A boca mais idiota da semana

Nascido em 1966, o bocas de serviço no CDS, Nuno Melo, tinha 9 anos em 1975.

Há dias Nuno Melo atirou para o ar que um acordo de governo do PS com o Bloco e PCP seria um golpe de Estado PRECiano.

Quando fala do PREC,  está certamente a referir-se a uma história tenebrosa qualquer que os papás lhe contaram em que os maus eram os socialistas, os comunistas e uns militares de barba.

Um golpe de Estado porquê, meu menino? E por que raio PRECiano?

Vai lá perguntar isso melhor, rapaz, que parece que te enrolaram.

26 thoughts on “A boca mais idiota da semana”

  1. teodoro,desta vez estou contigo.nuno melo,não é um politico imbecil,mas um imbecil na politica. noticia de ultima hora. o sergio sousa pinto,demitiu-se por não concordar com a estrategia de antonio costa.paulo portas em 2011,defendeu em debate com passos coelho governos formados por maiorias.

  2. Nuno de Melo, primo-sobrinho de Eurico de Melo, que foi um dos mais sinistros personagens do antigo regime que se acomodou no pós 25 de Abril, é um pingente desbocado e arrogante com tiques de autoritarismo anti-democrático que necessita de aprender umas noções básicas do que é viver em democracia, por exemplo, o que significa o respeito pela diversidade e opiniões alheias .
    Assenta-lhe como uma luva a ele e a outros betinhos do PP, incluindo Portas, o epíteto de Gentlemen farmer’s.
    É certo que nem todos compram a roupeira na Labrador, muitos vão mais para a Wesley, hehehe .
    Eu gostava muito de ver o Telmo Correia na choça.
    Todos sabem o motivo porquê. Para além disso, Telmo, é também mais um anti-democrata que não consegue disfarçar a dificuldade de ter que viver em democracia .
    Lembrete para os betinhos do PP e anti-liberais do PPD :

    * “Lei 34/87 de 16 de julho

    Artigo 10.º

    Coacção contra órgãos constitucionais

    1 – O titular de cargo político que por meio não violento nem de ameaça de violência impedir ou constranger o livre exercício das funções de órgão de soberania ou de órgão de governo próprio de região autónoma será punido com prisão de dois a oito anos, se ao facto não corresponder pena mais grave por força de outra disposição legal.

    2 – O titular de cargo político que, nas mesmas condições, impedir ou constranger o livre exercício das funções de ministro da República em região autónoma, de governador de Macau, de secretário-adjunto do Governo de Macau, de assembleia regional, da Assembleia Legislativa de Macau, de governo regional ou do Provedor de Justiça será punido com prisão de um a cinco anos.

    3 – Se os factos descritos no n.º 1 forem praticados contra órgão de autarquia local, a prisão será de três meses a dois anos.

    4 – Quando os factos descritos no n.º 1 forem cometidos contra um membro dos órgãos referidos nos n.os 1, 2 ou 3, a prisão será de um a cinco anos, seis meses a três anos ou até um ano, respectivamente.”

    As pressões exercidas contra os membros do Tribunal Constitucional, que é um órgão de soberania, caem no n.º 1 da Lei em referência .

  3. Júlio: «Quando fala do PREC, está certamente a referir-se a uma história tenebrosa qualquer que os papás lhe contaram em que os maus eram os socialistas, os comunistas e uns militares de barba.»

    Júlio, parece-me que não foi só o Nuno Melo a ser enrolado. Não sei que lembranças tens do PREC, do PS dos velhos tempos do Manecas das intentas & émulos, do PC do cerco à constituinte, do projecto bicamaral indonésio do MFA à revelia do bom povo civil, e tantos outros sonhos húmidos dos psicodramas esquerdistas dos longínquos (?) idos de Abril. Mas a ideia-chave de uma política mais sensata, capaz de derrotar a arrogância da direita mais estúpida do mundo, agora muito enganadoramente transformada em pseudo-liberal, só pode passar por um bocadinho mais de inteligência à esquerda, para já nem falar em princípios políticos sãos e — pasme-se! — amor á liberdade. Certo?

