Cala-te tu, pá

No Eixo do Mal, o bronco do Luís Pedro Nunes estava feliz da vida com a saída da prisão em Évora e o regresso a Lisboa de Sócrates. A sua alegria tinha um racional, este de a alteração na medida de coação prejudicar António Costa e a campanha do PS, tanto pelo desvio das atenções como pelo que se espera que Sócrates venha a dizer assim que começar a falar com jornalistas. Nos órgãos oficiosos da campanha PaF, o Observador e o Expresso, a construção dos títulos e o tom dos textos transmitia a mesma certeza, Sócrates vinha raivoso para fazer mal a Costa. Igualmente foi posto a correr que entre esses dois socialistas as relações tinham esfriado e azedado, estando aí mais combustível para a explosão. Marcelo, no meio de uma acção de campanha onde apelou ao voto no PCP, repetiu a mesma cassete de poder Sócrates prejudicar, mesmo impedir, a vitória dos socialistas nas eleições caso resolva abrir a boca. Chegam estes exemplos para aterrarmos numa conclusão: mais do que um gozo antecipado com eventuais desgraças na campanha do PS, o que a direita está realmente a pedir, recorrendo à psicologia inversa, é que Sócrates fique em silêncio até às eleições.

E de facto, pois será a passividade de Sócrates o que melhor serve os interesses da coligação. Termos um Sócrates calado implicaria que ele aceitava manter-se como o bombo da festa da indústria da calúnia, a qual continuaria sem oposição a declarar que o ex-primeiro-ministro é um criminoso e que o actual primeiro-ministro é um santo. Mas mais, eventuais declarações de Sócrates sobre a situação política, e sobre esta legislatura que agora termina, poderão fazer mossa é na direita. Sócrates mantém a capacidade de empolgar faixas de militantes e simpatizantes socialistas que estão completamente baralhados com as posturas de Seguro e de Costa em relação ao secretário-geral que os antecedeu.

Há uma correlação inevitável e fundamental entre a avaliação moral e a adesão política. Daí a importância eleitoral da “Operação Marquês”, onde está muito mais em jogo do que apenas a investigação judicial a um indivíduo. Pelo estatuto de Sócrates, ele representa, mesmo na esfera da sua privacidade, um símbolo vivo do que é o PS. Tudo fazer para o apresentar como culpado de qualquer crime é, acto contínuo, estar a envolver o partido nessa criminalidade. Eis a hipótese de ele ser substantivamente um preso político que formalmente não passa de um político preso.

Viriato Soromenho Marques, uma aborrecida figura que rivaliza em pedantice e aversão a Sócrates com Carrilho, também pediu para que o homem se cale – Gerir o silêncio – encerrando o texto com a citação mais famosa do Tractatus e de todo o Wittgenstein: “Sobre aquilo de que não se pode falar, deve manter-se o silêncio.” O que é que ele, Soromenho, quer dizer com isto? Não sei, desconfio que nada. Será apenas um insulto básico na forma tentada. Sei, contudo, que a releitura da proposição número 1 – a que abre o tratado e que, portanto, é simétrica da última recomendada a Sócrates – seria de grande proveito para o Soromenho. Reza assim:

Die Welt ist alles, was der Fall ist.

Que é como quem diz, o mundo de cada um é o que lhe acontece. No mundo do processo judicial de Sócrates muito tem acontecido sobre o qual não apenas se pode falar, também se deve falar. Manter o silêncio nessas matérias poderá ser do agrado do Soromenho e que tais, entende-se. Pois têm bom remédio, que se calem.

57 thoughts on “Cala-te tu, pá”

  1. tanta maldade. nunca pela minha cabeça passaria que a liberdade, ainda que condicionada, de alguém seria arma de arremesso. mas onde é que nós estamos? em uma república onde se instrumentalizam pessoas para o mal da Cidade? pois se me estiveres a ler, Sócrates, abre essa bocarra até não poderes mais e mostra – se assim for a verdade – que és tanto humano, porque erras, como um excelente representante político dos portugueses por nunca connosco teres errado. e bufa-te todo.

  2. O que faz os escribas e comentadores dizer que Sócrates deve estar calado para bem de António Costa e PS e´ o medo do que ele tem para dizer. Onde se viu alguém dar o ouro ao bandido e ficar triste! Então para eles não e´ melhor que Sócrates fale? Já que dizem que tudo o que Sócrates diga só prejudica o PS qual o medo! A azia deles e´ grande. Mas tem um bem: tomem Kompensan que ficam aliviados.

  3. Correctíssimo no que respeita a Sócrates e à extraordinária preocupação que parece que um eventual revés do PS subitamente passou a despertar nos seus (e de Sócrates) inimigos. A essa perspectiva deve acrescentar-se que tudo o que Sócrates disser, devidamente aconselhado pelos seus advogados, deve ter em conta a disputa eleitoral em curso e não incidir directamente sobre ela, e sim sobre a luta que desde longa data o opõe aos seus caluniadores, bem como às fantásticas irregularidades da sua detenção e assassinato de carácter pela acusação e seus tablóides, no âmbito da actual farsa travestida de investigação judicial.

