6 thoughts on “Colectivização do comentariado direitola”

  1. particularmente interessante o sururu quanto à questão de vincular os jovens médicos ao SNS durante não sei quanto tempo. curioso haver quem lhe pareça normal que o médico formado e especializado à conta de dinheiros públicos ( julgo mesmo que serão dos únicos recém licenciados com estágio remunerado garantido ) não deva nada a quem investiu na sua formação. até a força aérea, que forma por conta do orçamento gajinhos que tudo o que querem é ir pilotar as carreiras comercias da tap, os obriga a ficar por lá meia dúzia de anitos depois de lhes dar brevet .

  2. A Direita nada de novo| Seja qual for a latitude, reaje sempre do mesmo modo. Tendo vivido num país norte-americano, assisti à criação do SNS. O debate em volta do mesmo incendiou a sociedade. Os argumentos avançados pelos adversarios do mesmo, eram exactamente os mesmos: Incluindo a classe medica. “Nós não queremos ser equiparados a funcionarios” . E que se lixe o Hipocrates…

    Mas o ministro, do Partido Liberal, não cedeu. Hoje, o SNS dessa provincia, é apresentado ao mundo inteira como um exemplo a seguir. E já dura há mais de 50 anos.

    Os parvalhões da Direita portuguesa, pacovios e feudalistas como são, não enxergam mais longe do que a ponta do nariz

  3. Tudo serve para moer e desgastar o governo. A esperança da direita está no adágio “agua mole em pedra dura tanto dá até que fura”. Não tratam de apresentar alternativas sólidas, não as têm e dedicam-se aos casos e casinhos e que vão aparecendo no dia a dia. Aguarde-se a prova de fogo por onde António Costa, terá de passar O ORÇAMENTO para 2020……..

  4. Não adianta ler os comentadeiros citados … seja pela ausência de um pingo
    de inteligência, seja pelo seu fervor anti socialista que lhes perturba qualquer
    hipótese de raciocínio sobre os assuntos que tentam abordar!
    Toda a especulação sobre o SNS falta de médicos e meios há muito que devia
    ter sido esclarecida pelo Governo … não baste dizer que já admitiram mais
    pessoal e investiram mais uns milhões de euros! Deve ou não a Ordem dos
    Médicos ser responsabilizada pelos limites impostos há muitos anos para a
    admissão de jovens no curso de medicina? Se o Estado lhes dá a formação
    não devem os licenciados prestar serviço por X anos no SNS como é feito nas
    Forças Armadas?

  5. Ao ver esta lista de exemplos dos jornalistas de opinião que quase dominam a cena nacional… Oh Valupi… Esmaga-me uma ideia…. ” Afinal, os portugueses já esqueceram porque é que andámos a lutar contra o regime de Salazar…?… E porque é que viemos para a rua com os militares no 25 de Abril de 1974?… Porra… !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.