Melhor que o fórum do Dótor Manuel Acácio

ginja.jpg

Voto no Eduardinho
Voto em quem conheço de gingeira, o Eduardinho ali para os lados do Rossio, o único consolo para a alma nos tempos que correm. Por falar nisso, não imaginava o Eduardo metido nisto !!!

Na estalagem de Maria Elisa, os portugueses foram entrando, ergueram o arraial e desataram a partir a louça no salão do ponto de vista. Exibem em alvoroço os mais alucinados dotes de interpretação histórica, combinados com alguma lírica caseira (com e sem rima). Amimam-se. Insultam-se. Alinham batalhões contra e em defesa do contabilista que veio de Santa Comba. No meio desta demência, há quem se leve a sério, ou até quem acredite que entre tamanhas almas perturbadas é ainda possível a troca de algumas impressões. Alguns exemplos:

Condença de Momadona
Na minha opnião vai ser dificil escolher o melhor portugues, pos eu acho que há muitos portugueses que merecem este voto eu votei na grande MOMADONA QUE FOI UMA MULHER QUE AJUDOU MUITO O POVO EM GUIMARÃES

O Badaró, que alguém propôs, é capaz de não ser má escolha. Identifica-se perfeitamente com o espírito português.

Definitivamente, o meu voto vai para Pedro Santana Lopes. O único 1ª ministro português que, nas únicas eleicões legislativas a que se submeteu, conseguiu dar a 1ª maioria absoluta ao maior partido da oposição, hoje Governo.

[este ou é contabilista, ou tesoureiro nas Finanças]
O desiderato, na minha opinião extrema-se entre o simples e o complexo. Por consequência terei de dar uma atenta passagem pelos mais notáveis nomes e factos da nossa História, tentando avaliar quem deveras mais marcou e se fez marcar em tão longo e glorioso percurso. Nunca dantes se me suscitou interrogar-me sobre o sujeito em apreço. Assim, como até ao próximo dia 31 tenho ainda algum tempo, vou reler um pouco e matutar, como se na pele lhe tenha estado, sobre a personalidade que haverei de eleger.

[o salazarista e a Andreia Filipa]
Leio que uma Andreia Filipa diz o seguinte acerca de António Salazar: ” Um homem que matou muita gente á fome, á pancada etc. Proibiu a emigração, enfim um homem de lamentar na nossa historia.”
É de lamentar que haja opiniões assim, baseadas no que OUTROS dizem. Salazar não encheu os bolsos. No tempo de Salazar nas casas mais pobres havia sempre lugar à mesa para mais uma pessoa.

[Ah! Camões. Esse notável organizador de palavras…]
O GRANDE PORTUGUÊS foi LUIS DE CAMÕES: A forma como escolheu as palavras certas, as organizou, e com elas fez versos que ainda hoje nos emocionam, faz dele talvez o maior de entre todos!

[uma espirituosa definição do Portugal onde havia sempre mais um lugar à mesa]
esse tacanho do Salazar que depois transformou Portugal numa utopia rural e pacóvia, uma espécie de comunidade “Amish” com 10 milhões de fanáticos religiosos parolos só que sem barbas.

E esta hein???
mais um que falta, Fernando Pessa.

[a prova de que mesmo na era dos VQPRDs o vinho do Ribatejo continua a ser largamente martelado]
Por que nao falar nos menos conhecidos??
Por exemplo o de Antonio Carlos Verissimo Gomes, nascido em Riachos, no conselho de Torres Novas, distrito de Santarem. O Antonio, ou melhor o Verissimo ingressou o Rancho Folclorico os “Camponeses” des Riachos durante 42 anos, e este ano deixou nos no passado dia 1 de Agosto. O Antonio dança va FANDANGO, com uma siloeta uns pes que so ele sabia dominar, tinha um optimo ouvido para a musica e para ele enventar novos passes nao tinha qualquer tipo de dificuldade.

[O ingénuo, a PIDE e o diálogo]
Um familiar meu que tinha propaganda nazi no sotão por ingenuidade quando ainda não se sabia que os nazis eram maus, foi vitima de denuncia anónima à PIDE que foi lá a casa. No entanto a PIDE percebeu que a pessoa em questão não era nazi e apenas tinhas aqueles panfletos por ingenuidade e não incomodaram mais essa pessoa. Apenas para dizer que o nazismo era mal visto pelo regime e a PIDE estava aberta ao diálogo.

[Alguém que deixou queimar o jantar!?]
CUNHAL? Não, obrigado Carina
Oh! Ignominia!
Oh! Estulticia!
Oh! Tragédia!
Oh! Indecoro!
Oh! Cruel tristeza!

[À atenção da comissão de protecção de menores da comarca]
Ana Sofia
Todos cometemos erros. Eu errei quando me esqueci de colocar um vírgula entre épocas e dirão e deveria ter escrito ” devemos situar-nos” ou “que nos devemos situar”.
Enquanto escrevia tinha uma Neta de 16 meses ao colo!…

[Um regime com dupla personalidade]
Salazar foi responsável pela maior parte das qualidades do regime a PIDE e a censura pelos defeitos.

[É demasiado fácil fazer uma piada invocando o Valentim Loureiro e tal…]
As causas que levaram Dona Andrelina Soares a aceitaro cargo de ser a única mulher coveira em Portugal, dava uma história que a meu ver, seria um exemplo de coragem, bravura e respeito. Votei nela, pois acho que é tempo de Gondomar lhe atribuir ainda em vida um prémio de reconhecimento pelo dificil trajeto de vida.