  4. De suposições já bastam as inúmeras que circulam por tudo o que é media e redes. Até dá vontade de rir este masoquismo que é tentar adivinhar o que o outro vai fazer ou vai dizer e por que razões e emoções. O nervosismo dos jornalistas é tão óbvio que pelo meio continuam a sair-se com disparates como a cena da pizza,as visitas, o apartamento da ex que afinal é de luxo e valia tanto e tanto, ai de onde virá o dinheiro… blabla. Mantém-se entretidos enquanto esperam que alguém abra a boca e fale. Quem disser que Sócrates tem sentido de vingança não está bom da cabeça. José Sócrates não é nem nunca foi pessoa de se deixar perturbar mentalmente e vai agir de modo correcto para raiva de todos.
    Neste momento, o assédio dos jornalistas à visita de Mário Soares é inacreditável.

  5. Valupi

    Tenha fé e saiba esperar!
    Sócrates melhor do ninguém sabe o que pode e deve dizer, quando, e de que modo.
    E fa-lo-a para desespero dos seus inimigos.
    E não tenha dúvidas, ele quer que o PS ganhe as eleições.
    Num post de há uns dias atrás eu escrevi aqui que acreditava num acontecimento a boca das urnas que poderia decidir as eleições.
    Aquele comentador que insiste em me chamar burra pode saber muito de Direito (que até nem sabe) mas não tem a minha intuição.
    E sobre este assunto mais não digo. Porque acho que não devo.

  6. Viriato SM escreveu um soundbyte ensaístico muito desadequado para expressar os seus vulgares complexos de perseguição a José Sócrates. “Não se pode falar” sobre a aquilo que não se pode entender nem expressar em palavras. Deve falar-se sobre aquilo que compreendemos bem e a linguagem alcança. O carácter cívico e moral de todas as figuras públicas portuguesas, VSM inclusive, e mesmo das pessoas que se relacionam à nossa volta, é hoje bem mais fácil de entender graças aos elementos fornecidos pela provação de José Sócrates. A atitude de o mandar calar, tão característica e frequente entre os seus inimigos, é um desses bons dados de laboratório social e político em que este processo se trasformou.

  7. esse viriato é um mete nojo, tal como o porfírio, mulher do porfírio e mais umas quantas carraças que se agarraram à teta eleitoral do costa. era embrulhá-los em papel eurico dias de natal e entregar na farmácia freitas.

  8. Valupi,
    O problema do soromenho não é o que disse o nazi Wittgenstein, mais um dos que andaram e andam a dizer notas de roda-pé acerca do que disse Platão, o problema real dele foi que tinha vendido ao seguro a ideia de que para ganhar as eleições precisava desfazer-se de Sóccrates a troco de um lugar de ministro. Costa estragou-lhe o arranjinho e agora quer vingar-se de Costa pela interposta pessoa que era o seu ódio e argumento ganhador.
    Penso que o oportunista exibicionista lpn tat como a sua querida “imprensa” e seus “politólogos” comentadores avençados querem, precisamente, que o Homem esteja calado para mais neste momento alto de sua luta inquebrantável em que pode fazer estragos avultados nos pafiosos.
    Tenho para mim que o PS e Costa estão sincronizados com Sócrates querendo, contudo, que se percepcione na rua alo contrário; que vai M.Soares e outros tantas vezes falar com o preso? Falam do físico e bronzeado de Sócrates?
    Logo, na altura precisa ou em qualquer altura necessária, Sócrates não deixará de falar em favor do PS e, por consequência, de Costa.
    E vai ser demolidor e daí o terror dos pafianos declarados e dos disfarçados seromenhos.

  9. Val,
    o terror de que Sócrates fale só será lógico no PS, pois poderá prejudicar a posição de avestruz que o PS resolveu adoptar neste caso.
    Ver os opinadores de direita, e os simpatizantes do Paf, a recomendarem o silêncio ao homem para evitar a derrota do PS só me faz rir muito!
    Então como é?
    A direita quer que o PS ganhe?!
    Será que não conseguem entender o ridículo das suas premonições

  10. «Aquele comentador que insiste em me chamar burra pode saber muito de Direito (que até nem sabe) mas não tem a minha intuição.» BURRA.

    ehehehhehehehe. Se a gaja não é de Direito, como é que ela pode avaliar o que os outros sabem em matérias de Direito? E que intuição é que uma BURRA tem? Só quando se apercebe que está quase a levar com outro BURRA em cima. BURRA. Cala-te.
    Eu não insisto em chamar-te BURRA. Eu chamo-te naturalmente pelo nome, e tu é que continuas a dar-me motivos para tal. Tu já viste o que escreves? Como é que tu apresentas a medida de uma realidade que não conheces?! BURRA.

  11. «fifi
    6 DE SETEMBRO DE 2015 ÀS 14:29
    socrates,vota faladura,para dizeres ao povo quem foram os canalhas que te fizeram a cama! e qual a motivação.»

