2 thoughts on “Vamos lá a saber”

  1. e respeitar a sua memória el preferia o reconhecimento público ás condecorações,ele não se revia nestas novas reivindicações ele envergonhava-se destas lutas sem sentido assustava-se com estas mentalidades que não tem nada a ver com os ideais de agora, basta ver a ultima entrevista na RTP para perceber o que ele lutava.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.