Freitas ganha pouco

Há muito tempo que não se falava de Freitas do Amaral, o que em ex-celebridades desse calibre costuma provocar engulhos e obstipação. Anteontem Freitas dormiu mal, sempre a ruminar no seu nulo protagonismo na era Coelho – uma injustiça que só vem confirmar a ingratidão congénita do partido laranja e do gajo de Belém. Freitas nunca esquecerá que, nos anos 80, o mangas de Boliqueime se baldou a participar nas despesas da campanha Prá frente Portugal e o obrigou a trabalhar à noite durante dez anos para pagar as dívidas. O fabricante dos chapelinhos de plástico também o vigarizou, mas isso são outros contos.

Ontem, entre o peido contrito do pequeno almoço e a água de Colónia, Freitas voltou a meditar em tudo isto três vezes, o que nele costuma preceder explosões de génio. Vai daí, nasceu-lhe uma ideia poderosa. Foi ao armário roupeiro e procurou nos cabides de trás aquela camisola proletária que já não vestia desde que o filho, o futuro escritor pimba, o tratou de burguês. Sacou do telefone, convocou a RTP e largou a bomba:

“Uma pessoa que ganha mais que 15 mil euros é privilegiada. Os que ganham 50 são muito privilegiados. E os que ganham 200 mil euros mensais – porque os há – são os tubarões. Devia haver, por parte do Governo, um imposto, uma tributação especialmente pesada sobre essas pessoas”.

Que ninguém se engane. O que rigorosamente se pode inferir desta bocarra mediática do fundador da democracia cristã lusitana é isto, e só isto:

1. Que Freitas ganha actualmente menos de 15 mil por mês.

2. Que supostos amigos de Freitas, que ele secretamente despreza e inveja, ganham mais de 15 mil euros por mês.

3. Que alguns dos mais perniciosos inimigos de estimação de Freitas ganham todos, por um caprichoso acaso do destino cruel, mais do que 200.000 euros por mês. Por exemplo, o merdas do Pires de Lima quanto ganha?

 

3 thoughts on “Freitas ganha pouco”

  1. Não esquecer a sua formação cristã, que o levou há alguns anos a voltar à AR para preencher o tempo necessário à sua merecida reforma. Porque temos todos de pensar no futuro, assim ele disse na altura. Ai, ai, não fossem os problemas de coluna e ainda agora ele aí andaria a fazer campanha pelo inominável. Gostas pouco, gostas…

  2. Freitas, veio com esta proposta,por que sabe que nunca a direita dos interesses a implementará. é mais face o “emplastro” ir à lua,do que essa medida ser aplicada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.