    Permita-me a correção: que lhe fizeram a cama, que ele também ajudou a fazer…

  12. Fala, Sócrates! Bem alto! “Eles” sabem que o teu silêncio, na sequência do silêncio do PS oficial, é tudo o que desejam porque, no fundo, “quem cala consente” e o teu silêncio e o silêncio do PS significaria o consentimento da presunção da culpa. Pelo contrário, falar, e falar muito alto, denunciando os processos judiciais persecutórios, do Freeport ao “Marquês”, é tudo o que os conspiradores nem querem ouvir falar.
    Ainda quero acreditar que Costa e Sócrates tenham combinado que o PS deixaria para Sócrates o encargo da sua defesa, antes e durante a campanha eleitoral. Seria a resposta, um tanto cínica, ao cinismo da direita.
    Por outro lado, penso que Sócrates não é um grande “tribuno” e vai perder-se numa linguagem e narrativa dos factos que o povo simples não entenderá. Vai falar para jornalistas. Se continuar no estilo das suas cartas, vai fracassar em toda a linha. Ele tem que rebater calúnia por calúnia. Se o não fizer, mais valia ficar calado. Muito palavreado a protestar a sua inocência vale zero. Rebater as calúnias, uma por uma, poderia afundar os seus inimigos. Desmascarar o “normal funcionamento da justiça” seria a pedra no charco.
    Mas eu sei que o PS nunca cultivou a linguagem da frontalidade e da simplicidade. Sócrates formou-se nesse vício de comunicação. Se, agora, na melhor tradição PS, for por aqui, acredito que só vai prejudicar o PS. Também penso que para o PS e para o País, seria muito melhor o PS perder as eleições do que ganhá-las à tangente. Vencendo a PaF as eleições, concluiria o seu trabalho de destruição de Abril, e o povo, finalmente, saberia o que a direita lhe tinha reservado.
    Sócrates pode influenciar o sentido de voto da multidão de indecisos. Muito mais que as desastrosas cartas de Costa, que parece não fazer a mínima ideia da linguagem que o povo entende. Não ter ninguém, nas suas fileiras, que lhe dê uma dica, mostra quanto o PS tem um ADN tão pouco combativo. Se não quer acordar, pois que adormeça de vez.

  13. SÓCRATES, pá, CALA-TE e NÃO TE ENTERRES MAIS. Já agora…muda de advogados e deixa-te de tangas.Se fizeste alguma correção cosmética no passado, toma cuidado, que se o nariz te cresce, estragas o trabalho e dás conta da plástica.

  14. Sócrates vai falar só sobre a Operação Marquês e, a propósito dos indícios das falcatruas que lhe são atribuidas, vai devolver esses indícios para personalidades sonantes do PSD/CDS. O homem deve conhecer como poucos os casos Moderna, Casa Pia, submarinos, BPN, BES, etc.
    Um polícia só não chega, para lhe guardar a casa…

  15. Do “eixo do mal” o único comentador coerente tem sido o P. M. Lopes,
    os outros têm dias, o nunes com o fácies do Kadhafi não diz coisa com
    coisa pensando que faz humor, a clara desde que, é uma defensora da
    moral e bons costumes continua a fazer o serviço para o patrão, já o
    daniel desde que deixou o berloque não consegue acertar no GPS!
    Quanto a José Sócrates deverá fazer o que melhor entender para de-
    fesa do seu bom nome, não serão os avençados na comunicação social
    que repetindo “ad nauseum” as narrativas dos tablódes que o vão des-
    moralizar! É altura de a Justiça começar a acertar o seu relógio pelo
    tempo de todos nós!!!

  16. entendo o ponto de vista do post, mas se o objetivo é que sócrates não fale, ou que o faça com o menor impacto possível, por que razão não ficou na prisão? talvez haja alguma questão processual… alguém pode esclarecer?

  17. «É altura de a Justiça começar a acertar o seu relógio pelo tempo de todos nós!!!»
    A frase é interessante, a sua oportunidade, porém, é forçada. Será que esta GENTE sabe que o caso Sócrates NÃO é o primeiro caso que a Justiça analisa?!Quantos presos preventivos há em Portugal? E os XUXAS movimentam-se para defender esses outros que estando presos preventivamente e presumindo-se inocentes aguardam à ordem do processo? Será que para esses casos, o CM é bom para discutir à mesa e criticar os que são acusados no jornal, mas já no caso de Sócrates não se equaciona sequer um pingo de dúvida, pois o homem é imaculado?! E, claro, a licenciatura, isso já passou…foi só um desvio sem consequências e, naturalmente, que nada diz sobre a moral e o civismo do personagem. Os outros, esses que se esfalfam a estudar para se licenciarem são apenas otários…

  18. «O homem deve conhecer como poucos os casos Moderna, Casa Pia, submarinos, BPN, BES, etc.»

    Bem, se ele conhece e nada disse nem diz….