  4. “Assenta-lhe como uma luva a ele e a outros betinhos do PP, incluindo Portas, o epíteto de Gentlemen farmer’s.
    É certo que nem todos compram a roupeira na Labrador, muitos vão mais para a Wesley, hehehe .”

    Milhões de vezes o Rosa & Teixeira…

  5. Não, muito provavelmente disseram apenas que os maus eram só os comunistas e a extrema esquerda.
    Estes últimos cercaram e tentaram impedir uma pacífica reunião política, o congresso do CDS no Palácio de Cristal, porque tinham uma ideia estranha sobre liberdade e democracia.
    Os socialistas, liderados por Mário Soares, partilhavam com o CDS, de Freitas do Amaral e Amaro da Costa, os mesmos conceitos de liberdade e democracia.

  6. Meireles,
    lembro-me muito bem do falecido PREC, que não me deixou saudades, mas que tem isso a ver com a anedótica imbecilidade do Melo?

  7. F Soares,
    se lhe disseram isso, porque é que o animal associa hoje o PREC a um possível governo liderado pelo PS apoiado pela maioria de um parlamento democraticamente eleito?

  8. Esse Nuno Melo é uma verdadeira besta, ele não sabe que existe uma coisa chamada democracia…? Ao agitar espantalhos já podres, pode ser que lhe caiam um ossos naquela cabeça dura e enfim perceba o que é a vontade do povo, em liberdade….

  9. Falam e com razão do cerco ao CDS num comício no Palácio Cristal, no Porto. Eram tempos conturbados. Mas não falam do homicídio ao padre Max, das bombas nos centros de Trabalho do Partido Comunista, no assassínio de Ferreira Torres que nunca se soube quem foi. Sei que vão dizer que isso foi perpetrado pelo MDLP. Mas por onde andam estes aficionados? Não me digam que andam nas fileiras do PCP e do PS! Quem foi um dos mentores do MDLP? Não foi o cónego Melo que segundo parece era tio de Nuno Melo, do CDS! Por isso não me admira as bocas de Nuno Melo. Quem sai aos seus não degenera.

  10. Júlio: «Meireles, lembro-me muito bem do falecido PREC, que não me deixou saudades, mas que tem isso a ver com a anedótica imbecilidade do Melo?»

    Nada. Só tem a ver com a sugestão de que «os socialistas, os comunistas e uns militares de barba» que conduziram o PREC são lendas inventadas pelos papás dos patéticos Nunos Melos para disfarçar a sua verdadeira condução secreta por extra-terrestres infiltrados.

    Ora como tenho o grato prazer de ser antigo neste planeta, lembro-me muito bem da perda dos direitos civis e políticos, pouco depois da sua recuperação nominal, da uma parte importante da população portuguesa, aquando da inventona do 28 de Setembro e suas sequelas.

    Lembro-me até, para nem sequer chegar aos garbosos e barbudos militares, do então recente PPD, com as suas frechas ao vento, a correr à batatada a bolinha ao centro do não menos recente CDS, ávido por participar no comício conjunto em que o entusiático dueto PC & PS e o tolerado PPD festejavam no Rossio esse acidendato início do PREC e a interdição de partidos liberais e conservadores por então igualmente em formação.

    Mas vale mesmo a pena estarmos hoje, depois de tanto tempo decorrido e tanto juízo adquirido pela esquerda «pró-burguesa» (para recordar o antigo crisma da tal democracia), a fingir que o PREC só nasceu com o assalto do Cunhal em pessoa às rotativas da República?

  11. O BE e o PCP há muito que deviam querer assumir rseponsabilidades na governação; teria sido mais sério, terem assumido isso, já com a troika- em que se recusavam a falar, e na campanha eleitoral. Mas não é por essa manobra eleitoral que não têm todo o direito a ir para o governo. Cá estaremos para após os 6 meses siryzicos, recebermos novamente as Entidades, para endireitar a economia.

