4 thoughts on “Revolucionar a economia”

  1. tá certo. passos & portas vivem de mão de obra barata enquanto que gerómino & loução facturam com o desemprego. o álbaro num tem nada a ver com isto, veio do conadá só para ser menistro.

  2. O gráfico está correcto. Em finais de 2001 (consulado de Guterres) o desemprego rondava os 4,5%. Agora está à volta dos 15%. Pelo meio (sempre a subir!) Portugal teve governos do PSD/CDS (Barroso/Portas e Lopes/Portas) do PS (Sócrates) e do PSD/CDS (Passos/Portas). Todos estes governos, sem excepção, contribuiram para o desemprego. Nesta perspectiva, não se compreende a legenda…

  3. O gráfico revela toda a falácia do cavaquismo e dos Medinas e Barretos que martelam sempre o mesmo, isto é, que a desgraça da economia começou depois do milagre cavaquista. Bem podem os cães continuar a ladrar à carruagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.