  19. Resposta ao enapa:

    É uma questão processual.
    Está-se a esgotar o prazo para deduzir a acusação com o homem preso, logo é preciso começar a liberta-lo em suaves prestações para ganhar tempo porque “é tudo muito complexo”.
    O Marques Mendes (que anda sempre muito bem informado) disse-o ontem com todas as letras na SIC !
    Não vai haver acusação até 4 de Outubro, nem sequer até 20 de Novembro, portanto … ficas esclarecido etapa.
    Além disso há recursos pendentes na Relação de Lisboa, um deles nas mãos de um juiz chamado Rui Rangel, que podem conduzir em breve ao arquivamento do processo ou no mínimo ao fim do segredo de Justiça.
    Em qualquer dos casos, uma grande maçada para todos os inimigos do homem …

  20. Jasmin Silva
    6 DE SETEMBRO DE 2015 ÀS 15:50
    Resposta ao enapa:

    É uma questão processual.
    Está-se a esgotar o prazo para deduzir a acusação com o homem preso, logo é preciso começar a liberta-lo em suaves prestações para ganhar tempo porque “é tudo muito complexo”.

    ehehehehehhehe. Esta é demais. Eeheheheheh. Portanto, tás a ver ó ENAPA, isto é uma questão processual, pá. É preciso começar a libertar o homem aos poucos, portanto, na sexta feira, libertaram os pés e a «tchirte», hum? A barriga ficou em Évora, por isso, o gajo da pizza foi embora e não entregou a coisa, mas indicou os ingredientes. Portanto, pá, a boca deve tar a chegar e atrás disso, há-de vir o rabo, etc e tal. O nariz é o último a chegar, para não competir com a boca.
    Tás a ver a complexidade da coisa? Mas descansa que a BURRA te há-de explicar melhor, depois de tomar mais uma dose de propofol.

  21. «Além disso há recursos pendentes na Relação de Lisboa, um deles nas mãos de um juiz chamado Rui Rangel, que podem conduzir em breve ao arquivamento do processo ou no mínimo ao fim do segredo de Justiça.» BURRA.

    Tás a ver ó ENAPA! E como há recursos pendentes que podem conduzir ao fim da coisa, pá, é melhor por o gajo a andar de Évora. E, já agora, o recurso pode levar ao fim do segredo de justiça…tás a ver? Ouve, a BURRA inventou um novo procedimento: «Está insatisfeito com o segredo de justiça? Não se maçe mais. Recorra. Eu trato-lhe do recurso…». A gente «vamos ver» a cara da BURRA na traseira dos autocarros de Lisboa, tás a bere, tipo states, pá, onde os tipos fazem publicidade aos serviços, com os números de telefone…bom, pá, se a BURRA for esperta pode fazer uma foto tipo bordel à Remax, e vai dar ao mesmo….

    ehehehehhhehehhehe. Cala-te BURRA.

  22. Há acima um magistrado comentador que está aflitinho de todo. Já não escreve, nem em Tirolês, nem em Português, simplesmente GRITA, melhor, BERRA de desespero com medo que o Sócrates ponha a boca no trombone e a ressonância das notas deste lhe atirem por terra a narrativa que tem vindo paulatinamente a construir com os seus comentários neste Blogue. Tem este insigne e douto Doutro de Leis, vindo a insinuar, sempre protegido na adjetivação do suposta e alegadamente, que está “por dentro do processo” e que de certezinha o Demo sairia da prisão de Évora para o cadafalso porque as provas eram de tal modo evidentes e os factos tão graves que não havia outra alternativa que não a sua condenação em juízo. Mas, talvez devido à sua imberbe experiência nestes meandros da Justiça cega interpretada e aplicada por ceguetas, esqueceu-se este senhor Doutor de Leis que há mais horizonte para além do que, mesmo os que não são ceguetas, conseguem ver. A distorção da realidade através de maquiavélicas imaginações em que muitos procuram transformar a realidade não é de agora, só que agora a anestesia do “deixa andar que depois logo se vê” parece estar a produzir maior efeito do que nunca. Reafirmo o que já aqui escrevi várias vezes: – Este processo vai acabar muito mal, e vai acabar (destruir) uma das partes da contenda. Ou Sócrates acabará condenado a uma pena que o enclausurará na prisão para o resto da vida (tal a gravidade dos factos e das provas), ou os seus carrascos Calex e Rotex (que não os reais responsáveis pela cabala montada) acabam com um processo em cima e expulsos da Magistratura.

  23. jasmin, se alterassem a medida de coação apenas após as eleições teriam-no até lá silenciado, por isso não entendo o argumento. quanto à hipótese rui rangel, implica ria que o MP já soubesse o resultado de um acórdão cujo relator ainda nem confirmou se vai ou não proferir. continuo, pois, a aguardar que alguém esclareça por que razão não mantiveram sócrates na prisão se pretendem que fique calado.

