Passeio bloguítico

Não sei se este «Perguntar não ofende» é o mesmo blogue que procurei durante tempos, e que suponho era (será ainda?) brasileiro. Mas este é português e é de partir o coco. Veja-se isto.

Mais selecto, mas igualmente fino, é um blogue que (julgo) acaba de surgir, «Não li nem quero ler», e que lembra o JPG (Recordam-se? O Leone dá boa conta da loja, mas que é feito, George?), conseguindo ser ainda mais feroz. Por exemplo, este apontamento, que não aumenta a glória de José Luís Peixoto – o autor, de resto, de algumas (outras, não li essa) rutilantes crónicas no JL.

Coisa já mais antiga, de Abril, mas com que só hoje dei, esta deliciosa história no blogue «Destaques a Amarelo». E não é, o blogue ele mesmo, uma festa para os olhos? Perguntar não ofende.

A tempo e horas:

Descubro que o autor de «Destaques a Amarelo» é o Sérgio (Aires) a quem Francisco José Viegas deve (e agradece) a «ordem» conseguida no seu blogue de textos. Ainda por cima, um tipo ordenado.

5 thoughts on “Passeio bloguítico”

  1. O das perguntas é muito conhecido na blogosfera e costumo por la os olhos todas as semanas! Ja o dos Destaques a Amarelo é novo para mim!
    Obrigado pelo serviço cyberpublico.

  2. Porque é que do Brasil a gente só conhece a merda da Ivete Cengalho ou Sangalho e não a literatura toda óptima, sofisticada, elegante, inteligente e bem-humorada que eles têm?

  3. Caro Carlos Leone,

    Aqui no Aspirina, as coisas não são nada diferentes. Ou só porque, no nosso caso, as ausências se multiplicam por quatro ou cinco.

    E mais uma diferença: você sabe que o George anda ocupado. Eu, do que tragam pela alma os outros vitamínicos, nada saberia dizer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.