[Ora, aqui está um neurónio que, ainda que solitário, conseguiu disparar o impulso nervoso no sentido da resposta correcta]
Após ter lido alguns comentários acerca da figura de António Oliveira Salazar, gostaria de referir que por mal ou por bem este senhor foi um grande português, uma vez que marcou o desenvolvimento do nosso país, atrasando-o em relação aos restantes países da Europa.

[este só pode ter sido o nosso Luís Rainha]
Vicente, o irmão de Matateu (e isto é bruma para a maioria), ao lado de Coluna, constituíram as principais ameias do castelo que permitiu ao Eusébio ser o lídimo ponta de lança em algumas auspiciosas batalhas ganhas…

Muitos, como eu, ainda hoje agradecem ao carpinteiro. Fraca cadeira para fraca figura.

[Um eleitor de José Sócrates, que antes votou Barroso]
O Grande Português é o cromo que vai pagar mais electricidade, mais água, mais combustível, mais saúde, mais educação, mais justiça, mais tudo e ainda mais tudo. E vai receber menos.
O Grande Português é o cromo que aceita tudo de boca calada, como se fossem inevitabilidades, sempre com a cenoura da retoma e da estabilidade orçamental posta à frente.

[Pois…]
Quando foi Portugal, Viriato constituíria uma espécie de áurea que iluminava a planície do sonho que dealbava. A impotência que se opunha ao irrompimento fechava os olhos e vislumbrava um pastor-guerreiro coberto de peles com um varapau numa mão e uma espada na outra.

O que esperam para colocar a biografia de Viriato nas biografias/sugestões? A minha mãe está indignada com essa situação!

[Se não fôra o Erasmus…]
Infante D. Henrique
Em Paris (La Villete) aprendi que o Infante D. Henrique foi o primeiro humano a por em prática o método científico tal qual hoje o conhecemos montando uma organização em que a pesquisa era um dos fins, tanto na descoberta das estrelas Polar e Cruzeiro do sul, como no processo dos Descobrimentos em si mesmo.

[SALAZAR HIT PARADE]

« REST IN PEACE » QUE A DEMOCRACIA AGRADECE
Últimas pérolas do elogio a Salazar:

1- « único político que andava de comboio » ;
2- « morreu pobre » ;
3- « ele nunca me fez mal » ;
4- « deixou uma herança de 800 toneladas de ouro » ;
5- « defendeu o Império Ultramarino » ;
6- « tinha uma dimensão ecologista » ;
7- « não havia gastos em frotas de carros novos » ;
8- « não havia tantos roubos e assaltos » ;
9- « toda a minha família dizia o que lhe apetecia e nunca sofreu nada » ;
10- « deu emprego a um homem sem mãos que escrevia bem com os cotovelos » ;
11- « tinha dificuldade em compreender aqueles que visavam instalar-se no poder para o substituír » .

Esta listagem tem o alto patrocínio das seguintes entidades, apresentadas na ordem respectiva :

1- Caminhos de Ferro Portugueses ;
2- Grupo SONAE ;
3- APAV: Associação Portuguesa de Apoio à Vítima ;
4- Banco de Portugal ;
5- PALOP´s: Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa ;
6- QUERCUS ;
7- Associação das Sucatas de Portugal ;
8- PSP e GNR ;
9- Associação 25 de Abril ;
10- IEFP: Instituto do Emprego e Formação Profissional ;
11- Assembleia da República .

7 thoughts on “Melhor que o fórum do Dótor Manuel Acácio”

  1. Gibel:

    Não sejas má lingua, tens pelo menos que reconhecer que a senhora veio de Londres com o hábito de frequentar bons cabeleireiros.

  2. Foi a revisitação do PREC:

    Uma esquerda em peso a malhar num velhote com argumentos caceteiros.
    Destaque para a CAD júnior, em registo psicosomaticamente pensativante.

    Gostei particularmente a historieta em que Mário Soares foi agraciado no Brasil como grande português por um académico que no acto agraciou de facto…Salazar, enaltecendo-lhe as qualidades.

  3. A RTP devia deixar-se de debates com figuras publicas chatas e convidar quem escreve estes belos comentários e assumir de vez que o Grandes Portugueses é um programa de humor.

  4. Sobre a “misturada” deste “entretenimento”,da RTP, já fiz um post no meu bloguezito.

    Acrescento;

    Que esperavam? Isto é uma espécie de “Quinta dos Famosos” com pretensões culturais e de eleição de “valores nacionais”.

    Uma espécie de bacalhau com todos e salada de frutas misturados.

    O “contabilistya de Santa Comba” era antes de mais o Sr. Padre Salazar. Pois chegou a tomar “ordens menores” e por esse nome era, à época,conhecido na sua terra.Assim reza a biografia. Isso explica Concordatas e outros hábitos teológicos de manietar éticas laicas, que ainda hoje se fazem sentir.

    E depois, pergunta-se:

    Que grande figura histórica,da Política, das Artes, da Ciência, mesmo da Hagiografia,seja em que país for, tem só valores positivos?

    Não deve ser o Sebastião
    José,esse “déspota esclarecido”-que também lá está – pois não?

    Tudo isto é de uma superficialidade bacoca, algo constrangedora.

    Vi.

  5. Qual a matriz a usar para “medir” o maior, o melhor, etc., ora é impossivel aferir com os olhos de hoje o passado, mesma que seja recente, assim, acho que isto é um mero programa de entretenimento, com uma boa apresentadeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.