  24. Eu vou explicar isto.

    É assim.
    O cegueta anda aqui a tirar uma pós graduação em direito penal.
    Vai lendo o que eu escrevo. De acordo com o que lhe escrevo, vai corrigindo as suas doutrinas. Por exemplo, já admitiu que a prisão preventiva não é uma medida penal, é preventiva.
    Ora, o cegueta sai daqui e vai comunicar as ocorrências retóricas ao sindicato. O sindicato comunica ao topo da hierarquia.
    O senhor procurador recebe logo pela manhã um telefonema da PGR.
    ”- Senhor Procurador. Que diz hoje o Castro Nunes?
    – Ele anda a dizer que se o mantemos preso estamos a conceder e a confirmar que ainda não temos nada.
    – Caramba! Grande asno! Teimoso! Mande lá o Sócrates para casa que eu trato do resto. Quantas pessoas foram ouvidas durante o último mês e quantas buscas fez?
    – Ouvi sete testemunhas e fiz vinte e seis buscas.
    – Vá lá tirar o homem do cárcere. Eu arredondo isso. E o cegueta que se mantenha atento ao aspirina.
    – Eu acho que o cegueta é burro, senhora procuradora.
    – Bem… Mas que quer? O senhor não acha que tem mais que fazer?

    O culpado sou eu, gente!

  25. oh enaparvo, não podiam ter o socras preso na cadeia e o salgado em casa com vigilância. deu merda, iria continuar a dar merda e a juizalhada teve que remendar a incompetência porque vai haver inspecção à merda que fizeram. começou a contagem decrescente e a coisa tem de ir devagarinho para o sistema judicial não ruir de vez.

  26. Há duas evidências a constatar:
    1) Sócrates é inteligente, experiente, tem razão e bons advogados, de modo que saberá muito bem dizer quem foi, na política, na justiça e na comunicação social, que teceu todo este enredo infame;
    2) A direita está borrada de medo.
    Resumindo: vai ser um estaladão e tanto, sobretudo para os que gostam de dizer que num bêem nada.

  27. CORVO PRETO, pá, então, vieste ( desculpa lá, viestes) aqui botar falaburra, tameie?
    Já descruzaste ( desculpa, descruzastes) o braço pá? trabalhas, produzes? Que plantaste?
    Vai atacar as cegonhas, pá…

    Ouve, só li o teu fim, que me parece uma aposta…

    «Reafirmo o que já aqui escrevi várias vezes: – Este processo vai acabar muito mal, e vai acabar (destruir) uma das partes da contenda. Ou Sócrates acabará condenado a uma pena que o enclausurará na prisão para o resto da vida (tal a gravidade dos factos e das provas), ou os seus carrascos Calex e Rotex (que não os reais responsáveis pela cabala montada) acabam com um processo em cima e expulsos da Magistratura.»

    Eu voto na primeira parte da tua equação…iÔ. iÔ.

  28. TOBIAS, a sério? Hum? De onde vens? És mais um comuna? Coitadinha da direita…vai lá, fobias, vai lá, com um rolinho de papel, ou então pá, contata o Perna que o gajo deve ter papel excedente….hum?Assim não gastas…e nem todos têm amigos como o Santos Silva…

  29. ENAPA, não te constranjas! Se quiseres continuar na linha que tens seguido, creio que os PAREXERES da BURRA e do IGNARALHO estão à altura. Para mais estudo aprofundado, sempre tens a DOUTRINA da BURRA do MÉTODO….

  30. Tobias, não acredito que a direita esteja borrada de medo, quando têm a faca e o queijo na mão. Ponha-se a hipótese de Sócrates ser acusado brevemente; por um quase milagre, a justiça se faz célere; e Sócrates, à semelhança do Casa Pia e do Face Oculta, é condenado a uma dúzia de anos de prisão Ou mais), sem provas mas por inferência e convicção dos juizes. Se isto acontecesse, dois terços (ou mais) do povo ia aplaudir, devidamente orquestrado por toda a comunicação social. Isto pode mesmo acontecer. Casa Pia e Face Oculta foram um sucesso! Na Operação Marquês o processo foi refinado. Pela amostra, os tribunais estão sintonizados como nunca. Nem um sequer recurso teve o mínimo acolhimento e. das duas,uma: ou os tribunais que receberam os pedidos de recurso sabem das “provas/indícios” sólidos apresentados pela acusação, ou não sabem e pronunciaram-se por mera “convicção”. Se foi assim, assim será até ao fim. E todos dirão, no final, compreensiva e democraticamente: é a justiça a funcionar.

  31. enapa

    Eu só tenho neste momento uma dúvida: o papel do Juiz de Instrução neste enredo.
    – Faz parte do estrujido ?
    – Ou, tal como o Juiz Rui Teixeira no caso Casa Pia, foi enganado pelo Ministério Público ? por assim dizer, foi o idiota útil ?
    É que se for a 2ª hipótese pode dar-se o caso de a defesa ter começado a furar o sistema através do convencimento do Juiz de Instrução, que tendo aberto a pestana foi dizendo ao Rórró que seria melhor começar a desmontar a tenda, aos pouquinhos para não dar muito nas vistas, até porque ele não estaria na disposição de continuar a farra.

