Álvaro 1 – CDS 0

Portas tem fama de ser inteligente e é sem dúvida um político experiente, não se percebe é o que o País tem beneficiado com os seus já longos anos de carreira política. Se vivêssemos tempos normais, depois da espécie de remodelação anunciada ontem pelo Governo, não faltariam vozes a declarar a estrondosa derrota do CDS, que, pela voz de alguns figurões, tem exigido uma remodelação mais profunda. Parece que a inteligência de Portas não está ao serviço do partido de que é líder e muito menos ao serviço do País. Aparentemente, serve apenas os seus interesses pessoais. Afinal, é muito melhor ser ministro do que interpretar o papel de Paulinho das Feiras, essa é que é essa. E a verdade é que (fazendo aquelas continhas que a direita tanto gostava de fazer durante a governação de Sócrates), nos últimos onze anos, Portas já conta cinco como ministro. É pois a ele que temos de agradecer os cinco anos de governação da direita, governação desastrosa, diga-se, ao lado de três primeiros-ministros, qual deles o pior. O que vale é que o que ‘nos trouxe até aqui’ foi única e exclusivamente a governação socialista. Adiante.

O que diria o Paulinho das Feiras do líder de um partido, do qual depende a coligação que suporta o Governo, que parece abdicar do seu poder negocial, preferindo deixar o seu partido a falar para o boneco?

One thought on “Álvaro 1 – CDS 0”

  1. Desde a formação do governo, há 2 anos, que o Pires de Lima anseia pelo lugar de ministro da economia. Ficou sempre patente nas suas milhentas declarações públicas que o seu grande objectivo era ter acesso aos muitos milhões de euros dos programas de apoio para os distribuir da melhor forma pelas empresas…dos amigos!|

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.