha como comentadeiro, quem é que lhe passa as supostas informações confidênciais e porque é que o nome dele é o primeiro a desaparecer dos processos mediáticos.

  3. “O Marques Mendes não tem tamanho para se candidatar a Presidente da Republica, por isso não chateies o rapaz.”

    para concorrer com a baixeza do cavaco não é necessária grande estatura

  4. Ignatz

    Quanto ao que te preocupa sobre o Marques Mendes, te digo e não é piada, estou mais preocupado com o futuro do meu Sporting.

  5. Júlio: Vi ontem pela primeira vez uma parte do programa do MM. Achei aquilo inqualificável: bisbilhotice, intriguice, conversa de café entre correligionários. Esta direita é uma vergonha.

  6. Penélope

    Não perco tempo a ouvir essa rapaziada do meu partido. Mas espero que tenhas lido, no caderno2 do Publico de hoje, o percurso de vida de um individuo excecional.

  7. “Não perco tempo a ouvir essa rapaziada do meu partido.”

    pois, lês os resumos do correio da manhã que recitas e as orientações técnicótáticas do público que cagas de poleiro numa de pavão de s. bento.

  8. Ignatz

    Acordas cedo só para dizeres disparates. Os únicos jornais diários que eu leio são o Publico, jornal de negócios e o diário económico. Tenho la tempo para ler o correio da manha. Acho que nunca comprei esse jornal.

    Até Quarta não faço mais comentários sobre Sócrates. Vou esperar para ouvir o que é que o sultão tem para nos dizer.

  9. Porra, Sporting? Mas isso existe? Estamos aqui a discutir questões no âmbito do transcendente? Já não chega levar todos os dias nas televisões, a abrir os noticiários, seguindo-se depois intermináveis debates, com a incontornável questão?…………. ainda se fosse o Belenenses ou o Estrela da Amadora. Oh diabo já meti a pata na poça, a inveja e a saudade trairam-me.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.