    Antes das eleições porquê ? porque se o PS ganhar algumas cabeças terão de ser cortadas. Digamos que alguns vão tratando já de ir acautelando o pescoço …

  32. cá pra mim Sócrates deve falar (quem cala consente) …
    (…) Sócrates tornou-se renomado por sua contribuição no campo da ética, e é este Sócrates platônico que legou seu nome a conceitos como a ironia socrática e o método socrático (elenchus). (…) in Wikipédia.

  33. Haja paciência, senhor Numbejonada BURRO!

    ” Será que esta GENTE sabe que o caso Sócrates NÃO é o primeiro caso que a Justiça analisa?!Quantos presos preventivos há em Portugal? E os XUXAS movimentam-se para defender esses outros que estando presos preventivamente e presumindo-se inocentes aguardam à ordem do processo? ” BURRO dixit

    Nunca mais aprende que este caso não é sobre um cidadão qualquer BURRO?!E Você movimento-se a favor de outros presos inocentes, BURRO? Além de hipócrita, tanto como àqueles a quem o chama, porque você, BURRO, também só se importa com este caso por ser do Sócrates, BURRO! Acha que pode tomar os outros por parvos, BURRO? Não se importa que eu lhe chame, o que se farta de chamar aos outros, BURRO? E quanto ao comentário ordinário que me dirigiu num post anterior, só mostra a trampa que você é, desde que comecei a comentar neste blogue pela primeira vez há meses atrás e como BURRO que é, não tendo argumentos para rebater coisa nenhma, desata a dar coices, malcriado! A sua mulher sabe que responde assim às senhoras, BURRO? Sabe que tem essa linguagem ordinária, BURRO? Ah, esqueci-me, não. não sabe, porque o BURRO anda a coberto do anonimato.

    Então, BURRO, meta na cabeça de uma vez por todas que Sócrates não é um cidadão qualquer, caso contrário não havia este circo todo que começou no aeroporto à sua chegada, não seria capa de jornais e introdução de telejornais,BURRO! Não sairia nas revistas de salão a marca das cuecas, a cor dos sapatos, BURRO! É preciso dizer mais? Você anda desesperado, homessa!

    Desculpe, Valupi! Mas se não modera ordinarice (no comentário do outro post), julgo que não se importa que responda ao visado. Só não o fiz lá para não quebrar a excelente dissertação do senhor Manuel Nunes!

  34. Maria Abril

    Esqueça a “acusação rápida” e não sei quê mais.
    O Marques Mendes já foi ontem dizendo que não há acusação até 4 de Outubro, e nem sequer até 20 de Novembro, porque é “tudo muito complexo”.
    Olhe que o pequenote costuma ser o mensageiro laranja mais bem informado do pedaço.

    E pense bem: se houvesse uma acusação grave prestes a ser feita, acha que seria lógico mandar o homem para casa ? nonsense total.

  35. Cara Maria do antes,

    Um ser inteligente verá quando começa o insulto, quem o protagoniza e quem lhe reage. Desde o começo. É só ler. Quanto ao seu devaneio, olhe, é livre de defender e louvar quem entende. Já não é livre para tentar convencer o meu personagem, porque este, com ironia ou sem ironia, vai ENSINANDO aqui a quem não sabe…Portanto, minha cara, se quer continuar a lavrar erros e estulticies, faça-o à vontade, mas não deixa de ser BURRA. Veja só que até se atreve a comentar sobre conteúdos para as quais assume não estar preparada. Portanto, se não está, CALA-TE TU, pá. E a BURRA és tu.

  36. PRUNES,

    eheheheh. Eh pá, ouve lá. O que é que estás a discutir? Então, mas a minha petite explication não te chega, e porque não te chega, vens com o quê?! Conta aí, traduz lá…então concluíste que a medida de prisão preventiva, aquela que corta um direito fundamental da pessoa – a liberdade – é uma medida laboral!! LOL.
    Espera ai, não, comercial, ou será que disseste cível? Hum. Ah, é preventiva, pois …como as outras…queres ver que tem a categoria de um arresto …preventivo, hum? tás a ver, é que o arresto é preventivo, hum, é uma medida preventiva, tás a topar?
    Então tu achas que eu sou burro, tá certo, tá certo…e tu és o quê? Um gajo que por ser assistente não sei no quê, e por ter subido as escadas da FDL ( dizes tu) já acha que se LIXENXIOU em direito. Oube lá, tu não te terás antes LIXADO em Direito…hum? Eu sou pergunto, pá..

    portantos, o PRUNES defende que a medida de coação de prisão preventiva não é de cariz PENAL….ehehehhehheh. PRUNES, tiveste a oportunidade de aprender comigo, não queres, pá, olha vai dar banho às lagartas da couve.

  37. «Então, BURRO, meta na cabeça de uma vez por todas que Sócrates não é um cidadão qualquer, caso contrário não havia este circo todo que começou no aeroporto à sua chegada, não seria capa de jornais e introdução de telejornais,BURRO! Não sairia nas revistas de salão a marca das cuecas, a cor dos sapatos, BURRO! É preciso dizer mais? » BURRA II dixit

    Hum, ó Maria do antes, esqueceu-se de mencionar que o homem tinha o nome numa montra de Beverly Hills, tá a ver?Será que foi ele quem deu a autorização ou os xuxas do Rato quiseram fazer publiXidade ao gosto «armani» de Sócrash?

