Como provar a existência do zero

Rick Perry, candidato presidencial republicano, afundando a sua campanha em 53 segundos e demonstrando, de caminho, o estado de absoluta indigência mental a que chegou o partido de Reagan. Quase que se tem pena. Quase.

2 thoughts on “Como provar a existência do zero”

  1. Mas o Reagan foi justamente o primeiro “sock-puppet” da oligarquia: o ventríloquo dele era o Bush pai.
    Os media vão tratar de converter esta gaffe numa demonstração de como o Rick Perry é um americano comum (tão imbecil como a média) e o parceiro de eleição para tomar uns copos, ao contrário do elitista Obama…

  2. Sé de tres coisas, a tua memoria só da para recordar duas, então, não vaias para a presidência, homem, vai para a casa a desfrutar da reforma, passeios , jornais, filmes…. isto fica muito complicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.