  12. «Paulo Santos
    11 DE OUTUBRO DE 2015 ÀS 11:47
    Esse Nuno Melo é uma verdadeira besta, ele não sabe que existe uma coisa chamada democracia…? »

    E o gajo que diz isto é o quê? Um outro inteligerda…mais um IGNARALHO…
    Democracia. Alguém me diz o que é a DEMOCRACIA? Mas atenção: depois vão aplicar o conceito no dia a dia.

  13. O congresso do CDS no Palácio de Cristal ( que no dizer dum comentador aqui, não existe ) representava uma tentativa de forças muito conservadoras e nalguns casos até, reaccionárias, se organizarem e tentarem uma espécie de contra-reforma, sempre aceitaram o regime democrático a contra gosto. Como não podiam eliminá-lo ( pese embora nesse tempo ainda pudessem acalentar esperança de o verem desaparecer ) integraram-se nele .
    A rede bombista no Porto, tinha por elemento muito activo um tal Ramiro, que mais tarde arranjaria emprego por cunha das forças de direita que servia, numa gasolineira . Após ter sido amnistiado por Soares ( o artola do costume ) agradeceu publicamente o facto .
    Veio-se a saber anos mais tarde, – ai as prescrições – que quem fornecia as bombas, era o comandante da PSP no Porto.
    Naquele tempo, era prática os militares transitarem para tachos na polícia .
    E há líricos aqui a falarem do CDS, agora PP e ainda pior, como um partido democrático .
    Por vocação não é . Por necessidade e quasi-democrático, talvez .

  14. se continuarmos a andar com a cassete para tras,descobrimos que grande parte dos papás dos psd e cds,andaram pela união nacional….

  15. Fifi, alma gentil, nem queiras saber onde vais parar se rebobinares as cassetes dos outros. E se recuares o suficiente nos teus estudos genéticos és muito capaz de ir aterrar naqueles comícios da fé no velho terreiro do paço.

  16. Fifi,

    Qual é o problema com os papás «psd» e «cds»? Será que eles e outros não têm direito a enfileirarem onde querem? As suas vocações políticas e/ou sociais são melhores que as dos aludidos papás? Ora quando se fala TANTO em democracia, não será de deixar a cada um, as suas simpatias e exercícios políticos?

    Eu falo-lhe de COMUNAS que só pensam neles e AI DE QUEM ousasse aparecer com uma camisola nova, diferente…!!! Era um ataque ao povo…Pensa que ser de ESQUERDA é ser perfeito ou correto?

    Eu digo-lhe que não é! Se portugal fosse entregue a ESQUERDALHAS, hoje estaria reduzido a um silêncio maior que aquele que se sentia nos tempos de Salazar. Ou duvida? Veja o que as políticas esquerdistas fizeram na Europa! Muro de Berlim, Bósnia, URSS, China, por aí fora! Uma nojeira, um verdadeiro HORROR.

  17. Este País tem tempo para brincar aos políticos, entronizar políticos e…eventualmente pulhíticos. Aqui não há crise, mas há circo.

    Ora, parece-me que se deve TRABALHAR e não badalar o que os BESTAS fizeram e se especula vão fazer ( BESTAS, latu sensu). Porém, daqueles que se esmeram na escrita palavrosa, eu não retiro nenhuma solução. Têm alguma solução…? É evidente que por mais imaginativa que seja, a UE MANDA.

  18. E, portanto, àcerca de idiotas…parece-me que há ainda outros idiotas a confirmar o ditado: Takes one to know one!

  19. Dr. Oz

    Eu vigio sempre…e até atento no que os outros dizem. Ora receita aí algo para o asnedo que anda por aqui…nota, não me incluo, nem a mais dois ou três….Não precisamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.