    Olhe, eu também acho que a lili Canecas não é uma cidadã qualquer, portanto, temos que policiar todo e qualquer movimento penal quanto a ela… E já agora quanto aos gajos que trazem comidinha à boca da Teresa Guilherme…exatamente, essa que tem o rabo ao pé do pescoço…big brothers e companhia, pá, tá a ver, aquilo é tudo gente de rebista…hum

    Ai e o Trouxa, o cozinheiro da TVI, e a cristina Ferreira, é só cidadãos da pesada e dótorres…já descobriu como explorar a costa marítima portuguesa? ouvi dizer que as farmacêuticas estão interessadas. Ora como p Paula Lalanda é amigo de Sócrash, quem sabe, se podia aí gerar uma fonte de rendimento às claras por pessoas preclaras como você! BURRA.

  38. Jasmin Silva
    6 DE SETEMBRO DE 2015 ÀS 18:26

    «E pense bem: se houvesse uma acusação grave prestes a ser feita, acha que seria lógico mandar o homem para casa ? nonsense total.»

    LOL. ehehhehe. Então já pensaram bem? hum? E concluíram que? Eu adianto: se houvesse acusação, o homem não ia para casa, tão a ver? Hum? Portanto, os advogados do homem quando recorreram logo da primeira vez, visando a revogação da medida ( Ó PRUNES, que queres que eu escreva aqui? Comercial? Laboral? Executiva?),«amandaram-se»logo ao facto de não haver uma acusação ano primeiro trimestre da prisão preventiva…

    ehehe, ehehheheheheh, ai que hermeneutica me saíu a BURRA. Não dá para o meu personagem ser sério aqui. É como o BROCHELÊNCIA que dizia que metia dolo na responsabilidade objetiva, distinguiu falência de insolvência e até chamou livro de reclamações aos autos…junte-se-lhe o gajo que diz que a prisão preventiva é apenas uma medida preventiva e lhe recusa o cariz penal, e temos o FAVAL do dispensário completamente composto. ehehehhehe

  39. Corrijo.

    Cegueta.
    A medida de prisão preventiva não tem cariz penal, tem cariz preventivo.
    Poderíamos passar o resto do mês a discutir semântica, nomeadamente o teor dos artigos 202 e 204 do Código do Processo Penal.
    Ora, como tu sabes bem o que eu pretendo dizer e a que me quero referir, que é o que te custa engolir, podes passar um ano a discutir semântica.
    Reportando-nos então ao caso concreto, os pressupostos da aplicação da medida a José Sócrates estão enunciados no respectivo despacho ou decreto e no comunicado da PGR.
    Nenhum dos pressupostos refere intuito penal, nem recorre ao artigo 204 do Código do Processo Penal, de que poderia advir a ambiguidade de poder entender a medida como penal. Por ambiguidade.
    Já estamos todos habituados a esta tua alteração de personalidade quando és apanhado descalço e te bloqueiam os argumentos e a verborreia.
    Pareces um menino birrento. Pareces. Não és. Tu bem sabes o que és

  40. Olhe senhor Numbejonada, a mim também tanto se me dá que ande por aqui a fazer a figura que faz, desde que não se dirija a mim com insultos. Ou não entendeu? Mas BURRO é você, isso é assente. :) Tenha paciência.

  41. Post Sriptum: Quando responde aos comentários do seu Prunes, não se percebe nada, vê-se que não enxerga coisa nenhuma e põe-se aí com frasolas. Tenha paciência… inteligente? ehehe,BURRO. Passe bem.

  42. Minha cara,
    Eu …tento EDUCAR o PRUNES naquilo que ele não sabe. Tá a ver? Mas o homem anda por ali a brincar com as vírgulas e os palavrões gongóricos de dicionários que já não se usam e, como se não bastasse, chama-me sempre à conversa. Veja, eu «cá» só reajo. Bem percebo que tenho algo que vocês não têm, p.e. eu penso, eu não me pronuncio sobre o que não sei e não invetivo. Naturalmente, perante tal, reajo mas veja que quase sempre recorro ao adjetivo correto, que se aplica. A expressão BURRA assenta em quem profere disparate, depois de lhe ter sido dada a oportunidade de cuidar do raciocínio…tá a ver e, não obstante, continua a asnear…Ora, V. Ex.ª reconhece que está impreparada em certas matérias e, ainda assim, continua a opinar…veja, o dispensário é um meio de educar a população, tá a ver? Eu não quero saber das espinhas dos seus peixes, percebe, mas você devia querer saber do que rege a comunidade em que se insere. Portanto, enquanto continuar a alardear nos seus precisos termos, vou tê-la como BURRA. Paste bem.

  43. jasmin, essa hipótese significa no fundo a implosão do processo para a acusação, o que seria bom de mais para ser verdade. a minha ideia é diferente, eu acho que para os opositores judiciais e políticos de sócrates é indiferente a questão do seu silêncio. isto porque a acusação, suportada ou não em prova bastante, está preparada e pronta para sair até às eleições. é um palpite baseado numa leitura linear dos factos, oxalá esteja enganado.

