Almoço a dois

Francisco e Bento XVI estão agora a almoçar juntos em Castelgandolfo.

Como se tratarão?

– Vossa Santidade pode passar-me o galheteiro?
– Aqui o tem, Vossa Santidade.

6 thoughts on “Almoço a dois”

  1. Deve ser mais para o lado daquela tradição francesa do «caro colega», em minha opinião. Aliás, com o progresso da medicina moderna e a dificuldade em lidar com relatórios semi-secretos, ainda vamos ver ceias de papas à Júlio Dantas, equipas de futebol, sindicatos, etc..

  2. o almoço começou dessa forma ,mas com os copos o tratamento vai ficando mais” terra a terra “e termina assim: óh bento passa-me a pinga e o francisco responde: tem calma ó tótó

  3. “O papa é muito simples.”

    Surpresa geral, estupidez global, maravilhamento basbacal, fés lacrimejantes, baba e ranho q.b. Como todos tínhamos obrigação de saber, os papas deveriam ser, por definição, vaidosos e complicados.

    Sabedoria popular, variação em ré menor:

    Com papas e bolos se enrabam os tolos. Os Gaspares do planeta agradecem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.