  44. Enapa

    Quanto mais não fosse pela estupenda performance do Paulo Rangel esse número de circo ficou completamente inviabilizado.
    Resta-lhe a chantagem, a ameaça mais ou menos velada, ou até explícita, de que podem fazer isso, e houve até um estupor dum tal Marcelino que se atreveu a insinuar que poderiam prender outras figuras do PS.
    Mas voltadas dessas nesta altura do campeonato serão perigosíssimas, e eles sabem-no. Por isso o que lhes interessa daqui até 4 de Outubro é fingirem-se de mortos e nada mais. O Mind Games é apenas jogar com ameaça, a chantagem, mas Sócrates é completamente imprevisível e ninguém poderá prever o que fará, mas fará seguramente o que lhe der na real gana.

  45. Enapa

    Veja isto como um jogo de poker.
    Neste momento é isso que é.
    Poker. Bluff.
    Agora mais modernamente chamam-se Mind Games!

  46. ”Eu …tento EDUCAR o PRUNES naquilo que ele não sabe. Tá a ver?”

    O grande educador da classe operária! O cegueta!

  47. jasmin, se era para se fazerem de mortos até às eleições, deixavam-no lá em évora. cá estaremos para ver no que vai dar.

  48. Ó PRUNES,

    Quem sofre de projeção és tu.

    Pela enésima vez: a prisão preventiva como medida de coação que é, legalmente consignada no CPP aplicada em PROCESSO PENAL, é uma medida de natureza PENAL. Preventiva é-o ( pois claro. Como é..p.e um arresto preventivo ou sumariamente todas as providências cautelares civis…). O que é que, pela enésima vez, TU NÃO ENTENDES?

    Esta tua IDIOTIA faz-me lembrar aquela outra em que falavas em PROVISÃO do RECURSO…é só mais uma das tuas…! Queres ver que tu falas em PROVIMENTO do CHEQUE? Hum? Está tudo muito bem para as BURRAS de serviço, mas pas pour moi, pois SABES que aqui a sede é outra.

    Ouve, nem me dou ao trabalho de te PROVAR que em NENHUM MOMENTO tu ou alguém me apanham em contradição. Sabes porquê? Porque quando verbalizamos o correto, a verdade e a opinião baseada em conhecimento, o resultado só pode ser um: a exposição com lógica. E, nota, que eu nem sequer me dou ao trabalho de aqui escrever com a EXATIDÃO que o assunto merece; na verdade, para quê? Se nem de forma ligeira tu e outros não alcançam o que escrevo?! Portanto, BIRRENTO és tu. O que até podia ter a sua razão de ser, se estivesses certo. Porém, não estás. A mim, não me dás fardos…hai capito?
    ( texto não revisto)

  49. mas claro que ira lixar o ps : lembra as pessoas q se o ps ganhar o animal feroz eh imediatamente deixado a solta . credo ?

  50. PRUNES pá,

    Vivam as EMPRESAS, pá…os trabalhadores mandam nas casas deles, tás a ver! Ou tu achas que eu mando na tua casa? Olha-me este, olha-me este COMUNA! É evidente que tens de educar o trabalhador, pá. Ou duvidas? Cegueta és tu…eu faço uma pequena idea, as pulgas que já deixaste escapar quando andas a regar as couves, olha-me este COMUNA. Xuxa BILTRE. IGNARALHO.

  51. Ainda não percebi tantas críticas dirigidas à postura de António Costa “…à política o que é da política, à justiça o que é da justiça…”. Pois que outra postura se pode exigir a uma pessoa que pretende ser primeiro-ministro?
    Ele não é candidato pelo PCP ou BE ou outro qualquer adereço da democracia!
    Por isso, uma postura de Estado é o que se lhe exige, e Sócrates entenderá isso muito bem.

  52. Continua a saga do preso de delito comum que sonhava em ser preso político…

    E tanta “doença” em que ganhe o PS, quando todos sabemos que a diferença entre o PS e o PSD são apenas as moscas que mudam.

  53. Estuda, cegueta, estuda!
    Não haveria nada mais deplorável para a justiça do que os magistrados, açambarcados pelo árduo labor do despacho e dos trâmites processuais, deixarem de estudar. E substituírem o quotidiano trabalho de formação contínua pela inscrição em colóquios e congressos, providos de créditos curriculares, e pela participação nas cerimónias de abertura do ano judicial.
    Estuda, cegueta.
    Porque em Portugal o direito se expressa em língua portuguesa, começa a ser inadmissível o lapso e débito estrutural dos magistrados no correcto uso desse bem instrumental, considerações à parte acerca da petulância bacoca de Rui Teixeira.
    Vai a um bom manual de gramática do currículo da escolaridade obrigatória e procura o tema ”sufixação” e ”sinónimo”.
    De seguida agarra num dicionário e procura ”prover”.
    Depois vem aqui que eu explico-te.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.